Postagem em destaque

CONPORTOS ANUNCIA A DATA DA 17ª EDIÇÃO DO CURSO ESPECIAL DE SUPERVISOR DE SEGURANÇA PÚBLICA PORTUÁRIA – CESSP

O período de inscrição será de 17 de julho a 21 de agosto de 2017 Na última quarta-feira (12) a Comissão Nacional de Segurança Públi...

quarta-feira, 31 de maio de 2017

1

GUARDA PORTUÁRIA DETÉM MOTORISTA QUE INVADIU O PORTO DE VITÓRIA




Como o motorista invadiu e causou danos ao patrimônio de uma empresa estatal a ocorrência ficará a cargo da Polícia Federal

Na última quinta-feira (25) os guardas portuários Guimarães, Cândido e Aline Enamoto estavam na portaria do Porto de Vitória quando avistaram um veículo da marca Fiat, modelo Uno Mille Fire, de cor prata, placa MQO 9625, de Cariacica-ES se aproximar em alta velocidade e com a farol alto ligado.
Como o motorista ignorou a ordem de parada, atropelando a cancela de entrada, no intuito de parar o veículo e a fim dele não causar risco a integridade de outros agentes, assim como de trabalhadores e usuários do porto, foi efetuado disparos na direção do pneu traseiro, no entanto, eles atingiram a caixa de ar do veículo.

Disparos atingiram a caixa de ar do veículo
De imediato também foi acionado o CCCOM, solicitando apoio, e avisado os guardas portuários Grillo e Felipe Alves, ambos de serviço na Portaria de Pedestres, conhecido como “roleta”, para onde o motorista se dirigiu, por dentro do cais.
O motorista percorreu toda a extensão do cais, batendo ao final, numa balança ferroviária desativada e capotando

O Encarregado Manoel Leão, que estava no prédio 5, próximo ao término da área de cais, acionou via rádio a presença de agentes armados, informando que o carro tinha capotado, após bater numa balança ferroviária e tinha gente presa nas ferragens. Em virtude da Guarda Portuária não possuir viaturas, o GP Felipe Alves utilizou o seu próprio veículo para conduzir os GPs Grillo e Cândido, os únicos armados durante aquele plantão.
Ao chegarem ao local, os agentes constataram que no interior do veículo havia apenas um elemento. Foi verificado nas imediações se não havia nenhum elemento que pudesse ter saído do veículo, no entanto, ninguém foi encontrado.
Segundo os bombeiros, o velocímetro travou marcando 100 km/h

A ambulância da CODESA foi acionada, juntamente com o Corpo de Bombeiros para a retirada do motorista preso as ferragens. Segundo os bombeiros, o velocímetro travou marcando a velocidade de 100 km. Caso houvesse no momento algum navio operando o desastre teria sido maior, com consequências incalculáveis.
Ferido, o condutor, que segundo alguns agentes no local, parecia estar alterado psicologicamente, foi identificado como sendo Luciano Silveira Ramos, de 24 anos, precisou ser encaminhado em ambulância ao Pronto Socorro do Hospital São Lucas, com escolta da Guarda Municipal. O veículo não possuía restrições de furto ou roubo.
A Polícia Militar e a Guarda Municipal de Vitória, que já estavam em perseguição ao veículo por vários pontos da capital, também compareceram ao local.
Segundo consta, uma viatura da Guarda Municipal Comunitária de Vitória realizava um patrulhamento no Centro quando, ao passar próximo à Rodoviária, viu o Uno prata na contramão da avenida principal. Segundo os agentes, o motorista ainda realizava manobras perigosas na via que colocavam em risco outros condutores e pedestres.
Os agentes ainda tentaram convencer o condutor do veículo a encostar o carro, mas ele passou a dirigir de forma ainda mais imprudente e iniciou fuga em direção ao bairro Santo Antônio, com manobras perigosas pela contramão das principais avenidas da região.
Outras dois veículos da Guarda Municipal Comunitária se juntaram à equipe que já fazia a perseguição e passaram a acompanhar o trajeto do motorista do Uno.
Ao passar perto da Companhia da Polícia Militar no local conhecido como “Sambão do Povo”, a ação ganhou reforço de outros cinco carros da PM.
A perseguição se estendeu até a região de São Pedro e retornou ao Centro de Vitória. Quando o motorista chegou na região da Ilha do Príncipe, ele passou pela guarita do Porto de Vitória em alta velocidade, quebrou a cancela e manteve a fuga até o fim da extensão do Porto até ser detido pela Guarda Portuária.
Como o motorista invadiu e causou danos ao patrimônio de uma empresa estatal, a ocorrência ficará a cargo da Polícia Federal.

A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Guarda Portuária e a Segurança Portuária em todo o seu contexto. A matéria veiculada apresenta cunho jornalístico e informativo, inexistindo qualquer crítica política ou juízo de valor.
                                                                                                                                                                                          
* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.
                                                                                                                                                            
COMENTÁRIOS

Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos.


Um comentário:

  1. Nessa ocorrencia o que foi visto foi que no noticiario local, nao foi citado o nome da guarda portuária . falta a muitos integrantes da guarda a noçao que a interação com os
    meios de comunicaçao da importancia para divulgação da corporação. ninguém ,aparentemente,
    se preocupou de repassar para a imprensa nosso trabalho.foi um gcm que repassou as imagens
    para a imprensa, levando para sua corporaçao o foco, no que ele nao esta certo, o errado foi os guardas não fazerem o mesmo, inclusive tinham em mãos imagens do momento exato em que o individuo ainda estava dentro do carro capotado e não fizeram a ponte com a imprensa. fica o aprendizado.

    gp alexandre - es

    ResponderExcluir

LEGISLAÇÕES