Postagem em destaque

PF FLAGRA PORTUÁRIOS COM PACOTES DE COCAÍNA NO CORPO PARA EMBARQUE EM NAVIO

Trabalhadores do Porto de Santos tentaram levar carregamento até navio atracado no cais, que foi cercado pela Guarda Portuária. Tablete...

quinta-feira, 13 de agosto de 2015

0

CESPORTOS/SC VISTA PORTO DE CARTAGENA NA COLÔMBIA




No dia 11 de agosto o Terminal da CONTECAR em Cartagena, na Colômbia, recebeu a visita da CESPORTOS/SC – uma continuação do projeto de intercâmbio de informações sobre segurança portuária a chamada Visita Técnica, cujo objetivo é buscar o nivelamento dos portos e terminais catarinenses com os melhores do mundo nas questões de segurança. Neste ano de 2015, a visita marcou a primeira etapa da Missão.
Durante a visita ao terminal, a comitiva catarinense composta por supervisores de segurança portuária, diretores de portos e terminais e empresários que fornecem equipamentos e prestam serviços especializados na área de tecnologia e segurança para o setor portuário em Santa Catarina conheceram alguns procedimentos e tecnologias utilizados na instalação portuária.
De acordo com o coordenador de segurança da Contecar, Juan Carlos Pinzon Ochoa, desde 1993 o terminal tem investido muito na área de segurança, e de lá para cá foram implantados sistemas rigorosos de controle das cargas exportadas, incluindo a auditoria de 100% da documentação. Todo o processo de movimentação de cargas no interior do terminal não tem interferência humana, sendo realizado por um sistema que indica a melhor posição de cada carga.
Os condutores dos caminhões, por exemplo, não sabem quais as cargas estão movimentando, tendo apenas acesso à rota que irão fazer e, caso esses condutores desviem dessa rota, são abordados pela ronda motorizada que compõe a Equipe de Segurança do Terminal e submetidos a uma inspeção criteriosa.
Outra diferença percebida pela comitiva foi na área da segurança patrimonial. “Aqui na Colômbia, a empresa prestadora de serviços de segurança patrimonial também deve ter uma certificação específica e ter conhecimento acerca do ISPS Code para estar capacitada para atuar na segurança portuária. Isso realmente é muito interessante”, diz Reinaldo Garcia Duarte, Coordenador da Cesportos/SC.
Na Colômbia, a instituição governamental com atribuições equivalente à Cesportos e Conportos é a Dimar – Dirección General Marítima, enquanto no Brasil a segurança portuária é coordenada por uma comissão composta por vários órgãos governamentais - Polícia Federal, Marinha do Brasil, Receita Federal, governo do estado e administrações portuárias - na Colômbia, essa coordenação é composta pela Marinha colombiana.
Assim como no Brasil, a Colômbia também adotou o ISPS Code como padrão para a segurança portuária, cuja sigla adotada foi o Código PBIP – Código de Protección del Buque y de las Instalações Portuárias. E igualmente como ocorre no Brasil, as Declarações de Cumprimento do ISPS têm validade de cincos anos. Mas enquanto no Brasil a renovação se dá pela auditoria realizada a cada cinco anos, na Colômbia a Dimar realiza inspeção anual de verificação de implantação do Plano de Segurança Portuária.
Segundo o coordenador da Cesportos/SC, a comitiva foi surpreendida pelo altíssimo nível do sistema de segurança do terminal. “O terminal tem implantada toda uma filosofia de segurança, evitando rotinas nos procedimentos e a mínima intervenção humana nos sistemas de controle, sempre com o propósito de dificultar a entrada de qualquer produto, substâncias ou artefatos que possam ameaçar a segurança da atividade portuária e do transporte marítimo internacional que passa por Cartagena”, diz Reinaldo.
Um exemplo indicado pelo Supervisor de Segurança da CONTECAR, Juan Pinzon, foi o fato dos narcotraficantes estarem buscando portos em outras localidades para tentarem fazer suas remessas de drogas diante da grande dificuldade de se fazer através desse terminal.

Fonte: Cesportos/SC 

manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Guarda Portuária e a Segurança Portuária em todo o seu contexto, não cabendo a esse Portal a emissão de qualquer juízo de valor.
                                                                                                                                                                                          
* Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos.

* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEGISLAÇÕES