Postagem em destaque

CONPORTOS PROMOVE RECADASTRAMENTO DE SUPERVISORES DE SEGURANÇA

Sandro Torres Avelar, presidente da Conportos O objetivo é de manter atualizado o cadastro interno da CONPORTOS e das demais organiza...

quarta-feira, 5 de outubro de 2016

0

CAMINHONEIRO ARMADO É DETIDO PELA GUARDA PORTUÁRIA




Um estivador teve uma arma apontada pelo motorista em sua direção
O caminhoneiro recebeu voz de prisão por porte ilegal de arma e ameaça

Na manhã do último sábado (01), por volta das 7h, um caminhoneiro foi detido pela Guarda Portuária no Porto de Santos, Litoral de São Paulo.
O estivador Roberto Cheganças, 58 anos, estava na “Cantina da Santa”, localizada na Rua Conde D’eu, junto ao Ponto de Escalação do Ogmo, próximo ao Viaduto da Santa, quando repentinamente chegou ao local um motorista de caminhão, que em tom alterado perguntou de quem era o veículo, que segundo ele, estava atrapalhando a passagem, quando Roberto respondeu que era seu. Por sua vez, esse motorista disse para tirar essa “merda” do caminho, sendo retrucado pelo ofendido que não iria tirar, iniciando-se aí uma discussão, culminando com o estivador tendo uma arma apontada pelo motorista em sua direção.
Após Roberto ser ameaçado com uma arma de fogo, disse tudo bem, e retirou o seu veículo da via, tomando o motorista, rumo ignorado com o seu caminhão.
Em seguida, Roberto se dirigiu ao Gate 11, portão mais próximo guarnecido pela Guarda Portuária, e narrou os fatos ao guarda portuário Mário Sérgio, ali de serviço, que de imediato acionou a presença de uma viatura.
Próxima ao local, a Ronda de Policiamento P06, integrada pelos guardas Portuários Cesar Augusto, Carlos Eduardo e Paula Bichir, acompanhados da vítima, saíram em busca do caminhoneiro armado, logrando êxito em localizá-lo na Avenida Antônio Alves Freire, na área do Saboó, longe de onde ocorreu o incidente.

Ao ser abordado, foi perguntado ao caminhoneiro pelos integrantes da Guarda Portuária se havia algo de ilícito no interior do seu veículo, ao que respondeu que não, no entanto, ao ser realizado busca no interior do mesmo, acompanhada pelo seu condutor e na presença de testemunhas, foi localizada, em uma caixa situada embaixo do banco do motorista, uma arma, calibre 38, cano curto. Também foi achado um facão na lateral da mesma porta e outras duas facas na parte de trás do mesmo banco.


O motorista foi identificado como sendo Ivonaldo Pereira dos Santos, 43 anos. Ao ser indagado se possuía porte da arma localizada e responder que não, o caminhoneiro recebeu voz de prisão por porte ilegal de arma e ameaça, sendo detido pela equipe.
As partes foram conduzidas à Delegacia de Polícia Judiciária (DPJ), no 1º Distrito, onde foram apresentadas ao delegado de plantão, que após tomar ciência dos fatos, ratificou a voz de prisão e lavrou o Boletim de Ocorrência (BO) nº 2528/2016, por porte ilegal de arma de fogo de uso permitido (art.14 – Lei 10.826/03 – Estatuto do Desarmamento) e por ameaça (art. 147).

A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Guarda Portuária e a Segurança Portuária em todo o seu contexto, não cabendo a esse Portal a emissão de qualquer juízo de valor.
                                                                                                                                                                                          
* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.
                                                                                                                                                
COMENTÁRIOS

Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEGISLAÇÕES