Postagem em destaque

GUARDA PORTUÁRIA PARTICIPA DO DESFILE DA INDEPENDÊNCIA

A Guarda Portuária voltou a participar após 35 anos de ausência. A última participação ocorreu em 1982 Ontem (07) a Guarda Portuár...

quarta-feira, 27 de novembro de 2013

0

OPERAÇÃO DA ALFÂNDEGA APREENDE PRODUTOS FALSIFICADOS NO PORTO DE VITÓRIA





Desde o dia 18, a Alfândega do Porto de Vitória juntamente com a Organização Mundial das Aduanas apreendeu cerca de 80 toneladas de produtos falsificados.

A ação é realizada pela Alfândega da Receita Federal do Brasil do Porto de Vitória. De acordo com a Receita Federal, o objetivo é fiscalizar se os importadores possuem toda a documentação necessária em ordem.

A “Operação Tigre Três” envolve alfândegas de outros dezesseis de países da América do Sul, Central e Caribe e pela primeira vez está sendo representada pela Alfândega do Porto de Vitória. “Nas duas primeiras oportunidades o Brasil não participou, e nesta está participando sendo representado pela alfândega do Porto de Vitória”, diz o inspetor Flávio Coelho.

Desde o início da operação foram retidas cerca de 80 toneladas de produtos falsificados. Os produtos mais comuns foram bolsas, sapatos e tênis. Comumente são retidos produtos mais atrativos para o comércio varejista. No ano de 2012, mais de 180 toneladas de produtos falsificados foram apreendidos.
 
 

De acordo com o inspetor-chefe da Alfândega de Vitória, Flávio Passos Coelho, a operação, que pela primeira vez acontece no Porto de Vitória, tem o objetivo de coibir a chegada de mercadorias falsificadas no Brasil. “O comércio de produtos falsificados é grande no país. Esse tipo de produto prejudica a sociedade e causa concorrência desleal”, conta.

Coelho explica que quando a fiscalização é intensificada, o número de retenções e apreensões também é maior. “Com a maior fiscalização, acontece o que chamamos de movimento elástico, o número de retenções aumenta. Em 2012, 180 toneladas de produtos foram apreendidas”. Na “Operação Tigre Três”, dos 20 contêineres fiscalizados, cinco tiveram produtos apreendidos.

Fonte: Folha de Vitória / G1- Edição Segurança Portuária Em Foco
 
 
 
 
 
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEGISLAÇÕES