Postagem em destaque

CONPORTOS PRORROGA VALIDADE DOS CERTIFICADOS DO CESSP

A prorrogação se deu diante da impossibilidade da realização do Curso de Atualização dos Supervisores de Segurança Portuária - CASSP, ...

sexta-feira, 6 de dezembro de 2013

0

CANIL DA GUARDA PORTUÁRIA APOIA A POLÍCIA FEDERAL NA APRENSÃO DE DROGA NO PORTO DE SANTOS





Na última segunda-feira (02), os cães farejadores do Canil da Guarda Portuária do Porto de Santos ajudaram a Polícia Federal encontrar 325 Kg de cocaína escondida em fundos falsos de dois veículos apreendidos.

A prisão em flagrante de um santista em Fortaleza, no Ceará, no final da semana passada, levou a Polícia Federal a monitorar um galpão situado na Rua Manoel Tourinho, 134, na Vila Mathias, em Santos.

Durante à tarde um veículo foi apreendido e no seu painel foi localizada uma pequena quantidade de cocaína. Foi solicitado o apoio dos cães da Guarda Portuária, que apontaram a possibilidade de mais droga estar escondida em um fundo falso no porta-malas do veículo, sendo que após a abertura do local indicado, foram encontrados cerca de 150 kg de cocaína.

A Equipe do Canil da Guarda Portuária, integrada pelos guardas portuários Soares, Rubens e Maurício, foi então solicitada para o acompanhamento em uma diligência, durante o trajeto, um veículo foi avistado e se deu início a uma perseguição que seguiu até a Avenida Siqueira Campos (Canal 4), onde o condutor, após se envolver em um acidente, abandonou o veículo e recebeu os policiais federais a tiros. Eles revidaram, mas o suspeito conseguiu fugir.


“Foi Deus, nós acompanhávamos o veículo da Polícia Federal, na saída da Avenida Perimetral com o Canal 4 eles foram por um lado e nós por outro, os federais recebeu vários tiros e os policiais só não morreram porque o veículo era blindado”, disse o guarda portuário Soares.
Dentro do veículo abandonado, a polícia encontrou uma pistola 9 milímetros de uso restrito das Forças Armadas. O veículo foi levado para a sede da Polícia Federal, onde cães da Guarda Portuária encontraram mais droga.

Outro carro, que dava cobertura no transporte da droga, foi parado em outro bairro também perto do Porto. O motorista chegou a bater em outros dois veículos estacionados e foi preso, suspeito de participar do esquema de tráfico de drogas.
Durante a tarde, a Polícia Federal já tinha prendido o irmão dele, que também estava em um carro de luxo carregado com drogas.

Segundo as investigações, os dois veículos saíram do galpão, que fica em uma rua perto do Porto. A Polícia Federal acredita que o local funcionava como uma oficina para preparar os carros e depósito para armazenar e carregar a droga. Uma caminhonete e uma moto aquática, que também estavam no galpão, foram apreendidas.


A polícia investiga agora a origem e qual seria o destino de toda a cocaína apreendida.




Fonte: Reportagens publicadas no Jornal a Tribuna / TV Tribuna e G1
Edição: Segurança Portuária Em Foco






Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEGISLAÇÕES