Postagem em destaque

PORTO DE SÃO FRANCISCO DO SUL REALIZA CURSO DE CAPACITAÇÃO PARA OS AGENTES DA GUARDA PORTUÁRIA

O objetivo do curso é capacitar os agentes para exercerem suas funções em toda a área portuária A Administração do Porto de São ...

sábado, 2 de fevereiro de 2013

0

GUARDA PORTUÁRIA MULTA CAMINHONEIROS




Espera para descarregar grãos provoca transtornos a caminhoneiros
 
 

Mais de 150 caminhoneiros aguardam, desde a noite da última quinta-feira, para descarregar no T -Grão Cargo S/A, terminal de grãos localizado na Margem Direita do Porto de Santos. Com a falta de local apropriado para estacionar os veículos, uma fila de caminhões se formou na região próxima à sede da Marinha do Brasil e da via utilizada pelos ônibus que acessam o Terminal Marítimo de Passageiros.

Segundo o motorista José Wilson Mendes, que recebeu autorização da T-Grão na noite de quinta-feira para deixar o Ecopátio, situado em Cubatão, a Guarda Portuária multou muitos caminhoneiros que estavam no local.  “Estou há quase um dia aqui aguardando ser chamado. Tenho pelo menos 10 (caminhões) na minha frente. Ninguém fala nada e os guardas só multam a gente”, desabafou. A carga foi trazida de Goiás e deveria ser descarregada em até 24 horas. “A Lei diz que, no local, devemos aguardar até 5 horas. Mas isso nunca ocorre”.


 

Segundo a Companhia Docas do Estado de São Paulo (Codesp), os guardas portuários estão no local para orientar os motoristas sobre o estacionamento em local inapropriado. Caso o caminhoneiro se recuse a retirar o veículo, os agentes aplicam a multa.

O diretor da T-Grãos, Antônio Braz Filho, disse que um dos equipamentos destinados ao processo de descarga do caminhão precisou passar um ajuste (não especificado) - o que motivou uma parada por um “curto” período de tempo. “A nossa capacidade é muito grande. Houve aumento na demanda, mas pudemos comportar", disse. Ele garantiu que a situação será normalizada.
 
Fonte: Jornal A Tribuna
 
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEGISLAÇÕES