SEGURANÇA PORTUÁRIA EM FOCO

SEGURANÇA PORTUÁRIA EM FOCO

Postagem em destaque

MP É ACIONADO CONTRA NOVA TENTATIVA DE TERCEIRIZAR A GUARDA PORTUÁRIA

O fim dessa terceirização só foi possível graças a intervenção do MPT-PA Não obstante o fim da terceirização da Guarda Portuária, a...

sábado, 25 de fevereiro de 2017

0

DEZESSEIS PASSAGEIROS TENTAM ENTRAR COM DROGA EM CRUZEIROS




Entre os entorpecentes estavam maconha, cocaína, LSD, ecstasy, anfetaminas
A Polícia Federal (PF) flagrou, neste sábado (25), 16 passageiros tentando entrar com drogas em navios que atracaram no Porto de Santos para os cruzeiros de Carnaval. Entre os entorpecentes estavam maconha, cocaína, LSD, ecstasy, anfetaminas. As apreensões aconteceram no segundo dia da Operação Salva Vidas.
Todas as pessoas assinaram termos circunstanciados e foram liberadas para responder à Justiça em liberdade. Isso porque, segundo o delegado da PF Rômulo de Castro, responsável pela operação, as drogas estavam em pequenas quantidades, caracterizando consumo individual e não tráfico.
O delegado explica que foi o maior número de entorpecentes apreendidos nesta temporada. “O resultado do nosso trabalho foi excelente hoje, com apreensão de drogas em vários formatos e apresentações. Tanto em passageiros portando junto ao corpo, quanto em malas despachadas e que foram detectadas no canal de embarque”, detalha Castro.
De acordo com o policial, os flagrantes envolveram pessoas que viajavam em grupos de amigos e também casais. Além disso, muita gente tentou entrar nos navios com bebidas alcoólicas, que, embora não sejam ilegais, não são permitidas no embarque. As garrafas ficaram retidas para descarte.
Ainda houve um homem preso em flagrante por furtar um óculos de sol no terminal de embarque. “Aproveitou de um momento de distração, quando a vítima passava a bagagem de mão na esteira, e subtraiu os óculos de dentro bandeja plástica. Mas pelas câmeras conseguimos identificar. Como o furto simples é afiançável, arbitrei a fiança em um salário-mínimo, que ele pagou e foi liberado”.
Hoje (25) atracaram no terminal Concais o MSC Preziosa e o Sovereign, da Pullmantur, com os cruzeiros temáticos do Carnaval. Eles seguiram viagem para o Litoral Norte de São Paulo, litoral fluminense e o Nordeste. Juntos, movimentaram 11.618 passageiros.
Hoje atraca no cais santista o MSC Musica, que seguirá roteiro internacional para cidades no Uruguai e na Argentina. Todos retornam à Santos ao longo da próxima semana.


* Esta publicação é de inteira responsabilidade do autor e do veículo que a divulgou. A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Guarda Portuária e a Segurança Portuária em todo o seu contexto, não cabendo a esse Portal a emissão de qualquer juízo de valor.
                                                                                                                                                                                          
* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.
                                                                                                                                                            
COMENTÁRIOS

Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos.


Continue lendo ►
0

PIRATARIA MARÍTIMA MUNDIAL CAIU PARA MÍNIMO DE HÁ 20 ANOS




A pirataria marítima mundial tem estado em declínio desde 2012
Os ataques de pirataria no mar em todo o mundo caíram para o nível mais baixo em 20 anos no terceiro trimestre de 2016, indicou o Departamento Marítimo Internacional (IMB, na sigla em inglês).
No seu mais recente relatório, o organismo identifica 42 atos de pirataria em alto mar entre julho e setembro. “Com apenas 42 ataques em todo o mundo naquele trimestre, a pirataria marítima está no seu mais baixo nível desde 1996”, realçou o IMB.
Desde o início do ano de 2016, foram registados 141 atos de pirataria, ou seja, menos 25% do que em igual período do ano passado, com o IMB a citar “os esforços das autoridades nacionais e internacionais e da indústria naval”.
O organismo ressalva, porém, que os ataques de piratas envolvendo a tomada de reféns, particularmente na Nigéria, continuam a ser um problema, aconselhando vigilância.
A pirataria marítima mundial tem estado em declínio desde 2012 após o lançamento de patrulhas navais internacionais ao largo de África Oriental em resposta a uma onda de ataques perpetrados sobretudo por piratas somalis. Até o final de outubro de 2016, destaca o IMB, não houve qualquer ataque ao largo da Somália.
Com o declínio dos ataques em torno da Somália, a atenção do IMB voltou-se para a Indonésia, que viu a pirataria aumentar em 2015, sobretudo visando navios que transportam combustíveis.
O mais recente relatório do IMB refere, no entanto, que os ataques em águas indonésias também caíram para 33 entre janeiro e setembro do ano passado, contra os 86 registados no período homólogo de 2015.
“As patrulhas levadas a cabo pela polícia marítima indonésia parecem estar a funcionar”, refere o documento.

Veja abaixo as imagens de um ataque de piratas a um navio:


Fonte: Observador

* Esta publicação é de inteira responsabilidade do autor e do veículo que a divulgou. A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Guarda Portuária e a Segurança Portuária em todo o seu contexto, não cabendo a esse Portal a emissão de qualquer juízo de valor.
                                                                                                                                                                                          
* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.
                                                                                                                                                
COMENTÁRIOS

Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos.


Continue lendo ►

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017

0

MACONHA, ANFETAMINA E LANÇA-PERFUME SÃO APREENDIDOS NA OPERAÇÃO SALVA VIDAS


Cães farejadores da Guarda Portuária auxiliam na operação no terminal (Foto: Carlos Nogueira/A Tribuna)


Substâncias foram flagradas pela Polícia Federal durante embarque no navio Costa Fascinosa

Três pessoas foram flagradas com maconha, anfetamina e lança-perfume (cloreto de etila) no embarque de passageiros para o navio Costa Fascinosa, na tarde desta sexta (24), no Porto de Santos. As apreensões são resultado do primeiro dia da Operação Salva Vidas, deflagrada pela Polícia Federal.
Os flagrantes foram feitos durante a revista de bagagem, após imagens de escâneres apontarem a existência de substâncias ilícitas escondidas entre os bens pessoais dos passageiros. Os envolvidos possuem idades entre 20 e 30 anos e são da capital paulista. Entre eles, está um casal. 
"No caso das anfetaminas, vimos algo inédito por aqui. A droga havia sido injetada em balas (jujubas)", contou o delegado da Polícia Federal, Rômulo de Castro, responsável pela operação. A substância ilegal encontrada é estimulante e, geralmente, utilizada para inibir o sono.

Segundo o delegado, o volume dos entorpecentes caracterizou consumo individual, descartando a possibilidade de tráfico. A quantidade apreendida não foi informada. Portanto, os três passageiros assinaram termos circunstanciados e foram liberados para embarcar no navio.
Os termos obrigam os envolvidos a se apresentarem à Justiça posteriormente para prestarem esclarecimentos. A princípio não há detenção, mas o juiz poderá determinar uma pena alternativa ou serviços comunitários como punição ao ocorrido, ainda segundo o delegado da PF.
O Costa Fascinosa deixou o cais à noite, após desembarcar 2.976 hóspedes e receber outras 3.003 pessoas - nele, havia 203 passageiros em trânsito. O navio segue viagem ao Sul do País e faz escala em Buenos Aires (Argentina). Ele retorna a Santos ao longo da próxima semana.
Salva Vidas

Esta é a quinta edição da operação, cuja fase inicial acontece até domingo. Ela é coordenada pela Polícia Federal, e tem apoio da Receita Federal, da Guarda Portuária, das policias Civil e Militar, e do Concais, que administra o Terminal de Passageiros Giusfredo Santini, em Outeirinhos, na Margem Direita.
Neste sábado (25), atracam o MSC Preziosa e o Sovereign, da Pullmantur, com os cruzeiros temáticos do Carnaval. Juntos, eles movimentam 11.618 passageiros. No domingo (26), atraca no cais santista o MSC Musica, que deverá movimentar 5.494 pessoas, entre embarque e desembarque.



* Esta publicação é de inteira responsabilidade do autor e do veículo que a divulgou. A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Guarda Portuária e a Segurança Portuária em todo o seu contexto, não cabendo a esse Portal a emissão de qualquer juízo de valor.
                                                                                                                                                                                          
* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.
                                                                                                                                                            
COMENTÁRIOS

Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos.


Continue lendo ►
0

FOLIÕES EM NAVIOS SÃO ALVOS DE OPERAÇÃO DA POLÍCIA FEDERAL


Operação da PF vai coibir embarque de ilícitos nos navios do Carnaval (Foto: Rogério Soares/A Tribuna)


Quatro navios fazem escala no Porto de Santos a partir desta sexta-feira (24)
A Polícia Federal inicia, a partir desta sexta-feira (24), a quinta edição da Operação Salva Vidas com o objetivo de coibir o embarque de drogas nos cruzeiros marítimos durante o Carnaval em Santos. A previsão é que mais de 20 mil pessoas passem pelo cais, que recebe a escala de quatro navios de passageiros neste fim de semana.
Ao menos 20 policiais federais vão permanecer de plantão no Terminal de Passageiros Giusfredo Santini durante o período. Eles terão o apoio de equipes da Receita Federal, da Guarda Portuária, das policias Civil e Militar, além de do Concais, que administra a instalação localizada em Outeirinhos, na Margem Direita do Porto de Santos.
"O volume de ocorrências acompanha a quantidade de navios atracados. Nosso objetivo é coibir o consumo (de substâncias ilícitas), assim como o embarque delas", explica o delegado Rômulo de Castro, responsável pela operação. O período é considerado crítico em razão das viagens temáticas para as festas de carnaval.
Além do reforço de pessoal, escâneres e cães farejadores serão utilizados nas áreas comuns do terminal e também nas bagagens. Todo e qualquer flagrante será encaminhado à delegacia da Polícia Federal, localizada no Concais. Haverá autuação e detenção mesmo em ocorrências que caracterizem consumo individual de entorpecentes.
Passageiros
Segundo o Concais, ao menos 11 mil passageiros vão embarcar nos quatro navios previstos para fazer escala no cais santista neste início de carnaval. Nesta sexta, o Costa Fascinosa atraca com 3206 hóspedes (3003 desembarcam e 203 ficam em trânsito a bordo). O cruzeiro receberá 2.976 pessoas à tarde para viagem ao Sul.
No sábado (25), é a vez do MSC Preziosa e o Sovereign, da Pullmantur, que seguem viagem para o Litoral Norte de São Paulo, litoral fluminense e o Nordeste. No domingo (26), a escala única é do MSC Musica, que seguirá roteiro internacional para cidades no Uruguai e na Argentina. Todos retornam a Santos ao longo da próxima semana.


* Esta publicação é de inteira responsabilidade do autor e do veículo que a divulgou. A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Guarda Portuária e a Segurança Portuária em todo o seu contexto, não cabendo a esse Portal a emissão de qualquer juízo de valor.
                                                                                                                                                                                          
* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.
                                                                                                                                                            
COMENTÁRIOS

Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos.


Continue lendo ►
0

MT APONTA PROBLEMAS EM TERMINAIS DO PORTO DE SANTOS




Cerca de 100 irregularidades foram encontradas em instalações de granéis líquidos do Porto

Sete terminais que operam granéis líquidos no Porto de Santos assinaram um termo de compromisso com o Ministério do Trabalho, se comprometendo a corrigir cerca de 100 irregularidades encontradas por uma força-tarefa do órgão. As instalações terão 12 meses para isso. As medidas exigidas envolvem a adequação de seus planos de prevenção contra grandes acidentes envolvendo produtos inflamáveis.
A ação do Ministério do Trabalho começou no final do ano passado, com o objetivo de evitar acidentes ampliados – aqueles que ultrapassam a área portuária e interferem na comunidade no entorno. Em abril de 2015, o Porto de Santos foi o cenário de um incêndio só controlado após nove dias e que afetou não só as operações do complexo marítimo, como todo o tráfego de veículos e pessoas na entrada da Cidade. Na ocasião, tanques da Ultracargo, no Distrito Industrial da Alemoa, foram consumidos pelas chamas.
No ano passado, sete terminais especializados na movimentação de granéis líquidos na Alemoa e na Ilha Barnabé foram avaliados pelo órgão. Inicialmente, os auditores fiscais do Trabalho analisaram documentos e o cumprimento das normas regulamentadoras 10 e 20. Ambas relacionam procedimentos de segurança em instalações e serviços de eletricidade e nas unidades que movimentam produtos perigosos.
“Estabelecimentos que operam grandes volumes de inflamáveis são áreas com grande risco de incêndio e explosão que merecem ser rigorosamente fiscalizadas. A atuação do grupo estadual é importante para detectar problemas que possam iniciar um incêndio ou dificultar seu controle”, destacou o auditor fiscal Rodrigo Aoki Fuziy, membro do grupo.
De acordo com a auditora fiscal do trabalho Edlena Elias Fernandes, que coordena esta operação, todos os terminais fiscalizados assinaram o acordo e deverão se adequar em um ano. No entanto, periodicamente, as empresas terão que comprovar que estão cumprindo os termos exigidos.
Os terminais deverão apresentar a evolução das correções para os auditores do Ministério do Trabalho, em datas previamente determinadas com cada instalação. Todos os prazos foram definidos em mesas redondas com a participação de gestores das instalações portuárias e de sindicatos de trabalhadores.
“As empresas vão protocolar documentos que vão evidenciar a conclusão de cada fase prevista no termo de compromisso. Os auditores fiscais vão analisar esses documentos. E nós poderemos ir a qualquer momento nessas empresas fazer inspeção no local”, destacou Edlena.
Prioridade
Para o auditor fiscal Paulo Rogério Moreira de Oliveira, chefe da fiscalização em Santos, “o Ministério do Trabalho precisa priorizar ações planejadas como essa, que buscam preservar a integridade física dos trabalhadores e as comunidades do entorno”.
A Reportagem procurou terminais de líquidos, mas eles não se manifestaram sobre a operação de fiscalização.


* Esta publicação é de inteira responsabilidade do autor e do veículo que a divulgou. A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Guarda Portuária e a Segurança Portuária em todo o seu contexto, não cabendo a esse Portal a emissão de qualquer juízo de valor.
                                                                                                                                                                                          
* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.
                                                                                                                                                            
COMENTÁRIOS


Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos.

Continue lendo ►

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

0

PORTO DE SALVADOR TEM OPERAÇÃO CARNAVAL




Operação envolverá Guarda Portuária, Polícia Federal, Militar e Civil, SAMU, Brigada do Porto, Posto Médico, dentre outros

Os turistas que chegarem ao Porto de Salvador poderão aproveitar o maior Carnaval do planeta e contar com um forte esquema interno de recepção, segurança e proteção. A Operação Carnaval, iniciada pela Companhia Docas da Bahia (Codeba) nesta quinta-feira (23), envolverá Guarda Portuária, Polícia Federal, Militar e Civil, Receita Federal, SAMU, Brigada do Porto, posto Médico, dentre outros, oferecendo segurança e proteção para os visitantes e também para a comunidade portuária.
Uma viatura da Guarda Portuária, entregue neste mês, auxiliará nas atividades de vigilância e patrulhamento, realizando rondas nas áreas e apoiando o Terminal Marítimo de Passageiros. Para a segurança na área externa do Porto de Salvador e imediações, a Codeba solicitou ao Batalhão Especializado em Policiamento Turístico (BEPTur) da Polícia Militar da Bahia o reforço das ações, garantindo a circulação tranquila dos milhares de visitantes.

Na programação dos dias de Carnaval, serão também realizadas atividades de receptivo e conscientização por diversos órgãos, com autorização da Codeba. Dentre as ações no Porto de Salvador, a Superintendência de Fomento ao Turismo da Bahia (Bahiatursa) fará o receptivo com duas baianas caracterizadas, distribuindo fitinhas do Senhor do Bonfim; a Secretaria Estadual de Políticas para as Mulheres (SPM) promove a Campanha de Enfrentamento a Violência contra as Mulheres; a Secretaria de Promoção da Igualdade Racial (Sepromi) do Estado, os serviços de enfrentamento ao racismo. Já a Prefeitura de Salvador vai instalar postos de atendimento, onde os turistas serão informados sobre opções de roteiro no carnaval, além de atrações culturais e gastronômicas.
Terminal preparado
Mais de nove mil turistas desembarcam na capital baiana, por meios dos transatlânticos durante o Carnaval. O Terminal Marítimo do Porto de Salvador está preparado para recepcioná-los em ambiente climatizado, dispondo de acesso à internet via WiFi, lanchonete, caixas eletrônicos, posto de informações trilíngue, agência de câmbio, dentre outros. O equipamento, com cerca de 8 mil metros quadrados e dividido em três pavimentos, é administrado pelo Consórcio Contermas.
Com a vista privilegiada para a Baía de Todos os Santos e o Forte de São Marcelo, o terminal tem uma grande estrutura para embarque e desembarque de passageiros, despacho e recebimento de bagagens, controle de migração e operações alfandegárias. As áreas, interna e externa, são usadas para realização de diversos eventos, tipo shows, feiras, exposições, casamentos, formaturas, simpósios e encontros.
PROGRAMAÇÃO DOS TRANSATLÂNTICOS
DIA 24/02
Sea Princess – chegada às 9h – saída 17h – Origem Rio de Janeiro - Destino Fortaleza
DIA 28/02
Sovering – Chegada às 16h – saída 15h do dia 01/03 - Origem Rio de Janeiro - Destino Búzios

MSC Preziosa – Chegada às 8h – saída 17h do dia 01/03 - Origem Santos - Destino Fortaleza

A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Guarda Portuária e a Segurança Portuária em todo o seu contexto, não cabendo a esse Portal a emissão de qualquer juízo de valor.
                                                                                                                                                                                          
* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.
                                                                                                                                                            
COMENTÁRIOS

Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos.


Continue lendo ►

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

0

GUARDA PORTUÁRIA PARTICIPA DE SIMULADO DE ACIDENTE EM PARANAGUÁ




Objetivo foi testar resposta local para acidentes com múltiplas vítimas
Um cenário bem próximo da realidade foi montado na última quinta-feira (16) em Paranaguá, no litoral do Paraná, para testar o sistema de resposta local para situações com múltiplas vítimas.

O acidente simulado, realizado na avenida Portuária em frente ao Porto de Paranaguá, envolveu um vagão da empresa Rumo, um ônibus e um automóvel. Houve procedimentos de resgate, atendimento e transporte terrestre e aéreo para os hospitais do município.

A simulação foi acompanhada por um expressivo número de curiosos. Equipes do Corpo de Bombeiros, SAMU, Guarda Municipal, Polícia Militar e Guarda Portuária auxiliaram as “vítimas” do acidente.


* Esta publicação é de inteira responsabilidade do autor e do veículo que a divulgou. A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Guarda Portuária e a Segurança Portuária em todo o seu contexto, não cabendo a esse Portal a emissão de qualquer juízo de valor.
                                                                                                                                                                                          
* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.
                                                                                                                                                
COMENTÁRIOS

Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos.


Continue lendo ►

terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

0

PF REALIZA OPERAÇÃO PARA INIBIR ENTRADA DE DROGAS EM CRUZEIROS NO CARNAVAL




“Operação Salva Vidas” ocorrerá no Concais, em Santos
Ação terá o apoio da Polícia Civil, Guarda Portuária e Polícia Militar

A Polícia Federal irá realizar uma operação para coibir a entrada de drogas nos navios de cruzeiro que partirão do Terminal de Passageiros Giusfredo Santini (Concais), em Santos, no litoral de São Paulo, durante os dias de carnaval.
Será o quinto ano consecutivo da “Operação Salva Vidas”, que conta com o apoio da Polícia Civil, Guarda Portuária, Polícia Militar e do próprio Concais.
Segundo o terminal, para os dias 24, 25 e 26 de fevereiro, está previsto o embarque de 11 mil passageiros, com destino ao Rio de Janeiro, Salvador e Buenos Aires.
O maior fluxo será no sábado (25), dia em que o contingente da operação deve ser reforçado. O Concais também contará com um efetivo maior na segurança, principalmente em equipamentos de scanners e controles de acesso.

Fonte: G1 Santos

* Esta publicação é de inteira responsabilidade do autor e do veículo que a divulgou. A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Guarda Portuária e a Segurança Portuária em todo o seu contexto, não cabendo a esse Portal a emissão de qualquer juízo de valor.
                                                                                                                                                                                          
* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.
                                                                                                                                                
COMENTÁRIOS


Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos.


Continue lendo ►

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

0

CAMINHONEIROS SOFREM COM ROUBO DE CARGAS EM PARANAGUÁ




Os criminosos rompem as bicas, que ficam na parte traseira, derramando parte da carga pela rua, muitas vezes sem que o motorista perceba

A Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (Appa) organizou um novo sistema de agendamento de descarga no Porto de Paranaguá. O grupo também avalia medidas de segurança que devem ser tomadas para evitar a abertura de bicas dos caminhões no caminho entre o pátio de triagem e os terminais. O objetivo é evitar o furto de cargas e as ações fazem parte da Operação Safra.
As cargas mais visadas são grãos e fertilizantes. Normalmente, o furto ocorre durante a noite ou quando o caminhão está trafegando em baixa velocidade. Os criminosos rompem as bicas, que ficam na parte traseira, derramando parte da carga pela rua, muitas vezes sem que o motorista perceba. Imediatamente, outros recolhem e levam para depósitos clandestinos nas imediações do porto.
O caminhoneiro Marcio Augusto Cordeiro transporta farelo de soja de Ponta Grossa para o litoral do estado. Ele faz o trajeto semanalmente e afirma que teve o caminhão saqueado duas vezes. “Eles trancam a rua e abrem os caminhões, derramam as cargas e saqueiam. Todo dia, há uma média de dez ou quinze caminhões, às vezes mais, que estão sendo saqueados. Eles ficam na beira das rodovias, da BR-277 que é o acesso ao porto, e nas avenidas principais. Quando o caminhão passa devagar, eles vão atrás de bicicleta ou a pé, abrem e roubam a carga”, lamenta.
Para coibir a ação, os próprios caminhoneiros desenvolveram uma trava que impede a abertura das biqueiras. Mas os criminosos seguem encontrando novas formas de roubar os itens. “Agora, como todo mundo está dificultando a ação deles, eles estão partindo para a violência. Já houve caso de assassinato, mataram o motorista a tiros. No último final de semana, um motorista foi atingido na coluna, ficou paraplégico. Eles quebram para-brisa, vidros. Eles estão demais. Nunca esteve desse jeito. Está difícil trabalhar”, conta Marcio.
O caminhoneiro Jair Bassani afirma que faz de quatro a cinco viagens por semana para o Porto de Paranaguá. Ele também acredita que a situação está pior neste ano. “A gente fica inseguro, porque precisamos trabalhar. Esse ano está terrível. Todo dia eles saqueiam caminhão. Teve dois amigos meus que levaram tiros em Paranaguá. Teve um amigo que teve o caminhão apedrejado, estourou os vidros, caiu dentro do caminhão”, afirma.
Para coibir a ação dos bandidos, a PRF afirma que já há um trabalho integrado. O chefe do Núcleo de Comunicação da PRF, Fernando Oliveira, afirma que o setor de inteligência da polícia tenta identificar os responsáveis pelos saques, depósito e receptação da carga furtada. “A Polícia Rodoviária Federal, além das viaturas caracterizadas, tem também feito um trabalho de inteligência buscando identificar os responsáveis. Identificar não apenas os autores do crime, mas também quem está por trás”, garante. “Com base nessas informações, em conjunto com outras forças de segurança, a gente tem tentado estabelecer uma ação conjunta”.
Para agilizar a descarga e evitar saques, a Operação Safra, organizada pela Appa determinou que os caminhões devem sair do local de origem com o horário de descarga nos terminais já definido. O objetivo é de que a chegada dos grãos seja feita de maneira ordenada, sem acúmulo de caminhões. De acordo com a assessoria da Appa, já foram realizadas reuniões com a Polícia Militar (PM), Guarda Municipal e Polícia Rodoviária Federal (PRF). Com o auxílio da Unidade Administrativa de Segurança Portuária (Guarda Portuária), deve ser formada uma ação integrada para evitar os saques.
A assessoria de imprensa do governo estadual informou que não existe um registro do número de ocorrências envolvendo saques de cargas no Porto de Paranaguá, que rondas periódicas são feitas na região para coibir os saques e que elas serão intensificadas nas próximas duas semanas.


* Esta publicação é de inteira responsabilidade do autor e do veículo que a divulgou. A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Guarda Portuária e a Segurança Portuária em todo o seu contexto, não cabendo a esse Portal a emissão de qualquer juízo de valor.
                                                                                                                                                                                          
* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.
                                                                                                                                                
COMENTÁRIOS

Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos.


Continue lendo ►

LEGISLAÇÕES