Postagem em destaque

PF FLAGRA PORTUÁRIOS COM PACOTES DE COCAÍNA NO CORPO PARA EMBARQUE EM NAVIO

Trabalhadores do Porto de Santos tentaram levar carregamento até navio atracado no cais, que foi cercado pela Guarda Portuária. Tablete...

quarta-feira, 13 de janeiro de 2016

1

GUARDAS PORTUÁRIOS NÃO ESTÃO MAIS AUTORIZADOS A MULTAR MOTORISTAS NA ÁREA DO PORTO




O convênio também incluía: operar o trânsito, pedestres, ciclistas e animais; o sistema de sinalização e vistoriar veículos que necessitem de autorização especial para transitar.
O motorista que foi multado esta semana ao trafegar pela área portuária de Santos já pode preparar o recurso. É que desde a última segunda-feira (11) está vencido o convênio firmado entre a Companhia Docas do Estado de São Paulo (Codesp) e a Companhia de Engenharia de Tráfego de Santos (CET), sob a interveniência da Prefeitura, que permitia a fiscalização e autuação por parte da Guarda Portuária.
O documento foi assinado em 11 de janeiro de 2011 pelo então prefeito João Paulo Tavares Papa, atual deputado federal (PSDB), e autoridades portuárias, tendo prazo de validade de cinco anos, extinguindo-se automaticamente ao final do prazo estipulado.
Agora, somente a CET pode aplicar multas. Os agentes da Guarda Portuária somente poderão orientar o tráfego no sistema viário portuário. A restrição não se aplica à Polícia Militar, que já inspeciona o fluxo de veículos na região dos armazéns, chegando a registrar infrações.
O convênio também incluía: operar o trânsito, pedestres, ciclistas e animais; o sistema de sinalização e vistoriar veículos que necessitem de autorização especial para transitar.
Prefeitura e Codesp
Tanto a CET quanto a Codesp confirmaram a suspensão da atividade da Guarda Portuária quanto à fiscalização de trânsito no Porto. No entanto, alertaram que a situação é temporária. “A CET-Santos está em tratativas para formalizar um novo convênio entre a empresa municipal e a Codesp. A área portuária permanece sendo fiscalizada pelos agentes da CET e Polícia Militar”, informou a assessoria de imprensa da Prefeitura.
“As informações procedem. Os guardas portuários não podem multar, mas o assunto tramita em conjunto nos setores jurídico e Guarda Portuária. Na próxima semana, deverá passar em reunião ordinária da diretoria executiva”, informou a assessoria da Codesp.

Convênio na Margem Esquerda Continua

O Portal Segurança Portuária em Foco apurou que o convênio com a Prefeitura de Guarujá continua em vigor, portanto, os guardas portuários continuam podendo multar em Vicente de Carvalho, na Margem Esquerda do Porto de Santos.


*Esta publicação é de inteira responsabilidade do autor e do veículo que a divulgou. A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Guarda Portuária e a Segurança Portuária em todo o seu contexto, não cabendo a esse Portal a emissão de qualquer juízo de valor.
                                                                                                                                                                                                
* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos.

Um comentário:

  1. SE FOSSE EM VITORIA PODERIA ESQUECER A RENOVAÇÃO DO CONVENIO, MAS COMO É SANTOS
    MUITO EM BREVE DEVE SER RENOVADO O CONVENIO.

    FALAR NISSO CADE O RADAR QUE FOI COMPRADO EM VITORIA PARA A GUARDA USAR ?

    GANHA UM DOCE QUEM DESCOBRIR.

    GP ALEXANDRE - ES

    ResponderExcluir

LEGISLAÇÕES