Postagem em destaque

CONPORTOS PRORROGA VALIDADE DOS CERTIFICADOS DO CESSP

A prorrogação se deu diante da impossibilidade da realização do Curso de Atualização dos Supervisores de Segurança Portuária - CASSP, ...

sexta-feira, 15 de junho de 2012

0

POSTO DE ESCALAÇÃO DO PORTO TESTA DUAS ESCALAS DIFERENTES


Oficiais de justiça e a assessora do ministério do trabalho, Tânia Cristina Zotto, estiveram ontem no posto de escalação 3, do Ogmo - òrgão Gestor de Mão de Obra, onde serão testadas duas escalas diferentes.

Depois de passar pelo posto de escalação ela se reuniu com representantes do Ogmo para entender o sistema de escalação. Ela vai avaliar tecnicamente onde estão os problemas do sistema.

A partir de hoje dois sistemas de escalação, um feito pelo Ogmo e outro feito pelos sindicatos serão postos em prática para que o Tribunal possa compará-los.

Foto: Jornal A Tribuna

Tribunal propõe mudança no PAC

O Termo de ajuste de conduta - PAC celebrado entre o Ministério Público do Trabalho - MPT e o Órgão Gestor de Mão de Obra - Ogmo, pivô dos desentendimentos no Porto de santos poderá ser revisto.

A proposta de alteração, com a inclusão de um aditivo, partiu da desembargadora Ivani Contini Bramante, do Tribunal Regional do Trabalho - TRT/SP, na audiência de tentativa de conciliação ocorrida na última quarta-feira.

Conciliação

Na Assembléia realizada pelo sindicato dos estivadores, realizada na noite de ontem, Rodnei Silva, presidente licenciado do Sindicato explanou que irá se reunir com os procuradores do Ministerio Público para negociar o PAC.

Durante a audiência os procuradores do MPT Glaúcio Araújo de Oliveira e Marcelo Freire Sampaio, mostraram contrariedade à revisão do TAC e a escalação mista. Mas ontem, segundo, Rodnei Silva, eles entraram em contato para negociar.

Rodnei Silva, durante a Assembléia, pediu aos estivadores para que compareçam normalmente aos postos de escalação para demonstrar as autoridades as falhas do sistema, que será acompanhado pela assessora do TRT.

Escala falha e Porto fica parado mais uma vez




Foto: Diário do Litoral                                                                                                      Foto: Diário do Litoral

O maior porto da América Latina ficou, mais uma vez, parcialmente paralisado no dia de ontem. Tudo porque o sistema de escalação eletrônica implantado pelo Ogmo não funcionou.

Sem obter o trabalho, estivadores fizeram um protesto dentro do setor de escala, na ponta da Praia, que recebeu um forte aparato policial, tudo observado por representantes do TRT.

Vínculo

O Sindicato dos Operadores Portuários do Estado de São Paulo - SOPESP, informou através da sua assessoria de imprensa, que os editais para a contratação de trabalhadores avulsos não foram suspensas pelo TRT.

Jornal de A Tribuna 2ª edição exibido ontem (14/06)



Fonte: Jornal A Tribuna / TV Tribuna / Diário do Litoral


Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEGISLAÇÕES