SEGURANÇA PORTUÁRIA EM FOCO

SEGURANÇA PORTUÁRIA EM FOCO

Postagem em destaque

CESPORTOS ELEVA NÍVEL DE SEGURANÇA NO PORTO DE SANTOS

(Foto: Carlos Nogueira/AT) A Guarda Portuária aumentou o efetivo com a convocação dos guardas portuários em regime extraordinário pa...

LEGISLAÇÕES

segunda-feira, 18 de março de 2019

0

ANGPB PARTICIPA DE AUDIÊNCIA COM O SECRETÁRIO NACIONAL DE PORTOS



Na audiência foi solicitada ao secretário a realização de convênio com o Ministério da Justiça e Segurança Pública para que a Guarda Portuária passe a ter acesso ao Sistema INFOSEG
Na última quarta-feira (13), a Associação Nacional da Guarda Portuária do Brasil - ANGPB participou de audiência com o Secretário Nacional de Portos, Diogo Piloni e Silva, a convite da Deputada Federal Rosana Valle.
Foram tratados diversos assuntos relacionados aos portos e, por parte da ANGPB, foi solicitada ao secretário a realização de convênio com o Ministério da Justiça e Segurança Pública para que a Guarda Portuária passe a ter acesso ao Sistema INFOSEG, visto que o Sistema Único de Segurança Pública - SUSP, instituído pela Lei 13.675/2018, inclui a GPort (fruto do trabalho legislativo da ANGPB) como integrante operacional do SUSP, permitindo a troca de informações entre os diversos órgãos de Segurança Pública.
Deputada Federal Rosana Vale (PSB-SP), Dejacy da Conceição (Sindiguapor-RJ), Lucas Bernardo (ANGP) e o Secretário

O Sistema INFOSEG tem a finalidade de integrar nacionalmente as informações concernentes à segurança pública, identificação civil e criminal, controle e fiscalização, inteligência, justiça e defesa civil.
Sua abrangência funcional e tecnológica oferecerá soluções para abordagens preventivas, minimizando riscos e maximizando a efetividade do trabalho dos agentes da Guarda Portuária.
Lucas Bernardo (ANGPB), Deputado Federal Daniel Silveira (PSL-RJ e Dejacy da Conceição (Sindiguapor-RJ)

Aproveitando a ida a Brasília, os diretores visitaram os deputados federais Daniel Silveira e General Peternelli para apresentar a Guarda Portuária e continuar os trabalhos legislativos para a derrubada do Veto N° 25 da Medida Provisória 821/2018.
Dejacy da Conceição (Sindiguapor-RJ), Deputado Federal General Peternelli e Lucas Bernardo (ANGPB)

Fonte: ANGPB


A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Guarda Portuária e a Segurança Portuária em todo o seu contexto. A matéria veiculada apresenta cunho jornalístico e informativo, inexistindo qualquer crítica política ou juízo de valor.                                                                                           
* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.         

Continue lendo ►

sábado, 16 de março de 2019

0

RECEITA FEDERAL APREENDE 315 KG DE COCAÍNA DENTRO DE TRANSFORMADOR NO PORTO DE SANTOS



O transformador de energia seria exportado, tendo como destino o Porto de Las Palmas, na Espanha
A droga foi localizada pela Alfândega da Receita Federal no Porto de Santos, escondida dentro de um transformador de energia. O equipamento estava no interior de um contêiner que seria enviado à Europa, nesta sexta-feira (15).
O contêiner contendo em seu interior três transformadores, foi selecionado através de uma análise de risco, sendo vistoriado no terminal da empresa Brasil Terminal Portuário (BTP), localizado na região da Alemoa, na Margem Direita do cais santista, antes de ser embarcado em um navio com destino ao Porto de Las Palmas, na Espanha.
Foto: Divulgação Receita Federal

A localização da cocaína foi possível através das imagens obtidas pela utilização de um escâner, onde era possível ver a droga inserida em um dos equipamentos.
A suspeita foi reforçada pela utilização de cães de faro da Alfândega do Porto de Santos, que sinalizaram positivamente para a presença da cocaína, antes da abertura do contêiner.

Foto: Divulgação Receita Federal
A droga apresenta alto grau de pureza. As autoridades acreditam que os traficantes esconderam a droga no equipamento sem o conhecimento do proprietário da carga.  Técnica criminosa conhecida como ‘rip-on/rip-off’,  quando a droga é inserida em uma carga lícita sem o conhecimento dos exportadores e importadores.
O entorpecente foi entregue à Delegacia de Polícia Federal de Santos, que prosseguirá com as investigações.


A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Guarda Portuária e a Segurança Portuária em todo o seu contexto. A matéria veiculada apresenta cunho jornalístico e informativo, inexistindo qualquer crítica política ou juízo de valor.                                                                                           
* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.         

Continue lendo ►

sexta-feira, 15 de março de 2019

0

GUARDA PORTUÁRIA DO PORTO DE NATAL TEM NOVO COMANDO



Essa é a primeira vez que um integrante da categoria assume o comando da corporação no Porto de Natal
O guarda portuário Robério Tavares Pinheiro de Medeiros assumiu, em 26 de fevereiro, o comando da Guarda Portuária do Porto de Natal, administrado pela Companhia Docas do Rio Grande do Norte (CODERN), na função de Gerente da Unidade de Segurança.
Ele substituiu o Capitão-de-Fragata (RM1) Odson Juvenal da Silva, que passou a exercer um cargo de assessor do atual Diretor Presidente, Elis Treidler Oberg. Essa é a primeira vez que um integrante da categoria assume o comando da corporação no Porto de Natal.
Tavares, de 35 anos, foi admitido na companhia em 2008, através de concurso público, é Bacharel em Direito, com Pós-Graduação em Resolução Alternativa de Conflitos (RAC) pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN).
Ele é habilitado para a função, pois possui o Curso Especial de Supervisor de Segurança Portuária (CESSP), promovido pela Comissão Nacional de Segurança Pública nos Portos, Terminais e Vias Navegáveis (CONPORTOS).
Desafio
Tavares assume a Guarda Portuária com a missão de dar continuidade ao trabalho realizado pelo antecessor, buscando a melhoria da estrutura de segurança do porto, a fim de recuperar a certificação ISPS para a CODERN.
Recentemente a CMA CGM acionou a Secretaria Nacional de Políticas Sobre Drogas (Senad), vinculada ao Ministério da Justiça, para encontrar soluções acerca do problema no porto.


A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Guarda Portuária e a Segurança Portuária em todo o seu contexto. A matéria veiculada apresenta cunho jornalístico e informativo, inexistindo qualquer crítica política ou juízo de valor.                                                                                           
* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.                                                                                                                          


Continue lendo ►

quinta-feira, 14 de março de 2019

0

RECEITA FEDERAL APREENDE 144 KG DE COCAÍNA NO EM TERMINAL DE CONTÊINERES DO PORTO DE PARANAGUÁ



Os traficantes se assustaram com a aproximação de uma empilhadeira, impedindo a colocação da cocaína dentro de um contêiner
A Receita Federal apreendeu, na manhã desta quinta-feira (14), 144 kg de cocaína no pátio do Terminal de Contêineres do Porto de Paranaguá, no Litoral do Paraná. Funcionários do terminal encontraram os tabletes com o entorpecente jogados no chão e acionaram os órgãos competentes.  Ninguém foi preso.
Segundo o delegado da Receita Federal, Gerson Faucz, a droga foi encontrada pela perto de uma pilha de contêineres. Ele acredita que os traficantes tenham se assustado com a aproximação de uma empilhadeira, impedindo a colocação da cocaína dentro de um contêiner, obrigando-os a dispensar a droga.

A droga apreendida foi encaminhada para a sede da Polícia Federal em Curitiba, que segue com as investigações.
Paranaguá na Rota do Tráfico
O Porto de Paranaguá é mais um porto brasileiro inserido na Rota do Tráfico Internacional de Drogas, nesse ano, essa é a sexta apreensão realizada no terminal de contêineres do Porto de Paranaguá.
Nesse ano já foram apreendidas 3,9 toneladas de cocaína durante as ações realizadas no terminal de contêineres do porto.


A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Guarda Portuária e a Segurança Portuária em todo o seu contexto. A matéria veiculada apresenta cunho jornalístico e informativo, inexistindo qualquer crítica política ou juízo de valor.                                                                                           
* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.         
Continue lendo ►

quarta-feira, 13 de março de 2019

0

COMISSÃO BUSCA SOLUÇÃO PARA ACABAR COM ASSALTOS AOS CAMINHONEIROS NO PORTO DE PARANAGUÁ



Os dados serão levantados junto à Polícia Militar, Polícia Civil e Guarda Portuária
Os recorrentes assaltos aos caminhoneiros que circulam pela região do Porto de Paranaguá, no Litoral do estado, foi o tema central da primeira reunião da Comissão de Segurança Pública da Assembleia Legislativa do Paraná (ALEP), realizada na manhã desta terça-feira (11). Durante o encontro, os deputados membros da Comissão definiram medidas para buscar uma solução de combate efetivo à ação dos criminosos no local.
Entre as ações detalhadas está o levantamento do número de ocorrências referentes a furtos e roubos que têm como vítimas os caminheiros em toda a região do Porto. Os dados, de acordo com os parlamentares que participaram da reunião, serão levantados junto à Polícia Militar, Polícia Civil e Guarda Portuária. O objetivo é levar as informações ao secretário de Segurança Pública e Administração Penitenciária do Estado do Paraná, Luiz Felipe Kraemer Carbonell.
“Nosso objetivo não é só cobrar das forças policiais e do Poder Público como um todo. Queremos criar alternativas para combater esses crimes. Mapeamos essa situação no Porto de Paranaguá e agora vamos aguardar as estatísticas que virão das forças de segurança que atendem todo o local. Além disso, estamos planejando uma visita ao porto para verificarmos in loco a situação dos caminheiros”, afirmou o deputado Coronel Lee (PSL), presidente da Comissão de Segurança Pública da Alep.
De acordo com o deputado Soldado Adriano José (PV), integrante da Comissão de Segurança Pública, a ida de uma comitiva de parlamentares ao Porto de Paranaguá pode agilizar o processo na busca por soluções para os crimes ocorridos no local. “Acredito que com as estatísticas em mãos e com a visita ao local para ouvir os caminheiros e os trabalhadores do porto, teremos um parâmetro para minimizar ou solucionar o problema de uma vez por todos”, disse.
Força-tarefa
O deputado Delegado Jacovós (PR), também membro da Comissão de Segurança Pública, acredita que a criação de uma força-tarefa entre policiais e o Judiciário pode coibir as ações de criminosos no local. “Não é só a polícia que vai resolver esse problema. É preciso que o Ministério Público e o Poder Judiciário ajam com rigor em relação aos furtos e roubos que assolam os caminhoneiros”, ressaltou o parlamentar.
Atuação

Para o deputado Coronel Lee esta primeira reunião mostra que a Comissão não irá atuar apenas no âmbito dos trabalhos legislativos, se limitando apenas à análise de projetos de lei relativos ao tema. “Não vamos atuar de maneira forte em todos os temas que dizem respeito à Segurança Pública no estado do Paraná. Nós, deputados membros da Comissão, temos todo o mapeamento do que está acontecendo no estado e queremos não apenas cobrar das autoridades, mas sim propor soluções práticas para as grandes demandas de segurança do Paraná”, garantiu o parlamentar.
Fonte: Site CGN


Esta publicação é de inteira responsabilidade do autor e do veículo que a divulgou. A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Guarda Portuária e a Segurança Portuária em todo o seu contexto. A matéria veiculada apresenta cunho jornalístico e informativo, inexistindo qualquer crítica política ou juízo de valor.                                                                                             
* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.          

Continue lendo ►

terça-feira, 12 de março de 2019

0

MARINHA ENCONTRA MOCHILAS COM COCAÍNA BOIANDO NO ESTUÁRIO PORTO DE SANTOS



Cordas estavam amarradas  nas mochilas, prontas pra serem içadas para algum navio atracado no porto
No último domingo (10), três mochilas com cocaína foram encontradas boiando no Canal do Estuário do Porto de Santos, no litoral de São Paulo.
As mochilas foram avistadas por marinheiros da Capitania dos Portos do Estado de São Paulo (CPSP), próximo ao cais da Marinha, quando em serviço de vigilância. Uma embarcação foi acionada imediatamente para recolher as mochilas e verificar o que havia em seu interior. Ninguém foi visto próximo a elas.
Foto: Divulgação

No interior havia vários tabletes de cocaína e cordas estavam amarradas nas mochilas, prontas pra serem içadas para algum navio atracado no porto. Esse é uma das formas utilizadas pelas várias quadrilhas que atuam no Porto de Santos para introduzirem a droga nas embarcações.
Na madrugada do dia 05 de fevereiro, câmeras de monitoramento, flagraram dois trabalhadores portuários içando mochilas de uma pequena embarcação, com duas pessoas no seu interior.
A CPSP não informou o número de tabletes que havia dentro das mochilas e a quantidade da droga apreendida. O entorpecente foi entregue a Polícia Federal para apreensão e início das investigações.



A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Guarda Portuária e a Segurança Portuária em todo o seu contexto. A matéria veiculada apresenta cunho jornalístico e informativo, inexistindo qualquer crítica política ou juízo de valor.                                                                                           
* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.                                                                                                                          


Continue lendo ►