Postagem em destaque

TRAFICANTES ATIRAM CONTRA GUARDAS AO TENTAREM DESPACHAR 400 KG DE COCAÍNA NO PORTO DE SANTOS

Ao fugir, caminhoneiro destruiu cancela de segurança, bateu em árvore, mas foi detido em flagrante com parte da droga Aproximadamen...

LEGISLAÇÕES

sexta-feira, 8 de fevereiro de 2019

0

GUARDA PORTUÁRIA TEM NOVO COMANDO NOS PORTOS DE PARANAGUÁ E RIO DE JANEIRO




Nomeados para exercer esse cargo que não cumpriam exigência tiveram que ser posteriormente exonerados após denúncias

No Paraná, os portos de Paranaguá e Antonina, geridos pela Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (Appa), a Guarda Portuária passou a ser comandada pelo Major César Kamakawa. Ele assumiu o cargo no dia 29 de janeiro em substituição ao Capitão Alfredo Bednarczuk, nomeado pelo Diretor-Presidente, Luiz Fernando Garcia da Silva.


No período em que esteve no comando do 9º Batalhão de Polícia Militar, de 2015 a 2017, ele recebeu diversas homenagens, entre elas, a de certificado de Parceiro do Centro de Hematologia e Hemoterapia do Paraná (Hemepar).
Segundo algumas pessoas ouvidas pelo Portal Segurança Portuária em Foco, Kamakawa não possui o curso de Supervisor de Segurança Portuária, uma das exigências da Portaria nº 350, de 02 de outubro de 2014, da Secretaria Especial de Portos da Presidência da República (SEP/PR).
Cabe lembrar que nos portos do Rio de Janeiro e de Santos, nomeados para exercer esse cargo que não cumpriam essa exigência tiveram que ser posteriormente exonerados após denuncias na Agência Nacional de Transportes Aquaviários - ANTAQ e junto ao Ministério Público.
No Rio de Janeiro



No Estado do Rio de Janeiro, nos portos administrados pela Companhia Docas do Rio de Janeiro – CDRJ, na última segunda-feira (04) quem assumiu o comando foi José Tadeu Diniz da Paixão.
Ele substituiu o inspetor da Guarda Portuária, Itacolomi Abreu dos Santos, que em 12 de dezembro do ano passado tinha assumido o posto no lugar de Amauri Carlos de Faria, que estava no cargo desde março, e vinha realizando um excelente trabalho na frente da corporação.
José Tadeu, diferente de Kamakawa, do Porto de Paranaguá, cumpre todas as exigências da Portaria 350, da SEP. Ele é advogado e guarda portuário há quatorze anos.
Alguns integrantes da categoria ouvidos pelo nosso Portal acreditam que com José Tadeu a Guarda Portuária terá continuidade nos avanços, tanto em termos de infraestrutura como operacionalmente, conquistados na gestão de Amauri.


A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Guarda Portuária e a Segurança Portuária em todo o seu contexto. A matéria veiculada apresenta cunho jornalístico e informativo, inexistindo qualquer crítica política ou juízo de valor.          

* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.                                                                                                                    
                   COMENTÁRIOS                                   
Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário