Postagem em destaque

CONPORTOS PROMOVE RECADASTRAMENTO DE SUPERVISORES DE SEGURANÇA

Sandro Torres Avelar, presidente da Conportos O objetivo é de manter atualizado o cadastro interno da CONPORTOS e das demais organiza...

sábado, 25 de junho de 2016

0

AUTORIDADES INVESTIGAM MORTE DE TRABALHADOR A BORDO DE NAVIO


O Navio Ocean Phoenix atracou no cais do Armazém 33, no Porto de Santos (Foto: Carlos Nogueira)
A suspeita é que jato de água de alta pressão tenha perfurado a coxa e cortado sua artéria femoral

Peritos da Polícia Federal (PF), oficiais da Capitania dos Portos de São Paulo (CPSP) e representantes do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) investigam as causas do acidente que matou um trabalhador a bordo de uma embarcação durante viagem ao Porto de Santos. Vanderley Ferreira da Silva, de 25 anos, lavava um dos porões do Navio Ocean Phoenix quando foi atingido, na coxa, por um jato de alta pressão e morreu no local.
O acidente ocorreu na última segunda-feira. O corpo do trabalhador foi retirado da embarcação às 9h30 de terça-feira (21), após a atracação no cais santista. O navio fazia uma viagem entre os portos de Itaguaí (RJ) e Santos.
Morador de Guarujá, Vanderley trabalhava desde janeiro de 2014 na Expurga Guaçu Ltda., empresa especializada na limpeza de porões de navios e de contêineres. As informações iniciais são de que, apesar da experiência, ele pode ter se descuidado e, por isso, foi atingido pelo jato de água em alta pressão na altura da coxa.
A suspeita é de que o jato tenha perfurado a coxa e cortado sua artéria femoral – situada entre 10 e 15 centímetros debaixo da pele. Ela passa pela virilha e pela coxa, levando ao coração o sangue que sai da perna, cerca de 1 litro por minuto.
“Tudo leva a crer que foi um acidente com uma jateadora de altíssima pressão, que foi o suficiente para romper a artéria femoral. Estamos avaliando eventual responsabilidade criminal, com possível indiciamento por homicídio culposo, mas ainda é cedo”, disse o delegado da PF Dirceu Lopes.
Já foram colhidos depoimentos do comandante do navio e de tripulantes que estavam a bordo no momento do acidente.


* Esta publicação é de inteira responsabilidade do autor e do veículo que a divulgou. A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Guarda Portuária e a Segurança Portuária em todo o seu contexto, não cabendo a esse Portal a emissão de qualquer juízo de valor.
                                                                                                                                                                                                                                               
* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.
                                                                                                                                                                                 
COMENTÁRIOS

Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEGISLAÇÕES