Postagem em destaque

FIQUE EM CASA!

A Guarda Portuária está trabalhando nos portos brasileiros para garantir a seguranças nas nossas fronteiras marítimas. ...

LEGISLAÇÕES

segunda-feira, 3 de fevereiro de 2020

0

GUARDA PORTUÁRIA PARTICIPA DE TREINAMENTO PARA IDENTIFICAR DOCUMENTOS FALSOS



Capacitação foi ofertada pelo Departamento de Segurança da Embaixada dos Estados Unidos em parceria com a Polícia Militar.
Guardas portuários e agentes da Unidade Administrativa de Segurança Portuária (UASP) da empresa pública Portos do Paraná, que administra os portos de Paranaguá e Antonina, participaram de treinamento para detectar fraudes em documentos de viagens. A capacitação foi ofertada pelo Departamento de Segurança do Corpo Diplomático dos Estados Unidos no Brasil.

O aprendizado será usado no trabalho diário de verificação dos certificados apresentados por tripulantes, visitantes e trabalhadores, no acesso às áreas portuárias e em eventuais abordagens.
De acordo com o chefe da Guarda Portuária, major Cesar Kamakawa, o treinamento é direcionado para a Polícia Federal, Receita Federal e para instituições de Segurança Pública que têm contato com estrangeiros. “São instruções teóricas e práticas de identificação falsa, principalmente em relação a passaportes”, disse.
Todos os dias, cerca de 3 mil pessoas entram e saem do cais público e do píer de inflamáveis do Porto de Paranaguá. Os documentos são apresentados no credenciamento, que inclui ainda a biometria e registro fotográfico. “Cada tipo de documento apresenta marcas de segurança e é preciso atenção aos detalhes para evitar fraudes”, afirma.

A Guarda Portuária também faz abordagens eventuais, quando necessário, em que solicita a documentação e identificação individual. “Se algum tripulante deixou a embarcação ou esteja clandestinamente em outro ponto da cidade perambulando ou tentando embarcar igualmente clandestino, nesse momento a Guarda vai pedir a documentação e, de imediato, será possível reconhecer se há alguma adulteração”, explica Kamakawa.
O Curso
As aulas aconteceram nos dias 15 e 16 de janeiro na Academia da Polícia Militar do Guatupê, em São José dos Pinhais. Todo o curso foi ministrado por Adrian Díaz e Patrick Grey, investigadores de Segurança Regional do Serviço de Segurança do Corpo Diplomático dos Estados Unidos.
Além de Kamakawa, representaram a Guarda Portuária o subchefe Romeu Jesus Canedo da Silva e os guardas Adriano Pablo Galvão, João Nunes, Amilton Gomes Lourenço, Glaucio Marques e Douglas Batista Salgueiro.


A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Guarda Portuária e a Segurança Portuária em todo o seu contexto. A matéria veiculada apresenta cunho jornalístico e informativo, inexistindo qualquer crítica política ou juízo de valor.      
                                                                                       
* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos.