Postagem em destaque

PF FLAGRA PORTUÁRIOS COM PACOTES DE COCAÍNA NO CORPO PARA EMBARQUE EM NAVIO

Trabalhadores do Porto de Santos tentaram levar carregamento até navio atracado no cais, que foi cercado pela Guarda Portuária. Tablete...

sábado, 2 de fevereiro de 2013

0

GUARDA PORTUÁRIA MULTA CAMINHONEIROS




Espera para descarregar grãos provoca transtornos a caminhoneiros
 
 

Mais de 150 caminhoneiros aguardam, desde a noite da última quinta-feira, para descarregar no T -Grão Cargo S/A, terminal de grãos localizado na Margem Direita do Porto de Santos. Com a falta de local apropriado para estacionar os veículos, uma fila de caminhões se formou na região próxima à sede da Marinha do Brasil e da via utilizada pelos ônibus que acessam o Terminal Marítimo de Passageiros.

Segundo o motorista José Wilson Mendes, que recebeu autorização da T-Grão na noite de quinta-feira para deixar o Ecopátio, situado em Cubatão, a Guarda Portuária multou muitos caminhoneiros que estavam no local.  “Estou há quase um dia aqui aguardando ser chamado. Tenho pelo menos 10 (caminhões) na minha frente. Ninguém fala nada e os guardas só multam a gente”, desabafou. A carga foi trazida de Goiás e deveria ser descarregada em até 24 horas. “A Lei diz que, no local, devemos aguardar até 5 horas. Mas isso nunca ocorre”.


 

Segundo a Companhia Docas do Estado de São Paulo (Codesp), os guardas portuários estão no local para orientar os motoristas sobre o estacionamento em local inapropriado. Caso o caminhoneiro se recuse a retirar o veículo, os agentes aplicam a multa.

O diretor da T-Grãos, Antônio Braz Filho, disse que um dos equipamentos destinados ao processo de descarga do caminhão precisou passar um ajuste (não especificado) - o que motivou uma parada por um “curto” período de tempo. “A nossa capacidade é muito grande. Houve aumento na demanda, mas pudemos comportar", disse. Ele garantiu que a situação será normalizada.
 
Fonte: Jornal A Tribuna
 
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEGISLAÇÕES