Postagem em destaque

GUARDA PORTUÁRIA PARTICIPA DO DESFILE DA INDEPENDÊNCIA

A Guarda Portuária voltou a participar após 35 anos de ausência. A última participação ocorreu em 1982 Ontem (07) a Guarda Portuár...

sábado, 19 de agosto de 2017

0

PF MATA QUATRO TRAFICANTES E APREENDE DROGAS E ARMAS NO PORTO DE SANTOS




Os agentes apreenderam 13 bolsas contendo 273,61 kg de cocaína, sendo oito junto com os suspeitos, três dentro do navio e outras duas boiando no mar, além de armamentos, como dois fuzis e munição

Durante operação realizada pela Polícia Federal, contando com o apoio da Receita Federal, no Porto de Santos, litoral de São Paulo, quatro traficantes foram mortos, três tripulantes foram presos e droga e armas foram apreendidas.
Contando com a informação de que um grande carregamento da droga seria embarcada pelo lado de mar de um navio os agentes federais montaram campana e cercaram os acessos marítimos com duas embarcações táticas blindadas e de alta velocidade da Polícia Federal e a lancha Leão Marinho da Receita Federal, enquanto as equipes em terra aguardavam o momento de acessar ao cais em carros descaracterizados.
Por volta das 5h, quatro suspeitos foram avistados em uma embarcação navegando na região da Ponta da Praia em direção ao Porto. Eles foram monitorados até que se aproximaram do navio-tanque Mozu Arrow, atracado no Armazém 31, na região do bairro Macuco, próximo ao cais da Marinha do Brasil.


Embarcação utilizada pelos traficantes ficou atolada na Comunidade da Prainha, em Vicente de Carvalho
No momento em que os quatro homens da embarcação foram flagrados pelas equipes quando iniciavam o içamento à bordo da droga, os traficantes atiraram contra os agentes houve revide por parte dos agentes, que iniciaram perseguição ao barco dos criminosos, que tentaram fugir em direção à comunidade da Prainha, no Distrito de Vicente de Carvalho, em Guarujá, Margem Esquerda do Porto. Houve intensa troca de tiros, e os quatro homens acabaram mortos durante a ação.


Embarcação blindada da Polícia Federal, em perseguição aos traficantes, também ficou atolada na Comunidade da Prainha
No mesmo momento, vários agentes da PF e RF invadiram o navio pelo lado de terra flagrando três tripulantes filipinos enquanto puxavam as bolsas por cordas no momento da abordagem.


Marcas de tiro na embarcação da Polícia Federal

Na embarcação da quadrilha, que encalhou no mangue, as equipes encontraram ao menos oito bolsas contendo os tabletes da droga. Outras duas malas foram localizadas boiando próximo aos corpos dos criminosos, que se lançaram na água, mesmo feridos pelos tiros, para tentar escapar da prisão em flagrante.


Fuzis apreendido com os traficantes
A quadrilha que trocou tiros com as equipes portava fuzis e "farta munição". Dois dos criminosos vestiam coletes à prova de balas. Três armas foram apreendidas no barco utilizado pelo grupo. Suspeita-se que ao menos outras duas tenham sido lançadas ao mar durante a troca de tiros. Nenhum agente federal ficou ferido no combate.
Corpo de Bombeiros
Embarcação do Corpo de Bombeiros resgatou os corpos do Canal do Estuário
Os mergulhadores do Grupamento Marítimo do Corpo de Bombeiros (GBMar) foram acionados para resgatarem os corpos do Canal do Estuário e para realizarem buscas submersas nas proximidades do local do incidente, para tentar localizar armamento e outras bolsas que podem ter afundado durante a troca de tiros.
Destino


O navio Mozu Arrow estava atracado no cais do Armazém 33, do Porto de Santos
O navio tem escalas previstas em portos da Itália e da Bélgica, para onde as autoridades brasileiras suspeitam que fosse o destino da droga aprendida. A Polícia Federal informou que continua com as investigações para poder identificar outros suspeitos de envolvimento no embarque clandestino da droga.
Apreensão


Foram apreendidas 13 bolsas contendo 273,61 kg de cocaína
Os agentes apreenderam 13 bolsas contendo 273,61 kg de cocaína, sendo oito junto com os suspeitos, três dentro do navio e outras duas boiando no mar, além de armamentos, como dois fuzis e munição. A embarcação utilizada pelos traficantes também foi apreendida. Parte dos bandidos mortos trajava coletes balísticos.

Traficantes

Os traficantes mortos foram identificados como sendo Wagner Santos do Nascimento, Edson Roberto dos Santos Júnior, Marco Alberto Santana Randi e Nicholas Gonçalves Borges, todos residentes no Guarujá.

A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Guarda Portuária e a Segurança Portuária em todo o seu contexto. A matéria veiculada apresenta cunho jornalístico e informativo, inexistindo qualquer crítica política ou juízo de valor.                                                                                                                                                                                         
* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.                                                                                                                                                            
                                                                                   COMENTÁRIOS                             
Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEGISLAÇÕES