Postagem em destaque

MINISTÉRIO DO TRABALHO CONSTATA DESCASO COM A GUARDA PORTUÁRIA NO PORTO DE SÃO SEBASTIÃO

  A Companhia Docas deverá comprovar medidas no sentido promover a abertura de processo seletivo para contratação de Guardas Portuários. A...

LEGISLAÇÕES

terça-feira, 10 de novembro de 2020

0

RECEITA FEDERAL APREENDE 767 KG DE COCAÍNA NO PORTO DO RIO DE JANEIRO

 


Operação teve o apoio da Polícia Federal (PF) e da Coordenadoria de Operações e Recursos Especiais (Core) da Polícia Civil.

Na última sexta-feira (06), a Receita Federal do Brasil (RFB), com o apoio da Polícia Federal (PF) e da Coordenadoria de Operações e Recursos Especiais (Core) da Polícia Civil apreendeu 767 kg de cocaína no Terminal da MultiRio, no Porto do Rio de Janeiro.

A operação também ocorreu nos portos secos no Caju, na Região Metropolitana do estado.

Cães de faro do Core auxiliaram na localização da droga (Foto: Reprodução RJTV)

De acordo com o chefe da Divisão de Repressão ao Contrabando da Receita, Ewerson Chada, a Receita Federal, que já tinha sido avisada que em julho e outubro deste ano, dois carregamentos com esse mesmo tipo de droga saíram do Porto do Rio e foram apreendidos no destino final na Europa.

Os agentes federais desses países alertaram à Alfândega do Rio que ficou atenta a outra remessa desse tipo com as mesmas pessoas envolvidas. A carga foi contratada por uma empresa de mineração de Minas Gerais que trouxe o carregamento em carretas e acondicionadas em contêineres para seguir de navio para a Europa.

Segundo as investigações, depois que criminosos perderam duas cargas no Porto de Roterdã, na Holanda, este ano, eles optaram em mudar a rota para o Porto da Antuérpia, na Bélgica, e quatro contêineres com drogas seriam embarcadas numa carga de minério.

A droga foi localizada em contêineres e acondicionada, dividida em 700 tabletes, no interior dos big bags utilizados para o transporte do minério de ferro. Alguns tinham cinco invólucros plásticos com 30 tabletes cada um.

 Alguns big bags tinham cinco invólucros plásticos com 30 tabletes cada um (Foto: Reprodução RJTV)

De acordo com as autoridades quilo da cocaína estaria valendo entre 40 e 45 mil euros na Bélgica.

O entorpecente apreendido foi encaminhado à Superintendência da Polícia Federal no Rio de Janeiro, que prosseguirá com as investigações.



A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Guarda Portuária e a Segurança Portuária em todo o seu contexto. A matéria veiculada apresenta cunho jornalístico e informativo, inexistindo qualquer crítica política ou juízo de valor.                                                                      

* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos.