Postagem em destaque

CONPORTOS ANUNCIA A DATA DA 17ª EDIÇÃO DO CURSO ESPECIAL DE SUPERVISOR DE SEGURANÇA PÚBLICA PORTUÁRIA – CESSP

O período de inscrição será de 17 de julho a 21 de agosto de 2017 Na última quarta-feira (12) a Comissão Nacional de Segurança Públi...

terça-feira, 14 de março de 2017

0

PM E GAECO PRENDEM CINCO SUSPEITOS DE ENVOLVIMENTO COM O TRÁFICO INTERNACIONAL DE DROGAS


(Foto: Rodrigo Nardelli-G1Santos)

Presos teriam ligação com policial militar envolvido no tráfico de drogas
A Corregedoria da Polícia Militar, em parceria com o Grupo Especial de Combate as Organizações Criminosas e Investigações Criminais (GAECO) realizou, na manhã da última terça-feira (7), uma operação contra o tráfico de drogas nas cidades de Peruíbe, Praia Grande e São Vicente, no litoral de São Paulo. Três pessoas foram presas.


Foto: Reprodução TV Tribuna
O esquema de tráfico de cocaína pode ter relação com essas prisões. Tudo começou quando a Corregedoria da Polícia Militar recebeu uma denúncia e passou a investigar o soldado Beneval Silva dos Santos, de 33 anos. Ele nasceu e cresceu em São Vicente, morava na Praia Grande e trabalhava num Batalhão de São Paulo. Foi preso em flagrante na Capital há duas semanas com 60 kg de pasta base de cocaína no carro e a partir dele o GAECO - Grupo Especial de Combate às Organizações Criminosas e Investigações Criminais, que investiga o crime organizado descobriu outras três pessoas envolvidas com o tráfico de drogas.


Carlos Henrique - Foto: Reprodução TV Tribuna
"Xande" - Foto: Reprodução TV Tribuna
  
















Uma delas, o irmão do soldado Beneval, Carlos Henrique Silva Rodrigues, foi preso na última terça-feira. Alexandre Silvestre Ribeiro, de 36 anos, conhecido como “Xande” também foi preso. Ele estava no apartamento dele na Vila Guilhermina, em Praia Grande, com duas pistolas, uma de uso restrito do exército.


Cleiton - Foto: Reprodução TV Tribuna
O terceiro investigado, Cleiton de Jesus Passos, foi encontrado em Peruíbe. Durante a operação foram cumpridos cinco mandados de prisão. Dois dos investigados já estavam presos. Além do policial, o outro é Vitor dos Santos Pereira, de 23 anos, que foi preso no mesmo dia, fazendo a escolta do PM que transportava a droga.
A Corregedoria da PM também cumpriu 11 mandados de busca. Alguns foram em comércios em que o soldado Beneval seria sócio. Os promotores apreenderam documentos para analisar se as lojas estão sendo usadas para lavar dinheiro do crime organizado.
Foram cinco meses de investigação. A denúncia do Ministério Público tem bases em escutas telefônicas gravadas com autorização da justiça e no trabalho de campo. Agora parte desse trabalho deve ficar com a Polícia Federal porque há indícios de que os investigados estejam envolvidos no esquema de colocar cocaína em navios para levar a droga para outros países.
Por causa do grande volume de carga que movimenta, o Porto de Santos acaba sendo usado para o tráfico internacional de drogas. No ano passado a Receita Federal e a Polícia Federal apreenderam no cais santista mais de 10,5 toneladas de cocaína dentro de contêineres que tinham como destino portos da África e da Europa. Nos dois primeiros meses desse ano o total de apreensões foi de 3 toneladas.


Fonte: Jornal e TV Tribuna

* Esta publicação é de inteira responsabilidade do autor e do veículo que a divulgou. A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Guarda Portuária e a Segurança Portuária em todo o seu contexto, não cabendo a esse Portal a emissão de qualquer juízo de valor.
                                                                                                                                                                                          
* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.
                                                                                                                                                            
COMENTÁRIOS

Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEGISLAÇÕES