Postagem em destaque

DELEGADA ASSUME A PRESIDÊNCIA DA CONPORTOS

Nelbe Ferraz de Freitas, 37, foi designada pelo Ministro de Estado da Justiça e Segurança Pública Na última quarta-feira (04), Nel...

terça-feira, 16 de setembro de 2014

0

CARRETA QUE TRANSPORTAVA COCAÍNA PARA O PORTO DE SANTOS FOI APREENDIDA PELA PF



Um caminhão foi apreendido por agentes da Polícia Federal (PF) de Presidente Prudente enquanto transportava 220,1 quilos de pasta base de cocaína, por volta das 5h de segunda-feira (15), na Rodovia Raposo Tavares, em Rancharia (SP). A apreensão do veículo é resultado de uma investigação da Polícia Federal. Inicialmente, a polícia havia informado que a droga tratava-se de crack, porém, após a chegada da perícia verificaram que era pasta base de cocaína.
A carreta, com placa de Ponta Porã (MS), transportava 32 toneladas de açúcar. Preso em flagrante, o motorista confessou que ganhou o caminhão dos traficantes como pagamento pelo transporte de drogas.
A droga era transportada em um dos tanques de combustível

Para o transporte, a droga foi embalada e dividida em cerca de 200 tabletes. Ela foi localizada em um compartimento oculto em um dos tanques de combustível, preparado justamente para o acondicionamento dissimulado de substâncias ilícitas. “Um (compartimento) levava o óleo diesel, o outro, seco, transportava drogas”, explicou Eder Magalhães, de 37 anos, delegado titular da PF de Presidente Prudente.

O delegado admite a participação do crime organizado, que teria contratado o motorista. “Há uma organização por trás disso, pode ter o envolvimento direto do PCC (Primeiro Comando da Capital) desde a origem até o destino final da droga”, afirmou. Pelos serviços prestados, o motorista, de 47 anos, ganhou a carreta de presente dos traficantes. “Ele recebeu a carreta como pagamento”, disse o policial, explicando que o acusado negou pertencer a qualquer facção.
Destino da droga

O motorista, que não teve o nome divulgado, pegou os 200 tabletes de crack em Ponta Porã, em Mato Grosso do Sul. “Ele tinha como destino o Porto de Santos. Pode ser que a droga seria exportada”, avalia o delegado, que não descarta novas prisões.
O caminhoneiro foi encaminhado à Delegacia de Polícia Federal em Presidente Prudente/SP, onde foi devidamente autuado em flagrante delito por tráfico de substâncias entorpecentes e, na sequencia, encaminhado para o Centro de Detenção Provisória de Caiuá/SP, onde permanece à disposição da justiça. O açúcar apreendido será devolvido à usina que embarcaria a carga no Porto de Santos.





Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEGISLAÇÕES