Postagem em destaque

GUARDAS PORTUÁRIOS DENUNCIAM DIMINUIÇÃO DO EFETIVO E SUPRESSÃO DE POSTOS NO PARÁ

O quadro caótico vem comprometendo sensivelmente a segurança pública nos portos do Pará No dia 27 de janeiro, uma petição assinada...

quinta-feira, 12 de julho de 2012

1

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA MANDA SECRETARIA DE PORTOS E CONTROLADORIA GERAL DA UNIÃO INVESTIGAR DENÚNCIA DE IRREGULARIDADES NO PORTO DO PARÁ.




As denúncias de irregularidades efetuadas pelo SINDIGUAPOR – Sindicato dos Guardas Portuários do Pará e Amapá à imprensa, ao Ministro dos Portos, ao Ministério Público Federal e à Presidência da República, começam a repercutir.

As irregularidades cometidas pela administração da Companhia Docas do Pará - CDP, que inclusive já foram divulgadas pela imprensa, e estão sendo investigadas pelo Ministério Publico Federal, agora serão objeto de investigação por parte da SEP e da CGU.


A denúncia efetuada à Presidência da República foi respondida através do ofício nº 1916, da Casa Civil, assinada pelo Sr. Carlos Carboni, Chefe do Gabinete da Casa Civil da Presidência da República, o qual informa que os documentos contendo denúncias sobre irregularidades cometidas pelo Sr. José Carlos Ponciano da Silva (foto), presidente da Companhia Docas do Pará – CDP foram enviadas para a Procuradoria Geral da União – CGU e para a Secretaria dos Portos da Presidência da República – SEP, órgãos do governo federal responsáveis pelo assunto, para as providências julgadas cabíveis.




"ESMORECER NUNCA, RENDER-SE JAMAIS"





Um comentário:

  1. PARABÉNS AO SINDIGUAPOR E AO COMPANHEIRO CARLOS CARVALHAL POR ESSE ENCAMINMHAMENTO E DIVULGAÇÃO.
    TODOS NO PARÁ ESTÃO TORCENDO PARA QUE A CDP SE LIVRE LOGO DE CERTOS CÂNCERES QUE NESTA COMPANHIA SE INSTALARAM.

    ResponderExcluir

LEGISLAÇÕES