Postagem em destaque

PF FLAGRA PORTUÁRIOS COM PACOTES DE COCAÍNA NO CORPO PARA EMBARQUE EM NAVIO

Trabalhadores do Porto de Santos tentaram levar carregamento até navio atracado no cais, que foi cercado pela Guarda Portuária. Tablete...

segunda-feira, 29 de dezembro de 2014

0

ÓRGÃOS FEDERAIS E ESTADUAIS DISCUTEM SEGURANÇA NA ZONA PORTUÁRIA



A Companhia Docas do Espírito Santo (Codesa), a Receita Federal e a Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq) realizaram apresentações sobre organização e segurança na zona portuária. O objetivo do evento foi discutir, junto aos órgãos intervenientes, ações que potencializem a operacionalidade do porto, minimizando, assim, os gargalos existentes. O encontro aconteceu no dia 16, no Porto de Capuaba.
Na oportunidade, o diretor de Administração e Finanças, Raul Sá, falou sobre os investimentos realizados no Porto de Vitória, com recurso do Governo Federal. “Temos investido nas áreas portuárias visando à competitividade, maior produtividade e a plena satisfação dos nossos clientes.”

O chefe da Antaq, Raphael Cruzeiro Carpes, discorreu sobre os projetos da Codesa para melhorar o fluxo de caminhões em algumas zonas portuárias. “A execução de obras de pavimentação, duplicação e modernização em trechos de estradas existentes dentro da região e o controle de veículos com cancelas na portaria seriam importantes para evitar o congestionamento de caminhões na entrada dos Portos”, disse Raphael.
Flávio José Passos Coelho, inspetor-chefe da Alfândega, afirmou que o momento foi de grande valia. “Unificamos ideias para que novas melhorias aconteçam, elevando e dando mais visibilidade ao Porto capixaba”, pontuou Flávio.

O evento foi encerrado após debate, sanando todas as dúvidas dos presentes.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEGISLAÇÕES