Postagem em destaque

CONPORTOS PROMOVE RECADASTRAMENTO DE SUPERVISORES DE SEGURANÇA

Sandro Torres Avelar, presidente da Conportos O objetivo é de manter atualizado o cadastro interno da CONPORTOS e das demais organiza...

sexta-feira, 5 de maio de 2017

0

MAIS DE 230 QUILOS DE COCAÍNA SÃO APREENDIDOS NO PORTO DE SUAPE, NO GRANDE RECIFE




A droga estava escondida em meio a pedras ornamentais, em um contêiner. Carregamento seria enviado para a cidade de Valença, na Espanha

Receita Federal em Pernambuco apreendeu, na manhã desta quinta-feira (4), uma carga contendo 232 quilos de cocaína, no Complexo Portuário de Suape, município do Cabo de Santo Agostinho, Grande Recife. Segundo a Receita, a droga vinha em sacolas de viagem dentro de um contêiner com seixos, que são pedras ornamentais, e teria a cidade de Valência, na Espanha, como destino final.
A cocaína foi descoberta durante fiscalização de rotina de auditores e analistas da Alfândega da Receita Federal em Suape. Dentro do contêiner, estavam sacos com seixos, pedras utilizadas na decoração de jardins, e, em cima das pedras, mais de 10 sacolas que armazenavam a droga. Até o momento, ninguém foi preso.
Ainda não há informações sobre o local de origem da carga ou de suspeitos de exportar ou importar a droga. A cocaína vai ser entregue à Polícia Federal para destruição. A investigação seguirá para confirmar o possível envolvimento dos exportadores, compradores ou intermediários do transporte da carga.
"Nós vamos agora entrar em contato com a Receita para ver todas as situações em que ocorreu a apreensão e realizar os procedimentos de polícia judiciária. Nós ainda não temos a informação de quem são as pessoas responsáveis por estar ocultando essa droga no contêiner. A única coisa que a gente tem conhecimento é que o destino final da droga era Valência, na Espanha", afirmou o assessor de comunicação da Polícia Federal, Giovani Santoro.
Apreensão
Em janeiro deste ano, a Polícia Federal em Pernambuco prendeu em flagrante, no Aeroporto Internacional do Recife/Gilberto Freyre, uma estudante que transportava 15, 6 quilos de cocaína. A droga estava escondida em duas obras de arte confeccionadas por um artesão de Olinda, na Região Metropolitana.
O entorpecente, segundo a PF, era oriundo da Colômbia. A descoberta foi feita a partir de uma fiscalização de rotina no aeroporto. A bagagem da mulher, de 49 anos, residente do Ipsep, na Zona Sul do Recife, foi analisada ao ser embarcada no avião. O destino final seria Hamburgo, na Alemanha.


* Esta publicação é de inteira responsabilidade do autor e do veículo que a divulgou. A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Guarda Portuária e a Segurança Portuária em todo o seu contexto. A matéria veiculada apresenta cunho jornalístico e informativo, inexistindo qualquer crítica política ou juízo de valor.
                                                                                                                                                                                          
* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.
                                                                                                                                                            
COMENTÁRIOS

Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEGISLAÇÕES