Postagem em destaque

CONPORTOS ANUNCIA A DATA DA 17ª EDIÇÃO DO CURSO ESPECIAL DE SUPERVISOR DE SEGURANÇA PÚBLICA PORTUÁRIA – CESSP

O período de inscrição será de 17 de julho a 21 de agosto de 2017 Na última quarta-feira (12) a Comissão Nacional de Segurança Públi...

quarta-feira, 1 de julho de 2015

2

MOTORISTA EMBRIAGADO É DETIDO PELA GUARDA PORTUÁRIA


Claudia, mãe de dois filhos, é uma das representantes da força da mulher na Guarda Portuária


Motorista dirigia de forma perigosa.
Ele tentou subornar os guardas portuários.

No dia 2 de junho, por volta das 20h, quando a viatura da Guarda Portuária, integrada pelos guardas portuários Cesar e Claudia trafegavam em ronda de policiamento pela Avenida Perimetral, no Porto de Santos, se depararam na altura da Praça Cândido Gafree, com um motorista dirigindo um veículo Nissan Tida, de cor cinza, de forma perigosa, efetuando zig-zag na pista.
Ao ser solicitada a parada do veículo, o motorista não obedeceu, tentou se evadir, acelerou o veículo e fez uma conversão em local proibido, avançando o sinal vermelho, acabando na tentativa da fuga por colidir contra a mureta na subido do elevado Paquetá.
Ao ser abordado pela equipe da Guarda Portuária, nada de irregular foi constatado, no entanto, em virtude do motorista, Adílson Vieira, comerciante (71), apresentar aparente estado de embriaguez, pois sua fala estava incompreensível e ele não conseguia se manter em pé, foi conduzido à Central de Polícia Judiciaria (CPJ), localizada no 1º Distrito de Polícia.
No caminho do distrito, o motorista detido tentou corromper os guardas portuários; “quanto vocês querem para eu ir embora, porque eu não quero ir preso”, falou o motorista.
Assim que viu que a sua tentativa de suborno foi em vão, tentou se desvencilhar da GP Claudia, a empurrando, momento em que a equipe teve de utilizar de força para conter o elemento detido.
No CPJ ele foi apresentado ao delegado Otávio Augusto Carvalho, que após tomar ciência dos fatos, determinou o encaminhamento do motorista ao Instituto Médico Legal (IML), para a realização de exame clínico, que confirmou que o mesmo estava alcoolizado.

Adilson foi autuado por embriaguez ao volante (art.306-CTB), por resistência (art.329) e por corrupção ativa (art.333).


* A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Guarda Portuária e a Segurança Portuária em todo o seu contexto, não cabendo a esse Portal a emissão de qualquer juízo de valor.
                                                                                
* Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos.

* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.




2 comentários:

  1. PARABÉNS AOS GUARDAS ENVOLVIDOS.

    GP ALEXANDRE - ES

    ResponderExcluir
  2. Falta de etica o senhor não estava em condições ao fora de si mesmo e altuaro em fragante sendo que não cometeu os delitos assinados . precisa ser investigado internamente

    ResponderExcluir

LEGISLAÇÕES