Postagem em destaque

CONPORTOS PROMOVE RECADASTRAMENTO DE SUPERVISORES DE SEGURANÇA

Sandro Torres Avelar, presidente da Conportos O objetivo é de manter atualizado o cadastro interno da CONPORTOS e das demais organiza...

sábado, 19 de março de 2016

0

MAIS UM VIGILANTE TEM A ARMA ROUBADA NA BAIXADA SANTISTA


Empresa portuária localizada na Vila Lígia - Guarujá  (foto: mcipara.blogspot)

Na ação, dois marginais roubaram a arma que a vítima mantinha na cintura.
Desta vez o crime ocorreu em uma empresa portuária.

Mais um vigilante terceirizado foi assaltado na Baixada Santista. Desta vez o crime ocorreu durante a manhã da última quarta-feira, em uma empresa portuária, na Vila Lígia, em Guarujá. Na ação, dois marginais roubaram a arma que a vítima mantinha na cintura. Este é o quarto roubo registrado no mês contra seguranças contratados por empresas da região.
Antes, no dia 7, o vigilante de uma companhia de logísticas, no Chico de Paula, em Santos, teve o revólver roubado por dois criminosos. Na madrugada do dia 3, o segurança de uma agência dos Correios, na Zona Noroeste, também em Santos, foi baleado e assaltado por um bandido. Horas antes, na noite do dia 2, três vigilantes da Petrobras, em Cubatão, tiveram os três revólveres levados por outros dois criminosos.
Ação
A investida dos bandidos na empresa portuária da Vila Lígia ocorreu às 7h30, enquanto o segurança aguardava a saída de um caminhão do pátio. Assim que o veículo deixou o local, um homem vestido com roupa social se aproximou em uma moto Honda Bros amarela, e pediu informações sobre um endereço do bairro.
Enquanto o vigilante conversava com o suposto motociclista, um outro homem, também trajando roupa social, surgiu repentinamente e, armado, anunciou o assalto. O segurança tentou correr para dentro da empresa, mas tropeçou e o seu revólver calibre 38, com seis cartuchos íntegros, caiu no chão. O marginal foi na direção da vítima e desferiu uma coronhada em sua cabeça. Na sequência, o ladrão se apoderou do revólver do vigilante e fugiu na garupa da moto do comparsa.
O caso foi registrado na Delegacia de Guarujá pela delegada Maria Aparecida Scanavacca. Sob orientação do chefe dos investigadores do Município, Paulo Cunha, policiais civis irão analisar as imagens das câmeras de monitoramento da empresa para tentar identificar e prender os autores do crime.


* Esta publicação é de inteira responsabilidade do autor e do veículo que a divulgou. A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Guarda Portuária e a Segurança Portuária em todo o seu contexto, não cabendo a esse Portal a emissão de qualquer juízo de valor.
                                                                                                                                                                                                                                               
* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.
                                                                                                                                                                                 
COMENTÁRIOS

Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEGISLAÇÕES