Postagem em destaque

CONPORTOS ABRE AS INSCRIÇÕES PARA NOVO CURSO DE ATUALIZAÇÃO PARA SUPERVISORES

Os candidatos poderão se inscrever no período de 10/07/2018 a 24/12/2018 e realizar o curso até o dia 31 de dezembro Desde ontem (...

sábado, 24 de março de 2018

0

MAIS DE 2 T DE COCAÍNA COM DESTINO À EUROPA SÃO INTERCEPTADAS NO PORTO DE SANTOS




Essa é a maior apreensão feita de uma única vez na história do cais santista. Carregamento foi localizado após fiscalização da Receita Federal. Ninguém foi preso

Equipes da Receita Federal conseguiram interceptar 2.052 kg de cocaína que estavam prontos para serem embarcados para a Europa em um navio, no Porto de Santos, no litoral de São Paulo, nesta sexta-feira (23). Trata-se da maior apreensão da droga realizada de única vez já registrada no complexo portuário.
O flagrante ocorreu em um terminal de contêineres na Margem Esquerda do cais, em Guarujá. Durante vistoria nas caixas metálicas, após análise de risco, equipes da Alfândega conseguiram localizar centenas de tabletes do entorpecente em meio a cargas legais e declaradas de café, açúcar e proteína de soja.
A cocaína estava escondida em três contêineres, que têm como destino os portos de Algeciras, na Espanha, de Hamburgo, na Alemanha, e de Le Havre, na França. As caixas embarcariam no navio Cap San Marco, previsto para atracar ainda neste fim de semana na instalação, conforme informações da autoridade portuária.
Alguns tabletes de cocaína estavam escondidos em meio a sacas de café (Foto: G1 Santos)

Em um dos contêineres, havia 1,1 tonelada de cocaína, em outro 500 kg, e no terceiro o restante. As autoridades acreditam que os criminosos tenham utilizado uma técnica conhecida como rip-on/rip-off, que consiste em esconder uma carga irregular em um carregamento legal para justamente despistar a fiscalização.
A Polícia Federal foi acionada e auxiliou nos trabalhos do Fisco. A suspeita é de que as malas com cocaína tenham sido colocadas nos contêineres antes deles entrarem no terminal. Uma investigação será aberta para identificar os envolvidos na tentativa de embarque clandestino e os responsáveis pelos carregamentos.

Cocaína estava escondida em meio a três cargas distintas (Foto: Divulgação/Receita Federal)

Recorde
A maior apreensão de cocaína de uma única vez no Porto de Santos tinha ocorrido em agosto de 2016, segundo informações da Receita Federal e da Polícia Federal. Na ocasião, 1.495 kg da droga foram encontrados escondidos em três contêineres que tinham como destino o Porto de Antuérpia, na Bélgica.
Segundo balanço parcial divulgado pelas autoridades, este ano já foram interceptados no cais santista mais de 2.800 kg do entorpecente. Em 2016 foram 10.622 kg e, em 2017, mais de 11.539 kg. Em março de 2018, equipes localizaram pela primeira vez 1,3 tonelada da droga no Porto do Rio de Janeiro.
Fonte: G1 Santos



Esta publicação é de inteira responsabilidade do autor e do veículo que a divulgou. A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Guarda Portuária e a Segurança Portuária em todo o seu contexto. A matéria veiculada apresenta cunho jornalístico e informativo, inexistindo qualquer crítica política ou juízo de valor.                                                                                             
* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.                                                                                                                          

                   COMENTÁRIOS                             
Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEGISLAÇÕES