Postagem em destaque

TERRORISMO PSICOLÓGICO NO PORTO DE SANTOS

Guardas portuários foram obrigados a dobrar a sua jornada de trabalho. No dia 27 de outubro, vários guardas portuários foram obrigado...

LEGISLAÇÕES

segunda-feira, 2 de dezembro de 2019

0

MARINHA DO BRASIL REALIZA SIMULADO NO PORTO DO ITAQUI


Exercício, com participação de 150 homens, contou com o apoio da Guarda Portuária.
Nos dias 19 e 20 de novembro, o Porto do Itaqui, no Maranhão, recebeu o Comando do 4º Distrito Naval da Marinha do Brasil para realização de um exercício simulado de defesa. A ação teve por objetivo manter o preparo dos militares da Capitania dos Portos do Maranhão para atuar em situações de crise. Durante a realização do simulado as operações no Porto do Itaqui seguiram normalmente.
Para esse simulado, com participação de fuzileiros navais, foram utilizados os navios de patrulha (para controle de área marítima) Bracuí e Guanabara, além de duas aeronaves da Marinha. Ao todo o simulado contou a participação de 150 homens, entre fuzileiros navais e militares treinados para ações terrestres e aéreas, com apoio da Guarda Portuária do Porto do Itaqui. O grupo montou alojamento na área primária do porto público e atuou em turnos.
O último dia de atividades do simulado contou com atracação de navio patrulha e descida de helicópteros na área primária do porto. O exercício simulou a atuação dos fuzileiros por mar e pelo ar, numa ocupação que chamou a atenção dos trabalhadores portuários.
“Essa parceria entre as Autoridades Marítima e Portuária é muito importante para manter sempre atualizado os nossos processos de controle e segurança. O Porto do Itaqui é um território estratégico para o Brasil e ações como essa reforçam a nossa visão de porto seguro e sustentável”, afirmou o presidente do Porto do Itaqui, Ted Lago.
Para este simulado, batizado pela Marinha como Operação DEPORTEX - Exercício de Defesa de Porto, o Itaqui recebeu o Comando do 4º Distrito Naval da Marinha do Brasil. A ação, com objetivo de manter o preparo dos militares da Capitania dos Portos do Maranhão para atuar em situações de crise, foi realizado com o cuidado de não interferir nas operações do porto, que seguiram normalmente.
Segundo o capitão dos portos do Maranhão, capitão de Mar e Guerra Marcio Ramalho Dutra e Mello, a operação teve como propósito testar o planejamento inicial, verificar o grau de aprestamento e prontidão das unidades, a preservação do patrimônio portuário, a partir da realização de exercícios específicos, tais como: controle de distúrbio civil, incursões e ataques simulados, controle de avarias, entre outros.
O exercício é uma atividade de atualização do plano de segurança que integra as tarefas da Autoridade Marítima e vem sendo realizado em todos os portos públicos do país. Neste ano o Porto de Alagoas também recebeu o treinamento.



A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Guarda Portuária e a Segurança Portuária em todo o seu contexto. A matéria veiculada apresenta cunho jornalístico e informativo, inexistindo qualquer crítica política ou juízo de valor.                                                                                             
* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos.