Noticias e artigos em tudo que envolve a segurança nos portos do Brasil

Postagem em destaque

AUTORIDADE PORTUÁRIA DE SANTOS PUBLICA EDITAL DE CONCURSO PARA A GUARDA PORTUÁRIA

As inscrições serão aceitas durante os dias 1º de abril a 06 de maio. A data prevista para a prova é 23 de junho A Autoridade Portuária de...

LEGISLAÇÕES

quarta-feira, 24 de janeiro de 2024

0

PF DESARTICULA ORCRIM TURCA ENVOLVIDA NO TRÁFICO INTERNACIONAL DE DROGAS

 

Investigados tentaram enviar mais de meia tonelada de drogas entre o Porto de Santos e o Porto de Antuérpia, na Bélgica

A Polícia Federal deflagrou na última quinta-feira (18) a Operação TK, com a finalidade de combater o tráfico internacional de drogas e associação para o tráfico. Os policiais cumpriram quatro mandados de busca e apreensão e quatro de prisão preventiva em São Paulo/SP.

Prisão

De acordo com a PF, foi preso em uma casa em São Paulo, um cidadão turco suspeito de participar de uma organização criminosa (ORCRIM) de tráfico de internacional de drogas entre o Porto de Santos e a Europa.

Outros dois turcos, investigados por participarem da mesma quadrilha, fugiram do Brasil e tornaram-se procurados pela Organização Internacional de Polícia Criminal (Interpol). Um quarto integrante ainda permanece no país e é procurado pela PF.

"Os investigados se encontram na Europa. Eles saíram do Brasil antes mesmo da apreensão da droga. Então, eles não tiveram nenhum problema. Foram de voo comercial, sem nenhum impedimento", afirmou o delegado da Polícia Federal, Caio Martins de Lima.

Apreensão

De acordo com o PF, foram apreendidos documentos, celulares, computadores e 20 mil dólares.

Antes disso, durante as investigações, foram apreendidos R$ 91 mil, pagos por uma empresa de fachada dos traficantes à fornecedora de papel. O valor foi dado como entrada para a compra de um novo lote de bobinas, que seria usado para mais uma remessa de droga.

Esquema do Tráfico

A investigação, iniciada em junho de 2023, revelou um esquema de tráfico operado por um grupo de cidadãos turcos para a exportação de cocaína para Europa. A apreensão no dia 23 de junho de 561 kg de cocaína escondidos em bobinas de papel destinadas ao Porto de Antuérpia, na Bélgica, foi o ponto de partida das investigações. Estas bobinas eram preparadas em um galpão na Grande São Paulo, onde funcionava a empresa de fachada criada pelos criminosos.

O método utilizado pelos traficantes envolvia a manipulação das bobinas de papel, que eram desenroladas e cortadas para a inserção da droga, dando aparência de licitude às operações de exportação.

Nome da Operação

O nome é uma referência direta ao nome fantasia na empresa de fachada utilizada pela organização criminosa.

A escolha desse nome para a operação destaca o comprometimento da Polícia Federal em desmantelar esquemas ligados ao tráfico de drogas e que usam empresas de fachada que aparentam ser legítimas.


A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Segurança Portuária em todo o seu contexto. A matéria veiculada apresenta cunho jornalístico e informativo, inexistindo qualquer crítica política ou juízo de valor.   

* Texto: O texto deste artigo relata acontecimentos, baseado em fatos obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis e dados observados ou verificados diretamente junto a colaboradores.

* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e adicionado o link do artigo. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos. Caso não tenha conta no Google, entre como anônimo mas se identique no final do seu comentário e insira o seu e-mail.