SEGURANÇA PORTUÁRIA EM FOCO

SEGURANÇA PORTUÁRIA EM FOCO

Postagem em destaque

CONPORTOS REALIZA PESQUISA COM PROFISSIONAIS DE SEGURANÇA PORTUÁRIA

O formulário de pesquisa foi feito com o objetivo de traçar um perfil dos profissionais de segurança pública A Comissão Nacional de...

LEGISLAÇÕES

quinta-feira, 13 de dezembro de 2018

0

ENCONTRO NACIONAL DA GUARDA PORTUÁRIA É REALIZADO EM SANTOS




O Deputado Federal Arnaldo Faria de Sá foi homenageado com uma placa em reconhecimento ao relevante trabalho em defesa da categoria no Congresso Nacional

Nos dia 06, 07 e 08 desse mês foi realizado em Santos, o IV Encontro Nacional da Guarda Portuária. O evento, promovido pela Associação Nacional da Guarda Portuária do Brasil (ANGPB), é realizado a cada ano numa cidade portuária.
A solenidade de abertura, que contou com a presença de autoridades, foi realizada no auditório da Companhia Docas do Estado de São Paulo (CODESP). Na oportunidade, o Deputado Federal Arnaldo Faria de Sá foi homenageado com uma placa em reconhecimento ao relevante trabalho em defesa da categoria no Congresso Nacional. Os deputados federais Beto Mansur e Laura Carneiro também seriam homenageados, mas em virtude de outros compromissos, não puderam comparecer.
Guarda portuários homenageados junto com aqueles que entregaram a homenagem

A ANGPB homenageou também cinco guardas portuários, agora aposentados, pelos serviços prestados à corporação, entre eles, o atual presidente do Sindicato dos Empregados na Administração Portuária (SINDAPORT), Everandy Cirino dos Santos.
Grupo de Trabalho
Guardas portuários representando diversos portos portos brasileiros discutiram o futuro da corporação

Na sexta-feira, no período da manhã, os participantes se reuniram no Centro de Treinamento da CODESP, onde foram estabelecidos os rumos da corporação. Nesse Encontro ficou estabelecida a criação de um Grupo de Trabalho composto por representantes de todos os portos brasileiros no intuito de uniformizar a agenda e os procedimentos em busca dos objetivos da categoria.
Também foi aprovada a criação de uma Equipe de Marketing para a produção de conteúdo informativo para a divulgação da história e o trabalho que a Guarda Portuária realiza nos portos brasileiros.
Prioridades
No Encontro ficou definido que a prioridade é a inclusão da Guarda Portuária no Ministério da Segurança Pública (MSP), quer na derrubada do veto efetuado pelo presidente Temer na lei que criou o atual ministério, quer na inclusão da corporação no Projeto de Lei (PL) que vai criar o novo Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP).
Em seguida serão demandados esforços para a regulamentação, a fim de atingir o objetivo principal, que é a aprovação o Projeto de Emenda Constitucional nº 59 (PEC/59), que cria a Guarda Portuária Federal, padronizando a atuação em todo o território nacional.
No período da tarde foi realizado um passeio de escuna pelo Canal do Estuário onde os guardas portuários de outros portos puderam conhecer as peculiaridades do Porto de Santos e os desafios com vista à segurança nas duas margens. No último dia do evento foi realizada uma visita técnica ao porto.
Passeio de escuna pelo Canal do Estuário mostrou os desafios para manter a segurança do porto

O próximo Encontro, que inicialmente estava programado para ser realizado em Belém, no Pará, teve o local alterado, devendo agora ocorrer em Brasília, entre os meses de março e maio.
Participaram do Encontro, representantes da Guarda Portuária dos portos de Santos-SP, São Sebastião-SP, Rio de Janeiro-RJ, Vitória-ES, Belém-PA, Salvador-BA, Itaqui-MA, Nata-RN, Itajaí-SC e São Francisco do Sul-SC.

A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Guarda Portuária e a Segurança Portuária em todo o seu contexto. A matéria veiculada apresenta cunho jornalístico e informativo, inexistindo qualquer crítica política ou juízo de valor.                                                                                           
* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.                                                                                                                    
                   COMENTÁRIOS                                   
Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos.
Continue lendo ►

quarta-feira, 12 de dezembro de 2018

0

ALFÂNDEGA FRANCESA APREENDE 1,6 TONELADA DE COCAÍNA EM NAVIO QUE SAIU DO BRASIL



Polícia Federal confirmou que a droga saiu do Porto Vila do Conde, em Barcarena, no Pará

A Alfândega do Porto de Caen, no norte da França, apreendeu cerca de 1,6 tonelada de cocaína de um navio proveniente do Brasil. Segundo o governo francês, a droga estava escondida entre blocos de madeira. A apreensão ocorreu na última quinta-feira (6).
A Polícia Federal confirmou que a droga saiu do Porto Vila do Conde, em Barcarena, no Pará. O órgão afirmou que "foi informado e está investigando os fatos".
Segundo as autoridades a droga foi descoberta quando uma das placas de madeira caiu no chão durante as operações de descargas e a polícia foi notificada.
As autoridades locais abriram um inquérito para apurar o caso, tratado como importação organizada de narcóticos, transporte e armazenamento de drogas e associação criminosa. Segundo as autoridades de alfândega da França, a investigação corre em sigilo.
O ministro Gérald Darmanin, de Ação e Contas Públicas parabenizou, pelo Twitter, as autoridades portuárias de Caen pela apreensão – "a mais importante em 10 anos", segundo ele mesmo.
"É um testemunho do trabalho e da dedicação cotidiana dos agentes na luta contra todas as formas de tráfico", afirmou Darmanian em comunicado.

Pará no tráfico internacional de drogas
Nesse ano o Pará tem sido uma das rotas do tráfico internacional de drogas. No dia 25 de agosto deste ano, a Polícia Federal apreendeu mais de uma tonelada de cocaína na Vila dos Cabanos, distrito de Barcarena, nordeste do Pará. A apreensão foi a maior da história do Pará.
Na época a operação foi realizada com o apoio do Departamento de Justiça dos Estados Unidos. As investigações apontaram que o entorpecente seria levado para países da Europa.
Segundo os policiais, a droga chega ao estado através dos rios da região amazônica. A rota dos rios começa na cidade de Letícia, na Colômbia, e entra no Brasil por Itabatinga, no Amazonas. De lá segue para Manaus e Itacoatiara, entrando no Pará por Santarém até o Marajó, de onde é trazida para Belém.





A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Guarda Portuária e a Segurança Portuária em todo o seu contexto. A matéria veiculada apresenta cunho jornalístico e informativo, inexistindo qualquer crítica política ou juízo de valor.                                                                                           
* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.                                                                                                                    
                   COMENTÁRIOS                                   
Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos.
Continue lendo ►

terça-feira, 11 de dezembro de 2018

0

GUARDA PORTUÁRIA PARTICIPA DE REUNIÃO DO SIPRON




A reunião envolveu a participação dos comitês que formam o Sistema de Proteção ao Programa Nuclear Brasileiro (SIPRON)

Entre os dias 21 e 22 de novembro o superintendente da Guarda Portuária do Porto do Rio de Janeiro, Amauri Carlos de Faria, participou de uma reunião no Gabinete de Segurança Institucional (GSI), em Brasília.
A reunião envolveu a participação dos comitês que formam o Sistema de Proteção ao Programa Nuclear Brasileiro (SIPRON). Fazem parte do sistema o Comitê de Articulação nas Áreas de Segurança e Logística (Caslon) e os Comitês de Planejamento de Resposta a Emergências Nucleares em Angra dos Reis (Copren/AR) e em Resende (Copren/Resende).
Os dois últimos são responsáveis, respectivamente, pelo planejamento da resposta a emergências nucleares na usina nuclear de Angra dos Reis e na Fábrica de Combustível Nuclear (FCN/INB) em Resende. São esses comitês que promovem os exercícios de emergência e planejam as ações de resposta em uma situação real de problemas na central nuclear ou na fábrica.
No encontro estiveram reunidos representantes de diversas instituições: Gabinete de Segurança Institucional (GSI), Guarda Portuária, CNEN, INB, Detran, Ibama, Governos Estaduais do Rio de Janeiro e de São Paulo, Secretaria de Desenvolvimento, Ciência e Tecnologia de Angra dos Reis e Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil. 
SIPRON

O Sistema de Proteção ao Programa Nuclear Brasileiro (Sipron) tem como atribuições:
- coordenar ações para atender permanentemente às necessidades de proteção e segurança do Programa Nuclear Brasileiro - PNB;
- coordenar ações para proteger os conhecimentos e a tecnologia detidos por órgãos, entidades, empresas, instituições de pesquisa e demais organizações públicas ou privadas que executem atividades para o PNB;
- e planejar e coordenar as ações, em situações de emergência nuclear, que tenham como objetivo proteger:
a) as pessoas envolvidas na operação das instalações nucleares e na guarda, manuseio e transporte de materiais nucleares;
b) a população e o meio ambiente situados nas proximidades das instalações nucleares;
c) e as instalações e materiais nucleares.
ANGPB

No dia 11 de setembro, a Associação Nacional da Guarda Portuária do Brasil - ANGPB juntamente com o Sindicato dos Guardas Portuários do Rio de Janeiro - SINDIGUAPOR-RJ estiveram em Brasília, no Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República, para uma reunião com o Comitê de Articulação nas Áreas de Segurança e Logística do Sistema de Proteção ao Programa Nuclear Brasileiro (Caslon/Sipron).
Nessa reunião foi apresentada as dificuldades da Guarda Portuária na segurança dos produtos de Classe 7 (materiais radioativos) nos portos públicos brasileiros e solicitado a realização de treinamentos específicos com o apoio dos órgãos responsáveis pela operação desses produtos.
Operação conjunta

No inicio do mês de setembro a Guarda Portuária, juntamente com outras autoridades, participou da operação que envolveu o desembarque e o transporte de carga perigosa destinada à Fábrica de Combustível Nuclear (FCN/INB), em Resende.



A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Guarda Portuária e a Segurança Portuária em todo o seu contexto. A matéria veiculada apresenta cunho jornalístico e informativo, inexistindo qualquer crítica política ou juízo de valor.                                                                                           
* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.                                                                                                                    
                   COMENTÁRIOS                                   
Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos.


Continue lendo ►

segunda-feira, 10 de dezembro de 2018

0

16 KG DE DROGAS SÃO APREENDIDOS EM UMA EMBARCAÇÃO NO PORTO DE ÓBIDOS




Um suspeito de 35 anos de idade foi preso em flagrante e conduzido à delegacia para prestar esclarecimento

A Policia Federal juntamente com a Guarda Portuária e Força Nacional, apreenderam 16 kg de uma substancia semelhante a pasta base de cocaína, a ação aconteceu por volta das 15hs da última quinta-feira (06), em uma embarcação que fazia linha para as cidades de Manaus e Belém.
A droga estava escondida no interior de um freezer, os agentes desconfiaram do equipamento em uma breve revista encontraram o entorpecente.

Clodoaldo Ferreira Ângulo, de 35 anos foi preso em flagrante e apresentado as autoridades policiais competentes, o acusado e a droga apreendida foram conduzidos para a delegacia de polícia Federal em Santarém, onde os procedimentos legais serão adotados.
As ações ao combate de tráfico de drogas na região, fazem parte da “operação Fronteira”, que busca combater o tráfico internacional de entorpecentes na região.



Esta publicação é de inteira responsabilidade do autor e do veículo que a divulgou. A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Guarda Portuária e a Segurança Portuária em todo o seu contexto. A matéria veiculada apresenta cunho jornalístico e informativo, inexistindo qualquer crítica política ou juízo de valor.                                                                                             
* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.                                                                                                                          

                   COMENTÁRIOS                             
Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos.
Continue lendo ►
0

RECEITA FEDERAL ENCONTRA 363 KG DE COCAÍNA EM CARGA DE ÓLEO DE LARANJA NO PORTO DE SANTOS



Mercadoria seria enviada para o Porto da Antuérpia, na Bélgica
A Receita Federal encontrou, na tarde da última quinta-feira (6), 363 quilos de cocaína escondidos em uma carga de óleo de laranja no Porto de Santos, no litoral de São Paulo. A mercadoria seria enviada para o Porto da Antuérpia, na Bélgica.
De acordo com a Alfândega do Porto de Santos, a carga foi selecionada através de critérios objetivos de análise de risco e inspeção. O cão de faro da Receita Federal também deu uma sinalização positiva de que havia algo de errado com a mercadoria.

O contêiner estava carregado com tambores metálicos contendo óleo de laranja. Os agentes identificaram dois tambores com padrão e cor diferentes dos demais e, um terceiro, no mesmo padrão da carga lícita, mas com a tampa aberta. Dentro desses tambores, as equipes encontraram tabletes de cocaína, cobertos com sacos de açúcar, além de um pouco de água misturada com resíduos do produto exportado.



Ainda segundo a Receita Federal, a carga estava prestes a ser embarcada em um navio destinado ao porto de Antuérpia, na Bélgica, e foi apreendida.
Fonte: G1 Santos   




Esta publicação é de inteira responsabilidade do autor e do veículo que a divulgou. A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Guarda Portuária e a Segurança Portuária em todo o seu contexto. A matéria veiculada apresenta cunho jornalístico e informativo, inexistindo qualquer crítica política ou juízo de valor.                                                                                             
* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.                                                                                                                          

                   COMENTÁRIOS                             
Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos.
Continue lendo ►

quarta-feira, 5 de dezembro de 2018

0

CONPORTOS REALIZA PESQUISA COM PROFISSIONAIS DE SEGURANÇA PORTUÁRIA



O formulário de pesquisa foi feito com o objetivo de traçar um perfil dos profissionais de segurança pública

A Comissão Nacional de Segurança Pública nos Portos, Terminais e Vias Navegáveis (Conportos) lançou hoje uma pesquisa com profissionais que atuam na área de segurança portuária no Brasil.
O formulário de pesquisa foi feito com o objetivo de traçar um perfil dos profissionais de segurança pública, com a intenção de conhecer as demandas que ainda não se apresentaram visando o aperfeiçoamento dos cursos programados para o próximo ano.
A Conportos quer saber, entre outras coisas, quanto tempo o profissional trabalha na área, se trabalha em porto publico ou privado, em qual estado, qual a função exercida e nível de escolaridade.
Preencha o formulário clicando aqui.


A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Guarda Portuária e a Segurança Portuária em todo o seu contexto. A matéria veiculada apresenta cunho jornalístico e informativo, inexistindo qualquer crítica política ou juízo de valor.                                                                                           
* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.                                                                                                                          
                   COMENTÁRIOS                             
Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos.
Continue lendo ►