Postagem em destaque

GUARDA PORTUÁRIA PARTICIPA DO DESFILE DA INDEPENDÊNCIA

A Guarda Portuária voltou a participar após 35 anos de ausência. A última participação ocorreu em 1982 Ontem (07) a Guarda Portuár...

terça-feira, 25 de fevereiro de 2014

1

PARTICIPAÇÃO DA GUARDA PORTUÁRIA EM EXERCÍCIO TÁTICO COM A MARINHA DO BRASIL.





Tendo em vista a proximidade dos Grandes Eventos - Copa do Mundo e Olimpíadas, a Marinha do Brasil realizou, desde as 08:00hs do dia 17 às 08:00hs do dia 20 de fevereiro de 2014, Exercício de "Tomada" do Terminal Petroquímico de Miramar, pertencente a Companhia Docas do Pará - CDP, localizado em Belém.

O Exercício consistiu no posicionamento estratégico, em toda área interna da instalação portuária, de veículos operacionais e fuzileiros, tendo em vista o alerta e prontidão máximo a quaisquer possibilidades de intrusões, seja por terra, seja por mar. A participação da Guarda Portuária, como sempre, foi destacada, já que foram intensificados os procedimentos de rotina afetos à corporação, os quais já vêm sendo realizados, porém com mais intensidade.

Isso posto, mesmo com os fuzileiros presentes em todo terminal, coube à Guarda Portuária intensificar e ser ainda mais rigorosa na identificação, registro e controle de acesso de veículos e pessoas, cargas; revistas de embrulhos e similares; detecção de metais, tendo em vista impedir a intrusão de armas de fogo ou brancas; além de outros artefatos.

Todos os procedimentos realizados foram de suma importância para a atenção ainda maior quanto à vigilância e segurança ostensiva e visual.

O simulado teve o intuito de evitar quaisquer tentativas de entradas surpresa, onde alguém pudesse devidamente fardado, "fingir" ser de uma empresa, mas, na verdade, ser alguém disfarçado tentado entrar e, assim, demonstrar alguma falha no serviço da Guarda Portuária.

Tentativas essas que a experiência e o dia a dia na profissão só fazem dos guardas portuários verdadeiros "farejadores", sendo muito difícil alguém adentrar na área portuária indevidamente, vindo, exercícios como esses, apenas reforçar ainda mais os procedimentos da Guarda Portuária, já feita rotineira e sistematicamente.

 O exercício deverá ser estendido a outros portos da CDP.


Texto: GP Cileno Borges
Fonte: Sindiguapor-PA







Um comentário:

  1. MESMO SEM ESTAR NO ARTIGO 144 DA CF/88 A GUARDA PORTUÁRIA TEM FEITO, A MAIS DE 200 ANOS A SEGURANÇA PÚBLICA DOS PORTOS BRASILEIROS. ISSO OSTENSIVA E 365 DIAS POR ANO.

    MUITO ENTRISTECE A CATEGORIA A FALTA DE INTERESSE OU VONTADE POLÍTICA, AO LONGO DE TODOS ESSES ANOS, DOS GOVERNOS, TODOS ELES, EM FEDERALIZAR ESSA SACRIFICADA CORPORAÇÃO.

    ATT

    CILENO BORGES

    ResponderExcluir

LEGISLAÇÕES