Postagem em destaque

COMPANHIA DOCAS PRETENDE AMPLIAR SEGURANÇA NO PORTO DE SANTOS

Autoridade Portuária de Santos planeja aumentar quantidade de câmeras de vigilância e adotar tecnologias mais modernas no cais Amplia...

LEGISLAÇÕES

quinta-feira, 6 de junho de 2019

0

RECEITA FEDERAL APREENDE 42 TONELADAS DE MERCADORIAS CONTRAFEITAS NO PORTO DE SANTOS



A maior parte da carga é composta por brinquedos
A Alfândega da Receita Federal no Porto de Santos finalizou a apreensão de 42 toneladas de mercadorias contrafeitas, avaliadas em R$ 7.973.226,55, acondicionadas em três contêineres, embarcadas no Porto de Ningbo, República Popular da China, todos destinados ao mesmo importador.
A maior parte da carga é composta por brinquedos dos mais variados tipos, ostentando marcas ou referindo-se a personagens protegidos por direitos de propriedade intelectual. Também foram apreendidas caixas de som.

Além de infringirem os direitos de propriedade intelectual, a entrada de tais produtos no mercado brasileiro afeta negativamente a economia, com concorrência desleal, perda de arrecadação, redução nos investimentos e desemprego. Tais produtos também afrontam o código de defesa do consumidor e podem colocar em risco a saúde e a segurança dos consumidores.

A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Guarda Portuária e a Segurança Portuária em todo o seu contexto. A matéria veiculada apresenta cunho jornalístico e informativo, inexistindo qualquer crítica política ou juízo de valor.                                                                                             
* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos.