Postagem em destaque

PF FLAGRA PORTUÁRIOS COM PACOTES DE COCAÍNA NO CORPO PARA EMBARQUE EM NAVIO

Trabalhadores do Porto de Santos tentaram levar carregamento até navio atracado no cais, que foi cercado pela Guarda Portuária. Tablete...

sexta-feira, 13 de maio de 2016

1

MAURÍCIO QUINTELLA É O NOVO MINISTRO RESPONSÁVEL PELOS PORTOS




Novo ministro disse que vai trabalhar com parcerias, privatizar e conceder aquilo que for possível, e buscar os parceiros onde eles estiverem

O deputado federal Maurício Quintella Lessa (PR) assumiu o Ministério de Transportes, Portos e Aviação Civil do governo Michel Temer, advogado, já se elegeu deputado federal quatro vezes pelo estado de Alagoas. Ele já foi líder do seu partido, o PR, na Câmara dos Deputados, mas deixou a liderança para votar a favor do impeachment da presidente Dilma Rousseff.
Maurício Quintella nasceu em Maceió em 1971. Ele se formou em direito no Centro de Ensino Superior de Maceió e chegou a curso engenharia civil na Universidade Federal de Alagoas, mas não concluiu o curso.
Seu primeiro cargo de destaque na política foi o de vereador, eleito em 1996 pelo PSB. Voltou a exercer a função após nova vitória nas eleições de 2000. Antes disso, foi técnico judiciário do Tribunal Regional do Trabalho de Alagoas e secretário municipal de Educação da Prefeitura de Maceió.
Maurício Quintella se elegeu deputado federal pela primeira vez em 2002 pelo PSB, mas se licenciou do mandato para exercer o cargo de secretário extraordinário metropolitano de Alagoas, de 2003 a 2005. Foi também secretário de Educação do estado entre 2004 e 2005, na gestão do seu primo Ronaldo Lessa, ex-governador de Alagoas. Ele voltou a se eleger deputado federal em 2006 pelo PDT e em 2010 e 2014, pelo PR.
Na atual legislatura, tornou-se líder do PR na Câmara, mas anunciou que deixava a liderança do partido no dia 11 de abril, faltando poucos dias para a votação do dia 17, que autorizou a continuidade do processo de impeachment de Dilma no Senado. Na época, Lessa afirmou que o motivo da renúncia à liderança era a sua posição favorável ao impeachment - sendo que a Executiva do partido era contrária.
Maurício Quintella defende a privatização
O novo ministro disse que vai buscar investimentos para a pasta e parcerias entre o público e o privado: "Vivemos um momento de muita crise, muita restrição financeira e orçamentária. Precisamos de muita coragem para fazer as mudanças que o país precisa. Vamos trabalhar com parcerias, privatizar e conceder aquilo que for possível, buscar os parceiros onde eles estiverem", defendeu Maurício Quintella.
Processos
Maurício Quintella é alvo de inquérito no STF que apura peculato (Inquérito nº 2893/2009). Foi condenado por improbidade administrativa com dano ao erário e enriquecimento ilícito. De acordo com a sentença, o parlamentar participou de esquema para fraudar licitação para aquisição de merenda e transporte escolar em troca de propina, no período em que ocupou o cargo de secretário estadual de Educação. Foi responsabilizado também por desvios de recursos federais para contas do governo do Estado do Alagoas. A Justiça determinou o ressarcimento integral da quantia de R$ 4.272.021 aos cofres públicos, o pagamento de multa e à suspensão dos direitos políticos pelo prazo de oito anos. O deputado recorre da sentença (TRF-5 - Seção Judiciária de Alagoas - Ação civil pública nº 0004055­93.2008.4.05.800).

A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Guarda Portuária e a Segurança Portuária em todo o seu contexto, não cabendo a esse Portal a emissão de qualquer juízo de valor.
                                                                                                                                                                                                                                               
* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.
                                                                                                                                                                                 
COMENTÁRIOS

Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos.




Um comentário:

  1. mal indicio em todos os sentidos.

    Gp Ramos
    CDP

    ResponderExcluir

LEGISLAÇÕES