Postagem em destaque

CDP ADIA O CONCURSO DA GUARDA PORTUÁRIA MAIS UMA VEZ

O edital deverá ser publicado no dia 14 de outubro e a prova será no dia 15 de dezembro. No dia 03 de julho, após tratativas rea...

LEGISLAÇÕES

segunda-feira, 25 de março de 2019

0

ALMOXARIFADO DA CDP É INVADIDO



Após uma análise de risco houve supressão de postos da Guarda Portuária, entre eles, o almoxarifado
No final da semana passada o almoxarifado central da Companhia Docas do Pará (CDP) foi invadido. Elementos entraram no local pelo telhado, tendo acesso por meio de um prédio da prefeitura que fica ao lado.
Os invasores reviraram várias salas, levando aproximadamente 50 (cinquenta) aparelhos corporativos, sendo aproximadamente 05 (cinco) novos e danificaram cinco centrais de ar condicionado. Além disso, foi furtado um tablet, uma televisão pequena de propriedade de um empregado da Marinha e alguns pens drives de empregados da CDP.
Falta de Segurança
Segundo apurado pelo Portal Segurança Portuário em Foco o almoxarifado funciona de segunda a sexta no horário administrativo, no entanto, no período noturno e nos finais de semana não são escalados guardas portuários.
Conforme apurado junto a trabalhadores do local, no ano passado, após uma análise de risco, houve supressão de vários postos da Guarda Portuária, entre eles, o almoxarifado, que passou a ter apenas monitoramento na área externa.
Após o ocorrido foram instalados refletores e câmeras no telhado, além de estar em andamento o processo para aquisição de câmeras e sensores para a parte interna do almoxarifado, porém, enquanto isso não ocorre, o local está sendo guarnecido por guardas portuários durante as 24hs,  para resguardar a segurança do local.
Representante dos Trabalhadores no CONSAD
Na opinião do guarda portuário e conselheiro do Conselho de Administração (CONSAD) da CDP, Cileno Borges o fato do Almoxarifado Central não contar com um posto da GP 24 horas é preocupante, pois, assim como as Estações de Tratamento de Água – ETAS e os Píeres 100 e 200 do Terminal Petroquímico de Miramar, trata-se de áreas sensíveis e estratégicas.
Em sua opinião a presença do guarda portuário em um posto inibe mais do que a vigilância eletrônica e que o GP deve ser mantido lá, independente da adoção de outras medidas de segurança, pois a vigilância eletrônica apenas complementa a segurança presencial orgânica da companhia “De nada adianta gastar fortunas com novas tecnologias, que às vezes nem funcionam, se não há prevenção, policiamento ostensivo, efetivo e logística para atender as ocorrências, sinistros e combater os ilícitos na hora em que acontecem”, disse ele.
Segundo Cileno Borges, ainda há alta probabilidade de outros sinistros (como incêndios, por exemplo) no prédio onde se deram os furtos, devido grande concentração de materiais, objetos e equipamentos de fácil combustão e que, dentro do cenário da segurança corporativa, o almoxarifado central pode ser enquadrado como uma das instalações mais estratégicas da CDP por comportar ativos fundamentais para o desempenho e desenvolvimento das atividades portuárias, portanto, as pessoas a frente das gestões a nível estratégico e tático da CDP deveriam dar ao mesmo a devida importância, pois se trata de patrimônio da companhia, jamais deixando o mesmo abandonado à própria sorte, durante a noite e finais de semana.


A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Guarda Portuária e a Segurança Portuária em todo o seu contexto. A matéria veiculada apresenta cunho jornalístico e informativo, inexistindo qualquer crítica política ou juízo de valor.                                                                                           
* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.                                                                                                                          

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos.