Postagem em destaque

PF FLAGRA PORTUÁRIOS COM PACOTES DE COCAÍNA NO CORPO PARA EMBARQUE EM NAVIO

Trabalhadores do Porto de Santos tentaram levar carregamento até navio atracado no cais, que foi cercado pela Guarda Portuária. Tablete...

terça-feira, 28 de agosto de 2018

0

PF APREENDE MAIS DE UMA TONELADA DE COCAÍNA NO PA



Maior apreensão na história do Pará contou com apoio do Departamento de Justiça dos Estados Unidos – DEA

A Polícia Federal (PF), com apoio da DEA – Drug Enforcement Administration, a polícia antidrogas do Departamento de Justiça dos Estados Unidos apreendeu 1,5 tonelada de cocaína, no último sábado (25) no distrito de Vila dos Cabanos, em Barcarena, Nordeste do Pará. Dois integrantes da quadrilha foram presos, sendo um belenense e um surinameso que já tinha sido anteriormente preso pela PF, em Fortaleza, no ano 2000, também pelo crime de tráfico de drogas.
A droga estava armazenada em uma casa alugada na área residencial e estava sendo levada em duas caminhonetes para serem repassadas a duas embarcações pequenas que aguardavam na praia do Caripi, localizada no mesmo bairro, conforme revelou o delegado-chefe da Delegacia de Repressão a Entorpecentes da PF (DRE), Davi Jacobs.
A equipe da PF se deslocou para o município assim que teve início a movimentação de veículos na casa suspeita. Os policiais apreenderam as duas caminhonetes no Caripi, sendo uma Hilux e uma Ranger, além de uma das embarcações que começava a ser carregada. Os demais integrantes do bando fugiram na embarcação que ainda estava vazia.
A suspeita é de que as embarcações menores iriam repassar a mercadoria para uma embarcação maior, talvez um navio, possivelmente atracado em águas de maior profundidade, distante da orla, já que as duas embarcações encontradas não eram suficientes para transportar toda a carga de uma vez.

Cada preso estava dentro de uma caminhonete. Eles foram levados para a PF em Belém. Durante o depoimento, o surinameso preferiu ficar calado, enquanto o belenense alegou que tinha sido contratado para realizar um frete e que desconhecia o teor da carga que transportava.
A cocaína estava distribuída em tabletes e embalada com diferentes temas, como personagens infantis e logomarcas de bandas de rock, que pode ser uma forma de identificar os destinatários finais da mercadoria. "Barcarena é rota do tráfico em razão do porto." Ainda segundo ele, a casa em que a droga permaneceu pelo menos um mês guardada foi alugada exclusivamente para essa finalidade. Já os dois automóveis estavam com o registro regular no Departamento de Trânsito.

A PF segue com a investigação para identificar os demais integrantes do bando. Ainda não se sabe a origem e nem o destino da droga apreendida. Há suspeita de que seja a droga seja oriunda do Peru, da Bolívia ou da Colômbia, e que o destino final seria a Europa. Os nomes dos presos não foram divulgados pela PF.
A PF segue com a investigação para identificar os demais integrantes do bando. Ainda não se sabe a origem e nem o destino da droga apreendida. Há suspeita de que seja a droga seja oriunda do Peru, da Bolívia ou da Colômbia, e que o destino final seria a Europa. Os nomes dos presos não foram divulgados pela PF. Após a perícia, a droga será incinerada em data ainda não definida pela Polícia Federal.
Os acusados foram autuados por tráfico internacional de droga e estão à disposição da Justiça Federal. Eles foram enviados para o Sistema Penitenciário do Estado (Susipe), sendo que a situação do surinameso ficou de ser avaliada posteriormente. "Vamos verificar junto ao Departamento de Migração (do Ministério da Justiça) de que forma ele entrou no Brasil, se foi como turista ou se é naturalizado." Após a perícia da PF, a droga será incinerada em data ainda não definida.


Esta publicação é de inteira responsabilidade do autor e do veículo que a divulgou. A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Guarda Portuária e a Segurança Portuária em todo o seu contexto. A matéria veiculada apresenta cunho jornalístico e informativo, inexistindo qualquer crítica política ou juízo de valor.                                                                                             
* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.                                                                                                                          


                   COMENTÁRIOS                             
Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEGISLAÇÕES