Postagem em destaque

CDRJ É CONDENADA A PAGAR DANOS MORAIS POR NÃO RENOVAR O PORTE DE ARMAS DE UM GUARDA PORTUÁRIO

  O magistrado assinalou que, ao proceder assim, a CDRJ expôs a vida e a integridade física do trabalhador a risco A Companhia Docas do Ri...

LEGISLAÇÕES

terça-feira, 12 de abril de 2022

0

POLÍCIA FEDERAL APREENDE 1,3 TONELADA DE COCAÍNA EM EMBARCAÇÃO NO SERGIPE

 

Escuna apreendida com droga — Foto: Rafael Carvalho/TV Sergipe

Três homens foram presos em flagrante por tráfico de drogas

A Polícia Federal (PF) apreendeu, no dia 28 de março, cerca de 1,3 tonelada de cocaína no interior de uma embarcação  interceptada pela Marinha do Brasil (MB), em fiscalização de rotina no Rio Sergipe, no município da Barra dos Coqueiros, região metropolitana de Aracaju, no estado do Sergipe.

Fiscalização

De acordo com uma fonte do Portal Imprensa1, a embarcação estava à deriva em alto mar, na costeira do Estado de Sergipe quando os seus ocupantes pediram ajuda de socorro ao barco pesqueiro que navegava com destino ao município sergipano de Barra dos Coqueiros.

Os homens que estavam na embarcação disseram que estavam com problemas no funcionamento da Escuna Mestre Alípio e, depois de alguns testes, foi descoberto que o problema era no motor. Ao ser rebocado até o antigo atracadouro das balsas do município da Barra dos Coqueiros, uma caminhonete da Marinha do Brasil se aproximou para realização de fiscalização de rotina.

Os militares da Capitania dos Portos de Sergipe ao entrarem na escuna e verificarem a documentação da embarcação, perceberam sacolas estranhas no assoalho e várias caixas de isopor, foi quando a cocaína foi encontrada.

Dos seis ocupantes da embarcação, três fugiram antes da Polícia Federal se aproximar do barco veleiro e os outros três que ficaram, foram presos por tráfico de drogas. Segundo a PF, a embarcação tinha saído da Bahia com destino ao Estado do Pará.

Atendendo solicitação da Capitania dos Portos, o barco pesqueiro voltou a rebocar o veleiro para o atracadouro da Marinha, localizado as margens do Rio Sergipe, beirando a Avenida Ivo do Prado, em Aracaju e a droga, vou levada para sede da Polícia Federal, no bairro Ponto Novo.

A PF estima que valor do entorpecente apreendido seja de aproximadamente R$ 65 milhões. Os tabletes tinham o logotipo de uma coroa dourada com três letras F (FFF).

Os envolvidos devem responder por associação para o tráfico e tráfico de drogas, cujas penas, se somadas, podem ultrapassar os 25 anos de reclusão.



A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Segurança Portuária em todo o seu contexto. A matéria veiculada apresenta cunho jornalístico e informativo, inexistindo qualquer crítica política ou juízo de valor.      

* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos. Caso não tenha conta no Google, entre como anônimo mas se identique no final do seu comentário.