Postagem em destaque

CONPORTOS ANUNCIA A DATA DA 17ª EDIÇÃO DO CURSO ESPECIAL DE SUPERVISOR DE SEGURANÇA PÚBLICA PORTUÁRIA – CESSP

O período de inscrição será de 17 de julho a 21 de agosto de 2017 Na última quarta-feira (12) a Comissão Nacional de Segurança Públi...

sexta-feira, 28 de abril de 2017

0

EM DUAS APREENSÕES NO PORTO, MAIS DE 700 KG DE COCAÍNA SÃO LOCALIZADOS




Entre os detidos, estão sete estivadores e um caminhoneiro
Sete estivadores e um caminhoneiro foram presos em um terminal do Porto de Santos, no litoral de São Paulo, acusados de tráfico internacional de drogas. Ao todo, 722 quilos de cocaína foram apreendidos na madrugada da última quarta-feira (26) durante duas ações que envolveram equipes da Polícia Federal, da Receita Federal e da Polícia Civil.
A primeira apreensão, de acordo com informações da Polícia Federal, ocorreu por volta das 2 horas, quando sete homens foram detidos dentro de um terminal portuário. Eles estavam com aproximadamente 32 kg de cocaína, divididos em 29 tabletes, presos a um colete no corpo.

Cada um transportava, aproximadamente, 4 quilos de droga e receberia R$ 2 mil pelo serviço. Segundo a delegada Patrícia Tonelli, da Polícia Federal, eles prenderam os tabletes ao corpo com um colete para despistar a atenção da fiscalização. Assim que descobertos pelos agentes federais e alfandegários, não apresentaram resistência e assumiram a tentativa de embarque ilegal.
Ainda de acordo com as autoridades federais, trata-se de uma nova modalidade de narcotráfico encontrada no cais santista. Até então, os registros se limitavam aos içamentos da droga aos cargueiros, a partir de pequenas embarcações, e também, dos flagrantes dentro dos contêineres, que são abertos ilegalmente pelos criminosos.
Mais cocaína
O outro flagrante ocorreu duas horas depois. Um caminhão, que transportava um contêiner com carga de açúcar, foi parado dentro de um terminal portuário, na Margem Direita, em Santos, com quase 690 kg de cocaína escondidos. A carga, segundo informações da Polícia Federal, seria embarcada em um navio até o Porto de Antuérpia, na Bélgica.
O contêiner era monitorado pela Polícia Civil e as equipes da Receita Federal e da Polícia Federal providenciaram a abertura e a apreensão dos entorpecentes. Suspeita-se do emprego da técnica criminosa conhecida por rip-off loading, na qual o entorpecente é inserido em uma carga regular, sem o conhecimento do proprietário.


Ao localizarem a droga, armazenada em engradados, o caminhoneiro responsável pelo transporte do contêiner também foi preso em flagrante por narcotráfico. Ele estava com uma carteira de habilitação falsa. Segundo a polícia, caso fosse embarcada em um navio, o contêiner seria enviado até o Porto de Antuérpia, na Bélgica, na Europa.
Investigações distintas foram abertas para apurar outros envolvidos nas duas ocorrências, assim como a real procedência do entorpecente. Procurado para comentar o caso, o presidente do Sindicato dos Estivadores de Santos (Sindestiva), Rodnei Oliveira da Silva, disse estar ciente do ocorrido, mas não informou outros detalhes.
Balanço
Esta foi a 13ª grande apreensão realizada este ano no cais santista, que agora totaliza 6.168 quilos da cocaína apreendida por equipes federais. Ao longo de 2016, foram 22 flagrantes feitos no cais, que totalizaram 10.622 quilos do entorpecente localizado e apreendido nas duas margens.
A última apreensão ocorreu na quarta-feira (19). Mais 503 quilos da droga foram interceptados em um contêiner. A preensão ocorreu a menos de 24 horas de outra, que resultou na localização de 212 quilos, também de cocaína. Ambos os carregamentos tinham como destino a Europa.


Edição: Segurança Portuária Em Foco



* Esta publicação é de inteira responsabilidade do autor e do veículo que a divulgou. A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Guarda Portuária e a Segurança Portuária em todo o seu contexto. A matéria veiculada apresenta cunho jornalístico e informativo, inexistindo qualquer crítica política ou juízo de valor.
                                                                                                                                                                                          
* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.
                                                                                                                                                            
COMENTÁRIOS

Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEGISLAÇÕES