Postagem em destaque

DELEGADA ASSUME A PRESIDÊNCIA DA CONPORTOS

Nelbe Ferraz de Freitas, 37, foi designada pelo Ministro de Estado da Justiça e Segurança Pública Na última quarta-feira (04), Nel...

sábado, 23 de agosto de 2014

0

CAMINHONEIRO DIRIGE CAMINHÃO COM PLACA ADULTERADA E ALEGA DESGASTE


O número nove foi raspado a fim de parecer o número três

Na última quinta feira (14), durante policiamento na Rua Antônio Prado, próximo ao Armazém IV, na área portuária do Porto de Santos, litoral de São Paulo, o Inspetor Coordenador Wagner Pinheiro e o guarda portuário Silvio Farias estranharam a numeração da placa de um caminhão.
Ao efetuar a abordagem do veículo com o apoio de uma ronda de policiamento integrada com os guardas portuários Marcio e Caetano, com os documentos em mãos, foi constatada que a placa do semi-reboque havia sido adulterada.
A placa traseira do cavalo mecânico também não estava visível
A placa constante no documento, que tem como proprietário a Hiso Transportes Intermodal Ltda., era BTS-6917 e a visualizada no veículo aparentava ser BTS-6317, além disso, a placa traseira do caminhão trator estava presa no para choque atrás da lanterna, tornando-a ilegível.
O motorista Adriano dos Santos Batista, alegou que não havia adulteração e que a placa traseira da carreta estava desgastada devido ao tempo. Alegou ainda que a placa traseira do cavalo havia apenas se soltada do suporte.
Em virtude do caminhão se encontrar carregado com contêiner, e possuir GPS Bloqueador, ele foi preservado no local e o motorista encaminhado a Delegacia de Atendimento ao Turista (Deatur), localizado na área portuária, ao lado do Portão 12.

A ocorrência foi apresentada a delegada de plantão, achou por bem registrar o Boletim de Ocorrência de nº 477/2014, e solicitou que a perícia fosse realizada no local onde o caminhão o caminhão foi abordado.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEGISLAÇÕES