Noticias e artigos em tudo que envolve a segurança nos portos do Brasil

Postagem em destaque

AUTORIDADE PORTUÁRIA DE SANTOS PUBLICA EDITAL DE CONCURSO PARA A GUARDA PORTUÁRIA

As inscrições serão aceitas durante os dias 1º de abril a 06 de maio. A data prevista para a prova é 23 de junho A Autoridade Portuária de...

LEGISLAÇÕES

terça-feira, 2 de maio de 2023

0

NAVIO-PATRULHA DA MARINHA CHEGA AO PORTO DE SANTOS

 

O navio-patrulha Maracanã, da Marinha do Brasil, terá como sede o Porto de Santos

Totalmente construído no Brasil, o navio-patrulha Maracanã, da Marinha do Brasil, terá como sede o Porto de Santos. A embarcação integra o Comando do Grupamento de Patrulha Naval do Sul-Sudeste, no litoral dos estados de São Paulo e Paraná.

Na primeira atracação, ocorrida no dia 20 de abril, houve muita festa no cais da Marinha. No cotidiano, sobram atividades, sempre de olho na proteção da vida humana no mar. “Nosso trabalho será voltado ao combate de ilícitos, em especial a pesca ilegal, e também ao narcotráfico, apoiando operações da Polícia Federal e da Receita Federal, visando defender os interesses nacionais, em especial do Porto de Santos”, detalha o comandante do navio, o capitão de corveta Raphael Saidel da Costa.

Com 35 tripulantes de diversas partes do Brasil, sendo 30 praças e cinco oficiais, o Maracanã é novíssimo. Ele foi entregue ao Comando de Operações Navais em 2 de dezembro do ano passado. Com tecnologia majoritariamente brasileira, a embarcação de 54,2 metros de comprimento marca a retomada da construção naval no Arsenal de Marinha do Rio de Janeiro.

Tecnologia

Entre os aparatos, destacam- se moderno canhão de 40 mm, fabricado na Suécia e que alcança 12 km de raio de ação, duas metralhadoras de 20 mm, além de radares e sensores de última geração. O navio possui condição de dez dias de autonomia no mar e é capaz de desenvolver até 21 nós de velocidade, o equivalente a cerca de 40 km/h.

“Essa alta velocidade desenvolvida nos favorece na nossa patrulha naval, além de ser uma embarcação de casco rígido que dá maior segurança à nossa missão”, explica o comandante. “É um orgulho fazer parte da tripulação de um navio tão novo, com excelente estrutura e recursos”, emenda.

O Maracanã se une aos navios-patrulha Guajará e Guaporé. O quarto da série será o Mangaratiba, que deve ficar pronto entre 2025 e 2026. “A construção está avançada, em cerca de 40%. O alto escalão da Marinha estuda a melhor localização”, diz o comandante.

Valorização

Capitão dos Portos de São Paulo, o capitão de mar e guerra Robledo de Lemos Costa e Sá valoriza a presença da embarcação em Santos. “Isso confere à Cidade a importância na qual ela se insere no País, de ser a que abriga o maior porto da América Latina. A Marinha percebeu isso e está incrementando sua presença nessa área estratégica do Litoral Paulista”.

Fonte: Jornal A Tribuna


Esta publicação é de inteira responsabilidade do autor e do veículo que a divulgou. A nossa missão é manter informado àqueles que nos acompanham, de todos os fatos, que de alguma forma, estejam relacionados com a Segurança Portuária em todo o seu contexto. A matéria veiculada apresenta cunho jornalístico e informativo, inexistindo qualquer crítica política ou juízo de valor.      

* Direitos Autorais: Os artigos e notícias, originais deste Portal, tem a reprodução autorizada pelo autor, desde que, seja mencionada a fonte e um link seja posto para o mesmo. O mínimo que se espera é o respeito com quem se dedica para obter a informação, a fim de poder retransmitir aos outros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários publicados não representam a opinião do Portal Segurança Portuária Em Foco. A responsabilidade é do autor da mensagem. Não serão aceitos comentários anônimos. Caso não tenha conta no Google, entre como anônimo mas se identique no final do seu comentário e insira o seu e-mail.