Postagem em destaque

CODESA DESRESPEITA DECISÃO JUDICIAL E CANCELA CONCURSO DA GUARDA PORTUÁRIA

  A última etapa do Concurso, o Curso de Formação foi postergado por anos No dia 22 de dezembro foi publicado no Diário Oficial da União (DO...

LEGISLAÇÕES

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2021

0

RECEITA FEDERAL REALIZA PRIMEIRA APREENSÃO DE COCAÍNA DO ANO NO PORTO DE ITAPOÁ

 

Foram apreendidos 45 kg da droga no motor de refrigeração de um contêiner

No último sábado (13) a Receita Federal do Brasil (RFB) apreendeu 45 kg de cocaína no Porto de Itapoá, no litoral de Santa Catarina.

Em ação conjunta com a Polícia Federal (PF), os servidores da RFB encontraram a droga após o alerta do capitão do navio de que o motor de refrigeração de um contêiner estava apresentando sinais de mau funcionamento.

A carga havia sido embarcada no Porto de Paranaguá (PR), e a suspeita é de que a droga tenha sido introduzida no motor que fica acoplado à parte externa do contêiner após a inspeção por scanner realizado pela RFB naquele porto.

O contêiner frigorífico tinha como destino o Porto de Hamburgo, na Alemanha. Em um dos tabletes de cocaína foi encontrado um dispositivo rastreador, que possibilita aos criminosos acompanhar à distância a localização da carga.

Esta foi a primeira apreensão de cocaína realizada pela RFB no Porto de Itapoá este ano. No ano passado, os servidores da Alfândega da Receita Federal em São Francisco do Sul, que tem jurisdição sobre o porto, impediram a exportação de cerca de 4,3 toneladas de cocaína que tinham em sua maioria como destino final a Europa, onde um quilo de cocaína com alto grau de pureza pode valer até R$ 200 mil.


A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Guarda Portuária e a Segurança Portuária em todo o seu contexto. A matéria veiculada apresenta cunho jornalístico e informativo, inexistindo qualquer crítica política ou juízo de valor.    

* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos.