Postagem em destaque

PF FLAGRA PORTUÁRIOS COM PACOTES DE COCAÍNA NO CORPO PARA EMBARQUE EM NAVIO

Trabalhadores do Porto de Santos tentaram levar carregamento até navio atracado no cais, que foi cercado pela Guarda Portuária. Tablete...

sábado, 23 de agosto de 2014

0

CAMINHONEIRO DIRIGE CAMINHÃO COM PLACA ADULTERADA E ALEGA DESGASTE


O número nove foi raspado a fim de parecer o número três

Na última quinta feira (14), durante policiamento na Rua Antônio Prado, próximo ao Armazém IV, na área portuária do Porto de Santos, litoral de São Paulo, o Inspetor Coordenador Wagner Pinheiro e o guarda portuário Silvio Farias estranharam a numeração da placa de um caminhão.
Ao efetuar a abordagem do veículo com o apoio de uma ronda de policiamento integrada com os guardas portuários Marcio e Caetano, com os documentos em mãos, foi constatada que a placa do semi-reboque havia sido adulterada.
A placa traseira do cavalo mecânico também não estava visível
A placa constante no documento, que tem como proprietário a Hiso Transportes Intermodal Ltda., era BTS-6917 e a visualizada no veículo aparentava ser BTS-6317, além disso, a placa traseira do caminhão trator estava presa no para choque atrás da lanterna, tornando-a ilegível.
O motorista Adriano dos Santos Batista, alegou que não havia adulteração e que a placa traseira da carreta estava desgastada devido ao tempo. Alegou ainda que a placa traseira do cavalo havia apenas se soltada do suporte.
Em virtude do caminhão se encontrar carregado com contêiner, e possuir GPS Bloqueador, ele foi preservado no local e o motorista encaminhado a Delegacia de Atendimento ao Turista (Deatur), localizado na área portuária, ao lado do Portão 12.

A ocorrência foi apresentada a delegada de plantão, achou por bem registrar o Boletim de Ocorrência de nº 477/2014, e solicitou que a perícia fosse realizada no local onde o caminhão o caminhão foi abordado.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEGISLAÇÕES