Postagem em destaque

GUARDA PORTUÁRIA PRETENDE CRIAR CONSELHO DE ENTIDADES REPRESENTATIVAS

O CONGPORT deverá ser registrado em Brasília em até 60 dias. No dia 27 de junho foi realizado, na sede da Companhia Docas do Estado d...

LEGISLAÇÕES

sexta-feira, 8 de março de 2019

0

ENCONTRO DISCUTE ROUBO DE CARGA EM VITÓRIA



O Encontro Técnico de Segurança visou compartilhar as boas práticas de prevenção e combate ao roubo de cargas do Estado

O Sindicato das Empresas de Transportes de Cargas e Logísticas no Espírito Santo (Transcares) promoveu no dia 14 de fevereiro, em Cariacica, um Encontro Técnico de Segurança visando compartilhar as boas práticas de prevenção e combate ao roubo de cargas do Estado.
"Alinhar informações com órgãos de segurança pública objetivando a capacitação do agente de campo na execução dos serviços de fiscalização é totalmente eficaz, visto que devemos assegurar direitos e bem-estar coletivo", afirmou o coordenador de Segurança Portuária do Porto de Vitória, e responsável pelo comando da Guarda Portuária, Reroldi Monteiro.
Proposta de Capacitação
Durante o encontro, o coordenador do Programa de Segurança de Operações do Transporte de Carga (PROTEGER) da Confederação Nacional de Transportes (CNT), Getúlio Bezerra, apresentou a proposta de efetuar um curso de capacitação para agentes públicos e profissionais do setor de transporte, com foco na segurança das operações de transporte de cargas. E ainda segundo ele, o treinamento já está aprovado pela diretoria da CNT e a expectativa é que até o segundo semestre ele possa ser implementado.
A capacitação incluiria informação sobre o modus operandi das quadrilhas, treinamentos com situações de risco nos simuladores adquiridos recentemente pelas unidades do Sest-Senat, legislação, ações emergenciais, funcionamento, documentos do transporte e levantamento de dados estatísticos e poderá ser aplicado à distância, contendo aulas presenciais para que motoristas, gestores das empresas de transportes e agentes públicos possam trocar experiências.
Roubo de Carga
O Espírito Santo vive uma situação diferenciada em relação aos demais estados da Região Sudeste, líder no ranking de ocorrências. Segundo a Secretaria de Estado de Segurança Pública, em 2018 foram instaurados 42 inquéritos de roubo de cargas, 16 a menos do que em 2017. Em 2016, no Estado, foram constatados 109 roubos a cargas.
Segundo o superintendente do Transcares, Mario Natali, os bons números são resultado de duas vertentes. A primeira são as medidas locais: criação pelo governo do Estado, por meio da secretaria de Segurança (Sesp), de um Grupo de Trabalho de Prevenção e Combate ao Roubo de Cargas, Lei Estadual 8.246/2006, alterada para 1.638/2017 e pioneira no combate à receptação de cargas roubadas e/ou oriundas de estelionato; e a criação da Delegacia Especializada de Crimes contra o Transportes de Cargas.
A segunda são as ações de capacitação de integração, como as reuniões bimestrais do Grupo de Trabalho da SESP, para estudos de casos, discussões e atualização das ocorrências no Estado; participação das forças policiais em eventos locais e regionais em outros segmentos para alinhamento de condutas e troca de informações; e a formulação da proposta de capacitação policial que ganhou o apoio da CNT. “Entendemos que sem cooperação vão vamos a lugar algum”, destacou ele, que voltou a falar sobre sua preocupação com a “migração natural dessa mancha criminal” e, portanto, da urgência na capacitação.
Participantes
O evento contou com a presença de representantes da Polícia Militar (PM), Polícia Civil (PC), Polícia Federal (PF), Polícia Rodoviária Federal (PRF), Guarda Portuária (GPORT,) Agência Brasileira de Inteligência (ABIN) e do subsecretário de Integração Institucional da Secretaria de Estado de Segurança Pública (SESP), Guilherme Pacífico.


A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Guarda Portuária e a Segurança Portuária em todo o seu contexto. A matéria veiculada apresenta cunho jornalístico e informativo, inexistindo qualquer crítica política ou juízo de valor.                                                                                           
* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.                                                                                                                          

                          

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos.