Postagem em destaque

GUARDA PORTUÁRIA PARTICIPA DO DESFILE DA INDEPENDÊNCIA

A Guarda Portuária voltou a participar após 35 anos de ausência. A última participação ocorreu em 1982 Ontem (07) a Guarda Portuár...

quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

0

BLOQUEIO EM CAMINHÃO FRUSTA ASSALTO




Roubo de carga depois de saída de terminal no Porto de Santos
 

 Gates do Terminal da Libra na Avenida Mario Covas
 
O sistema de monitoramento instalado em um caminhão bloqueou o veículo, momentos após ele se desviar da rota previamente traçada, e impediu a consumação do roubo de uma carga de 796 televisores, avaliada em R$ 950.933,44.

Esse fato, muito provavelmente, motivou a mesma quadrilha a abortar outro roubo de carga que era praticado simultaneamente nas imediações. Os assaltos ocorreram no Estuário, em Santos, na madrugada desta quinta-feira.

A certeza de que ambas as ações criminosas foram cometidas por idêntico bando decorre das características similares de tempo e local dos roubos, além do fato de as vítimas serem levadas para o mesmo cativeiro. Elas não se conhecem e não souberam informar o lugar onde foram mantidas em cárcere privado.

O roubo dos televisores teve início após um motorista de Americana (SP) deixar o Terminal da Libra, onde houve o carregamento dos aparelhos de LED e 40 polegadas, da marca Semp Toshiba. Ele dirigia um caminhão que tracionava um semirreboque, sendo rendido ao ingressar em uma rua nas imediações da Avenida Almirante Cochrane (Canal 5).

Um único assaltante, armado de pistola, entrou na cabine do caminhão. Após dirigir o veículo por alguns minutos sob a mira da arma, a vítima foi obrigada a entrar em um automóvel e levada para uma casa. Posteriormente, parte da quadrilha a abandonou próximo a um atacadista no início da Avenida Nossa Senhora de Fátima, no Chico de Paula.

Ainda durante a madrugada, o caminhão, o semirreboque e a carga de televisores foram encontrados intactos na Avenida Engenheiro Augusto Barata, na Alemoa, próximo do local onde a vítima foi posteriormente liberada. Por esse motivo, suspeita-se de que a casa utilizada como cativeiro fique nas imediações.

Ao chegar ao cativeiro, o motorista de Americana se deparou com outro caminhoneiro, residente em Praia Grande, que também foi libertado perto do atacadista do Chico de Paula. Esta vítima transportava uma carga de decodificadores de TV a cabo, cujo valor não foi divulgado.

Segundo ela, mais de três homens armados a dominaram na Avenida Mario Covas com o Canal 5, no Estuário. Enquanto parte do bando fugiu com o caminhão e a carga de decodificadores, o restante levou o motorista ao cativeiro. O veículo e o seu carregamento também foram encontrados abandonados intactos. Eles estavam na Rua João Alfredo, no Macuco.


Fonte: Eduardo Velozo Fuccia - Jornal a Tribuna
 
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEGISLAÇÕES