SEGURANÇA PORTUÁRIA EM FOCO

SEGURANÇA PORTUÁRIA EM FOCO

Postagem em destaque

GUARDAS PORTUÁRIOS PARTICIPAM DE CURSO DE SOBREVIVÊNCIA NA SELVA

Gonçalves, Amarildo e Costa bancaram o curso, no valor de R$ 350,00, do próprio bolso e tiveram que fazer algumas trocas de horário pa...

sábado, 10 de dezembro de 2016

0

PORTO DO ITAQUI INVESTE MAIS DE R$ 600 MIL EM SEGURANÇA E PREVENÇÃO DE INCÊNDIOS




Além da primeira unidade do Corpo de Bombeiros, a Emap criou e treinou a primeira brigada de combate a incêndio

Com o Termo de Cooperação celebrado com o Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Maranhão (CBMMA) a Empresa Maranhense de Administração Portuária (Emap) investirá o total de R$ 634 mil em segurança e prevenção de incêndios no Porto do Itaqui. O documento foi assinado pelo presidente da Emap, Ted Lago, e pelo comandante geral do CBMMA, Célio Roberto Pinto de Araújo. A liberação da primeira parcela do investimento foi autorizada no dia 18 de novembro.
“Esta parceria representa a continuidade do trabalho que iniciamos em fevereiro de 2015, quando instalamos a primeira unidade do Corpo de Bombeiros no porto – conforme determinação do governador Flávio Dino, que atendemos prontamente pouco mais de um mês após o início da gestão”, afirma o presidente Ted Lago. Além da primeira unidade do Corpo de Bombeiros, a Emap criou e treinou a primeira brigada de combate a incêndio, formada por 24 colaboradores da empresa.
Os autorizados neste primeiro momento serão investidos em equipamento de proteção respiratória e compressor de ar respirável, roupas de aproximação e demais equipamentos utilizados em ações de resgate, além de manutenção corretiva e preventiva para duas ambulanchas (lanchas de resgate/salvamento), recuperação de caminhão de combate a incêndio e formação técnica dos brigadistas Emap.
De acordo com a parceria, o Corpo de Bombeiros fica responsável pela mobilização de cinco bombeiros militares em escala de 24 horas, sendo três destinados às ações de combate a incêndio e dois às ações de atendimento hospitalar.
Prevenção e combate
Localizada na área primária do Porto, a Brigada do Corpo de Bombeiros Militar é composta de instalação predial, equipada com alojamento, área administrativa e equipamentos de segurança. Os profissionais a serviço desse posto têm à disposição um carro ABT (Auto Bomba Tanque) com capacidade para 5 mil litros de água, uma ambulância e duas ambulanchas.
A unidade está preparada para atuar no combate a incêndios, resgate e salvatagem de pessoas. Além disso, contribui ativamente para o planejamento e execução do Plano de Ajuda Mútua (PAM) do Porto do Itaqui, que reúne o conjunto de empresas que integram o Complexo Portuário de São Luís.

A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Guarda Portuária e a Segurança Portuária em todo o seu contexto, não cabendo a esse Portal a emissão de qualquer juízo de valor.
                                                                                                                                                                                          
* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.
                                                                                                                                                
COMENTÁRIOS

Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos.


Continue lendo ►

sexta-feira, 9 de dezembro de 2016

0

MOBILIZAÇÃO DOS PORTUÁRIOS PAROU PORTOS DO PAÍS


Guardas portuários utilizaram o movimento para também solicitar a aprovação da PEC 59/2007

Em defesa de direitos, trabalhadores dos portos paralisaram atividades por 24 horas


Os trabalhadores dos portos do país pararam as atividades por 24 horas no dia 30 de novembro. Isso porque, os trabalhadores e trabalhadoras estão indignados com a inflexibilidade do governo e dos patrões em não negociar a pauta das categorias dos portos. Eles também protestaram contra as retiradas de direitos da classe trabalhadora e do povo desde que o governo de Michel Temer assumiu a Presidência da República.
A paralisação fez parte da mobilização que envolveu todas as categorias dos portos. A união é fruto da organização da Unidade Nacional Portuária, composta pela Federação Nacional dos Portuários (FNP), Federação Nacional dos Estivadores (FNE) e a Federação dos avulsos, a Fecconvib.
O movimento foi aprovado em plenárias regionais nos estados de Porto Alegre e Itajaí nos meses de agosto e setembro, e em Salvador e em Vitória, em outubro. Nas plenárias foram aprovadas paralisações, protestos e manifestações a nível nacional até que o governo e os patrões resolvam negociar as reivindicações das categorias.
Os trabalhadores exigem o cumprimento da Lei Portuária (12.815/2013) e da Convenção 137 da Organização Internacional do Trabalho (OIT), o fim de contratações irregulares e interveniência do governo para uma saída de negociação coletiva entre os as empresas operadoras dos Terminais de Uso Privado (TUPs) localizados fora da área dos Portos públicos e os trabalhadores. Eles também lutam pela recuperação da Previdência Complementar (Portus), contra a terceirização ilegal da Guarda Portuária e a privatização das Companhias Docas.
Pauta Nacional Unificada
Em conjunto com toda a classe trabalhadora, os portuários dizem não às propostas do governo de Michel Temer de retirada de direitos dos trabalhadores em geral, inclusive a ideia da prevalência do negociado sobre o legislado e alterações da CLT. Os trabalhadores também são contra as mudanças na Previdência Social, limite de idade, de 65 a 70 anos, para aposentadoria e a privatizações das estatais brasileiras. E contra os ataques que vem sendo deflagrado, por alguns parlamentares e setores do governo aos movimentos sociais e às organizações sindicais.
Esta foi a segunda paralisação do mês de novembro. A primeira aconteceu no dia 11, quando os trabalhadores e trabalhadoras dos portos integraram o Dia Nacional de Luta da Classe Trabalhadora em paralisações e manifestações de rua em todo o país. Nesse dia 30, participaram do movimento os trabalhadores e trabalhadoras dos portos de Rio Grande, São Francisco do Sul e Itajaí na região Sul; Porto de Salvador e Aratu na Bahia; Porto de São Sebastião em São Paulo; Porto do Rio de Janeiro; portos do Pará e do Rio Grande do Norte. 
Veja abaixo a manifestação nos portos:
Porto de Aratu-BA

Porto de Itajaí-SC

Porto de Itaguaí-RJ


Porto do Itaqui-MA


Porto de Natal-RN

Porto do Rio de Janeiro-RJ



Porto de Rio Grande-RS

Porto de Salvador-BA

Porto de São Francisco do Sul-SC

Porto de São Sebastião-SP

Terminal Petroquímico de Miramar-PA


Porto de Vila do Conde-PA



Porto de Vitória-ES

Fonte: FNP



* Esta publicação é de inteira responsabilidade do autor e do veículo que a divulgou. A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Guarda Portuária e a Segurança Portuária em todo o seu contexto, não cabendo a esse Portal a emissão de qualquer juízo de valor.
                                                                                                                                                                                          
* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.
                                                                                                                                                
COMENTÁRIOS


Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos.
Continue lendo ►

quinta-feira, 8 de dezembro de 2016

0

PICHADOR É DETIDO PELA GUARDA PORTUÁRIA




Ele confessou que pichava o muro e que tinha escondido a lata de tinta spray atrás de um caminhão

No dia 30 de outubro, por volta das 00h40, a ronda de policiamento (RP) 07, integrada pelos guardas portuários Tomaxek e Rodrigo realizavam policiamento pelas vias do Porto de Santos, quando avistaram três elementos pichando o muro de pedra da Avenida Perimetral, próximo a Capitania dos Portos, sentido Ponta da Praia.
Ao se aproximarem do local, um dos elementos ingressou num carro estacionado próximo e saiu em desabalada carreira. Os outros dois, após atravessarem uma passagem de pedestres existem naquele lugar, que dá acesso à Avenida Rodrigues Alves e saíram correndo para lados opostos.
Os guardas portuários Cesar Augusto e Carlos Eduardo, integrantes da Ronda de Policiamento (RP) 06 foram acionados a prestar apoio e se deslocaram para o outro lado do muro, logrando êxito em deter um dos elementos na Rua Almirante Tamandaré, próximo a Base 2 da Guarda Portuária.
Ao ser abordado, nada foi encontrado em seu poder. Posteriormente, o elemento identificado como sendo Leone Ferreira da Silva, de 39 anos, confessou que pichava o muro e que tinha escondido a lata de tinta spray atrás de um caminhão nas proximidades, indicando aos guardas o local.
O elemento detido e o material apreendido foram conduzidos à Delegacia Seccional de Santos, onde foram apresentados a Delegada Claudia Santana Barazal, que após se inteirar dos fatos, elaborou o Boletim de Ocorrência 900414/2016, sendo lavrado um Termo Circunstanciado de Incolumidade pública, baseado na Lei 9605/98 – Meio Ambiente (Pichar, grafitar ou por outro meio conspurcar edificação ou monumento urbano). 


A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Guarda Portuária e a Segurança Portuária em todo o seu contexto, não cabendo a esse Portal a emissão de qualquer juízo de valor.
                                                                                                                                                                                          
* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.
                                                                                                                                                
COMENTÁRIOS

Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos.


Continue lendo ►
0

GUARDA PORTUÁRIA UTILIZA CÃES NA FISCALIZAÇÃO DE ACESSO AO PORTO


Os condutores João Pedro Viana e Danilo Viana e os guardas portuários John Lincon e Jociney Rodrigues

As datas e os horários das fiscalizações são escolhidos de forma aleatória
Desde outubro, a Guarda Portuária do Porto do Itaqui, administrado pela Empresa Maranhense de Administração Portuária (EMAP) vêm utilizando cães em fiscalização do porto, no combate ao narcotráfico.


As vistorias nos veículos são acompanhadas pelos guardas portuários
A iniciativa foi do Gerente de Segurança Portuária (GESEP), Delegado Nilvan Vieira da Silva, que utiliza os condutores e os animais da empresa Canil Fortcães.


Bolsas e malas também são vistoriadas pelos cães
A fiscalização é realizada sob o comando da Guarda Portuária. Os guardas portuários acompanham as vistorias que são feitas pelos condutores, Danilo Viana e João Pedro Viana, com os cães Sid e Sheldon. O trabalho ocorre na Portaria de Acesso Norte (Pan), após os visitantes passarem pela cancela de entrada.


Os veículos são escolhidos de forma aleatória
Nos dias de fiscalização a equipe chega a trabalhar quatro horas, fazendo vistoria em bolsas e veículos, selecionados de forma aleatória. As datas e os horários das fiscalizações também são escolhidos de forma aleatória e apenas o pessoal da segurança tem conhecimento com antecedência. Até o momento, as fiscalizações já ocorreram por cerca de dez vezes e nenhuma irregularidade foi constatada.


Os condutores e cães em Mega Operação Conjunta da Polícia Militar e Polícia Civil
Os cães também são utilizados pela Polícia Federal e pela Receita Federal, assim como Polícia Militar e Polícia Civil. Recentemente a equipe da Fortecães participou de uma Mega Operação Conjunta da Polícia Militar e Polícia Civil. Foram mais de trezentos homens envolvidos no cumprimento de 41 mandatos de busca e apreensão.

A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Guarda Portuária e a Segurança Portuária em todo o seu contexto, não cabendo a esse Portal a emissão de qualquer juízo de valor.
                                                                                                                                                                                          
* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.
                                                                                                                                                
COMENTÁRIOS

Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos.

Continue lendo ►

quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

0

ALFÂNDEGA LOCALIZA 225 QUILOS DE COCAÍNA EM NAVIO NO PORTO DE SANTOS


Droga foi localizada a bordo do navio Cap San Lorenzo, atracado em Santos (Foto: Carlos Nogueira/A Tribuna)
Droga foi encontrada escondida dentro de um contêiner; ninguém foi preso

Mais 225 quilos de cocaína foram localizados a bordo de um navio atracado no Porto de Santos, na segunda-feira (5). O entorpecente estava escondido em um contêiner, que tinha como destino o Porto de Roterdã, na Holanda.
Uma equipe da Alfândega da Receita Federal encontrou o carregamento clandestino utilizando técnicas de análise de risco a bordo do navio Cap San Lorenzo. A embarcação está atracada um terminal da Margem Esquerda (Guarujá).
A cocaína estava dividida em 200 tabletes, armazenados em oito bolsas de cor escura. A droga foi deixada entre uma carga de doces que está de passagem pelo cais santista e é procedente da Argentina.
Cocaína foi escondida em uma carga de chocolate procedente da Argentina (Foto: Divulgação/Receita Federal)
O Fisco suspeita que os narcotraficantes utilizaram a técnica criminosa conhecida por “rip-off loading”. Isto é, quando a droga é inserida em uma carga legal, sem, a princípio, o conhecimento do proprietário.
As autoridades ainda não sabem se a cocaína foi içada a bordo em Santos e, depois, escondida no contêiner. Na última semana, 233 quilos da droga foram apreendidos após serem embarcados no Cap San Artemissio.
Toda o entorpecente apreendido foi encaminhado à Delegacia da Polícia Federal, no Centro de Santos. Não há presos e uma investigação deverá determinar envolvidos nesta ocorrência.
Droga localizada foi entregue à Polícia Federal, que vai investigar o caso (Foto: Divulgação/Receita Federal)
Acumulado
Segundo dados do Fisco, 9,7 toneladas de cocaína já foram apreendidas no Porto de Santos este ano. O número é recorde e representa mais de sete vezes o total da mesma droga encontrada em 2015.


* Esta publicação é de inteira responsabilidade do autor e do veículo que a divulgou. A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Guarda Portuária e a Segurança Portuária em todo o seu contexto, não cabendo a esse Portal a emissão de qualquer juízo de valor.
                                                                                                                                                                                          
* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.
                                                                                                                                                
COMENTÁRIOS

Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos.


Continue lendo ►

terça-feira, 6 de dezembro de 2016

0

GUARDA PORTUÁRIA EVITA FURTO DE 700 KG DE CABO DE COBRE




O fato ocorreu no Porto de Aratu-Candeias-Bahia
Na manhã do dia 1º de dezembro de 2016, em ronda de rotina no Porto de Aratu, o Inspetor da Guarda Portuária Eli Joaquim, juntamente com o Guarda Portuário Jessival Santos, localizaram uma quantidade significativa de cabos de cobre (alguns desencapados e outros íntegros), em uma área de difícil acesso, localizada atrás do Silo da ex-operadora Alcan.

Imediatamente, o Chefe de Serviço da Guarda Portuária Portuária, Dinelson Fernandes Júnior, foi acionado e se deslocou para o local com mais dois GPort (Alex Rodrigues e Ricardo Sacramento). Chegando ao local, detectaram que havia aproximadamente 700 kg de cabo de cobre. No local ainda encontraram garrafas com água gelada (o que determinava que a ação estava ocorrendo naquele momento), alimentos frescos, roupas, sacos de linhagem e vários estiletes, todo material que caracterizava um local de retirada clandestina de cobre do seu revestimento.

Ao vasculharem mais a área, vários pontos de cabo de cobre foram localizados, além de uma chave de moto, de fabricação popular, pendurada no galho de uma árvore. De imediato, os Guardas fizeram uma busca pela localidade e nas proximidades do Porto de Aratu com 2 (duas) viaturas, sob o comando do Chefe da Guarda Portuária. Por volta das 12:00h, na estrada que liga a rótula da entrada do porto ao vilarejo Caboto, encontraram ROBERTO DA SILVA CONCEIÇÃO, arrastando uma moto vermelha, da fabricante Honda, modelo Biz, sem placa e sem documentação. Após abordagem e algumas contradições do suspeito, o mesmo confirmou que a chave em posse da Guarda Portuária era do veículo que ele conduzia e, após ser interpelado várias vezes, alegou que já foi preso por tráfico de drogas e que a moto era de origem fraudulenta (golpe conhecido popularmente como veículo Pokemon).
                                    
Os Guardas Portuários acionaram a 10 ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM – Candeias), que enviou os Policiais Militares SD-PM SENA, SD-PM PINHEIRO e SD-PM REINALDO e, em parceria, conduziram o suposto transgressor, a moto e todo material encontrado no local para a 20ª Delegacia Territorial (DT – Candeias), onde às 14:00h foi lavrado o Boletim de Ocorrência nº 05243/2016.


Fonte: ASGPOR-BA

* Esta publicação é de inteira responsabilidade do autor e do veículo que a divulgou. A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Guarda Portuária e a Segurança Portuária em todo o seu contexto, não cabendo a esse Portal a emissão de qualquer juízo de valor.
                                                                                                                                                                                          
* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.
                                                                                                                                                
COMENTÁRIOS

Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos.


Continue lendo ►
0

GUARDA PORTUÁRIA APREENDE MENOR E RECUPERA VEÍCULO ROUBADO




Ele e mais dois elementos haviam roubado uma residência e levado o carro da família

Na manhã da última quinta-feira (01), por volta das 8h30, a equipe da patrulha 10, integrada por três guardas portuários, estava fazendo “Ponto Fixo”, junto ao atracadouro do “Portinho”, local de travessias dos moradores da Usina de Itatinga, localizado em Bertioga, mais que fornece energia para o Porto de Santos, quando foram avisados por alguns trabalhadores da empresa MPE, que faziam a manutenção na Rua Manuel Gajo, que havia um carro atolado e o motorista estava tentando sair, mais não conseguia.
Quando estavam chegando perto do local para prestar auxílio, avistaram um elemento sair correndo, empreendendo fuga, sendo perseguido e capturado.
Ao ser abordado, verificaram se tratar de um menor, de 15 anos de idade, que não possuía nenhum documento pessoal ou do veículo. Questionado sobre a procedência do carro, alegou que o carro era de uma tia.


Como não estava sendo possível pesquisar a placa pelo aplicativo Sinesp Cidadão, foi feito o contato com o Centro de Operações da Polícia Militar (COPOM), quando então ficaram sabendo que havia um caráter geral para o veículo, uma caminhonete Hilux, de cor prata, placa GIG 3594, de São Paulo, atolada naquele local.
Também tomaram conhecimento que o menor, mais três elementos, sendo dois armados, invadiram uma casa no Sítio São João, por volta das 3h30, ali permanecendo até às 6h, aguardando a chegado do caseiro, que ao chegar foi rendido e posteriormente também renderam a família de uma das casas, na Rua Mario Botosi, de onde foram levados vários pertences e o carro. De imediato outra viatura da Guarda Portuária foi acionada, comparecendo em apoio a patrulha 13, também integrada por três GP’s.
Com a chegada da viatura da Polícia Militar no local, o menor acabou admitindo o roubo, indicando em seguida o local onde haviam sido dispensados os pertences roubados da residência. O veículo eles pretendiam deixar escondido na mata para buscar mais tarde. Como o menor incumbido de deixar o carro não sabia dirigir direito acabou atolando na vala ao lado da pista.
Um guincho foi acionado para transportar o veículo até o 1º Distrito de Bertioga, onde foi apresentado, junto com o menor, ao delegado Marcello Marinho C.P. de Oliveira, que lavrou Boletim de Ocorrência nº 4050/2016 e o Auto de Exibição e Apreensão do menor, que foi encaminhado para a Fundação Casa.

A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Guarda Portuária e a Segurança Portuária em todo o seu contexto, não cabendo a esse Portal a emissão de qualquer juízo de valor.
                                                                                                                                                                                          
* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.
                                                                                                                                                
COMENTÁRIOS

Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos.


Continue lendo ►

segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

0

GUARDA PORTUÁRIA PROMOVE CURSO PARA FORMAÇÃO DE AGENTES DE TRÂNSITO




Dos 381 Guardas Portuários na ativa, somente 92 estão capacitados para exercer a função de agentes de trânsito

Um novo curso para formação de agentes de trânsito estará ocorrendo na primeira quinzena de dezembro. Serão duas semanas de curso, com 80 horas de carga horária distribuídas entre os dias 5 a 9 e 12 a 16 do próximo mês.
O curso faz parte do PROGRAMA DE FORMAÇÃO, APERFEIÇOAMENTO E CAPACITAÇÃO ESPECÍFICA E CONTINUADA DA GUARDA PORTUÁRIA DA COMPANHIA DOCAS DO ESTADO DE SÃO PAULO e promovido pela GECAR – Gerência de Gestão da Carreira conjuntamente com a GEOPS – Gerência de Operação de Segurança. Nesta ocasião vão participar 20 guardas portuários que voltarão às salas de aula do Centro de Treinamento da Codesp no horário das 8h às 12h e das 13h às 17h.
Dos 381 Guardas Portuários na ativa, somente 92 estão capacitados para exercer a função de agentes de trânsito em convênio estabelecido com a CET – Companhia de Engenharia de Tráfego. O último curso foi realizado em 2013. Por este motivo, a GEOPS está procurando viabilizar as condições para a formação de mais uma turma no início de 2017, segundo informações do Coordenador Fabio Ribeiro dos Santos.
Outros cursos estão sendo preparados junto a Marinha e Corpo de Bombeiros (arrais e tripulante) destinados aos integrantes do Patrulhamento Marítimo, e o pessoal da Brigada de Incêndio, respectivamente. Ambos, porém ainda sem data definida.

Apesar do enorme déficit e atraso na área de capacitação, esta iniciativa é extremamente positiva para a Guarda Portuária. Fruto do anseio e cobrança da categoria, assim como do compromisso de profissionais lotados na Gport que, mesmo diante de todas as dificuldades e burocracias, continuam trabalhando para o aprimoramento do nosso trabalho.

* Esta publicação é de inteira responsabilidade do autor e do veículo que a divulgou. A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Guarda Portuária e a Segurança Portuária em todo o seu contexto, não cabendo a esse Portal a emissão de qualquer juízo de valor.
                                                                                                                                                                                          
* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.
                                                                                                                                                
COMENTÁRIOS

Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos.


Continue lendo ►

domingo, 4 de dezembro de 2016

0

PROJETO DE LEI LIBERA R$ 8,5 MILHÕES PARA COMPANHIA DOCAS DE SÃO SEBASTIÃO E GARANTE 13º SALÁRIO




Sindicato da categoria pedia providências ao Estado após anúncio que a companhia não teria condições de realizar o pagamento

Após quase amargarem um final de ano sem 13º salário, os mais de 600 funcionários da Companhia Docas de São Sebastião terão o direito constitucional garantido graças à abertura de crédito especial ao orçamento fiscal, em favor da empresa, no valor de R$ 8,5 milhões.
O Projeto de Lei foi aprovado pela maioria do legislativo após o deputado Paulo Corrêa Jr (PEN) apresentar aos demais deputados a realidade vivida pela Docas, conseguindo a aprovação de 51 votos a favor ao projeto proposto pelo Governador Geraldo Alckmin (PSDB).
Para que o projeto fosse a votação, o deputado Paulo Corrêa Jr. explicou ao governador sobre a situação vivida pela Companhia Docas de São Sebastião e elaborou o projeto de lei, que acrescentou a quantia ao orçamento da empresa.
O Sindicato da categoria chegou a solicitar reunião com o vice-governador do Estado, Marcio França, e com o deputado estadual, Caio França, para que providências fossem tomadas.
Segundo informou um comunicado do presidente da empresa, Casemiro Tércio dos Reis Lima Carvalho, ao Sindaport “após análise das receitas x despesas para os próximos dias, ficaremos impossibilitados de efetuar o pagamento da primeira parcela do 13º salário no dia 30/11/2016”.
Para a diretoria do Sindaport, a Companhia Docas de São Sebastião deveria ter se planejado melhor, “uma vez que tem anunciado várias ações para redução de despesas, tais como corte de terceirizados, estagiários e cargos de confiança”, afirmou em nota.

Fonte: Tamoios News


 LEIA TAMBÉM:
COMPANHIA DOCAS DE SÃO SEBASTIÃO NÃO VAI PAGAR 13° SALÁRIO DOS PORTUÁRIOS


* Esta publicação é de inteira responsabilidade do autor e do veículo que a divulgou. A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Guarda Portuária e a Segurança Portuária em todo o seu contexto, não cabendo a esse Portal a emissão de qualquer juízo de valor.
                                                                                                                                                                                          
* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.
                                                                                                                                                
COMENTÁRIOS

Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos.

Continue lendo ►

LEGISLAÇÕES