Postagem em destaque

CONPORTOS PROMOVE RECADASTRAMENTO DE SUPERVISORES DE SEGURANÇA

Sandro Torres Avelar, presidente da Conportos O objetivo é de manter atualizado o cadastro interno da CONPORTOS e das demais organiza...

sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

0

PORTO DE SANTOS ORGANIZA NOVO SIMULADO NAS PROXIMIDADES DA PONTA DA PRAIA




Em exercício, incêndio atingiu esteiras transportadoras de grãos que operam na região

Um novo simulado de incêndio aconteceu na manhã desta terça-feira (29), no Porto de Santos. Desta vez, o exercício, que tem como objetivo preparar e treinar as equipes do porto para situações de emergência, foi realizado em um terminal operado pela Caramuru, no Corredor de Exportação, que fica na Ponta da Praia.
O exercício simulou um foco de incêndio em uma esteira de grãos com cerca de 40 metros de altura. No simulado, o problema foi identificado por um funcionário, que chegou a ser socorrido após sofrer um mal súbito. A vítima foi representada por um boneco.



O trabalho de combate às chamas e resgate às vítimas teve início às 9h30 e concluído no período de 1h07. A ação, que surgiu através do Plano de Auxílio Mútuo (PAM) do Porto de Santos, coordenado pela Companhia Docas do Estado de São Paulo (Codesp, a Autoridade Portuária) reuniu 300 homens. Ela teve como objetivo avaliar o tempo de resposta em atendimento de emergência para identificação de dificuldades a serem sanadas. Este foi o último simulado realizado no Porto de Santos este ano.
Veja como ocorreu
Por volta das 9h30, um trabalhador da empresa identificou um problema na esteira e mobilizou a brigada de incêndio do próprio terminal. A escolha por simular um acidente neste local ocorreu porque, em mais de um episódio, esse tipo de esteira, feito de borracha, foi o local onde começaram incêndios que afetaram terminais graneleiros agrícolas na região nos últimos anos.



Na sequência, a Guarda Portuária foi acionada e uma equipe de socorro removeu este trabalhador, interpretado por um boneco. Na simulação, a vítima teria passado mal enquanto descia da esteira. Um posto de primeiros socorros foi montado no local e, às 9h45, o terminal começou a ser evacuado.
Ainda na primeira etapa do exercício, chegaram ao terminal dois caminhões de apoio ao combate de incêndio. Um deles, da Libra Terminais e outro da Archer Daniels Midland (ADM).
Na continuação do exercício, o Corpo de Bombeiros foi acionado para o local do acidente, para dar continuidade ao combate às chamas e resgatar uma segunda vítima que, no exercício, passou mal após ficar presa dentro de um túnel, em um espaço confinado.
O último simulado no Porto havia sido realizado em setembro deste ano. Na ocasião, mais de 2 mil homens participaram da simulação de um vazamento de produto tóxico, com princípio de incêndio, no pátio do Terminal de Contêineres (Tecon), na Margem Esquerda do complexo, em Guarujá.  


* Esta publicação é de inteira responsabilidade do autor e do veículo que a divulgou. A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Guarda Portuária e a Segurança Portuária em todo o seu contexto, não cabendo a esse Portal a emissão de qualquer juízo de valor.
                                                                                                                                                                                          
* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.
                                                                                                                                                
COMENTÁRIOS

Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEGISLAÇÕES