Postagem em destaque

PF FLAGRA PORTUÁRIOS COM PACOTES DE COCAÍNA NO CORPO PARA EMBARQUE EM NAVIO

Trabalhadores do Porto de Santos tentaram levar carregamento até navio atracado no cais, que foi cercado pela Guarda Portuária. Tablete...

quarta-feira, 30 de novembro de 2016

0

COMPANHIA DOCAS DE SÃO SEBASTIÃO NÃO VAI PAGAR 13° SALÁRIO DOS PORTUÁRIOS




Jamais os trabalhadores do Porto de São Sebastião ficaram sem o pagamento do 13º salário

O SINDAPORT já solicitou reunião com o vice-governador do Estado Marcio França e com o deputado estadual Caio França para que providências sejam tomadas a respeito da Companhia Docas de São Sebastião, que informou não ter condições de pagar o décimo terceiro salário de seus mais de 130 empregados.
Segundo comunicado do presidente da empresa, Casemiro Tércio dos Reis Lima Carvalho, ao SINDAPORT, "após análise das receitas x despesas para os próximos dias, ficaremos impossibilitados de efetuar o pagamento da primeira parcela do 13º salário no dia 30/11/2016".
No ofício, o presidente da Companhia Docas relata, ainda, que está tramitando na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo, em regime de urgência, uma solicitação de crédito especial para equacionamento da situação. A diretoria do SINDAPORT lamenta essa situação, pois jamais os trabalhadores do Porto de São Sebastião ficaram sem o pagamento do 13º salário. Sabemos que vários setores da economia estão em crise, mas os empregados contam com o 13º em seu orçamento. É um direito dos trabalhadores. E esperamos que o Governo do Estado tome providências e consiga efetuar o pagamento dos portuários.
Para a diretoria do SINDAPORT, a Companhia Docas de São Sebastião deveria ter se planejado melhor, uma vez que tem anunciado várias ações para redução de despesas, tais como corte de terceirizados, estagiários e cargos de confiança. O SINDICATO tem informação também que a Companhia cogita, inclusive, fechar a sede da empresa em São Paulo e manter todos os empregados somente em São Sebastião. Para o SINDAPORT, os trabalhadores não podem ser prejudicados.  
O 13° salário, também conhecido como gratificação de natal, foi instituído no Brasil pela Lei 4.090, de 13/07/1962.  
Em outro documento enviado ao SINDICATO, o presidente da empresa informou que é de "conhecimento de todos a delicada situação financeira da Companhia Docas de São Sebastião, inclusive tendo sido informada durante as tratativas do acordo coletivo com esse Sindicato. Nesse sentido, com o objetivo de manter a transparência estabelecida durante todo o ano, além de solicitar o apoio e entendimento da real situação da empresa, informo que estamos buscando recursos financeiros para o cumprimento do dever do pagamento da primeira parcela do 13º salário".


* Esta publicação é de inteira responsabilidade do autor e do veículo que a divulgou. A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Guarda Portuária e a Segurança Portuária em todo o seu contexto, não cabendo a esse Portal a emissão de qualquer juízo de valor.
                                                                                                                                                                                          
* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.
                                                                                                                                                
COMENTÁRIOS

Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEGISLAÇÕES