Postagem em destaque

PF FLAGRA PORTUÁRIOS COM PACOTES DE COCAÍNA NO CORPO PARA EMBARQUE EM NAVIO

Trabalhadores do Porto de Santos tentaram levar carregamento até navio atracado no cais, que foi cercado pela Guarda Portuária. Tablete...

sábado, 3 de março de 2012

0

SIGLAS DEFINIDAS NO ISPS-CODE

Com a adoção do ISPS-CODE, convencionou-se a adoção de algumas medidas e a adoção de algumas siglas, aqui explicadas:


 
SSP – Ship Security Plan - Plano de Proteção do Navio


Todo navio teria que ter um plano elaborado com vistas a garantir a aplicação de medidas, para proteger pessoas a bordo, cargas, unidades de transporte de cargas, provisões do navio ou o próprio navio dos riscos de um incidente de proteção.


PFSP – Port Facility Security Plan - Plano de Proteção das Instalações Portuárias


Toda Instalação Portuária teria que ter um plano elaborado para garantir a aplicação de medida para proteger a instalação, navios, pessoas, cargas, unidades de transporte de cargas e provisões do navio dentro da instalação portuária dos riscos de um incidente de proteção.
 


SSO – Ship Security Officer - Oficial de Proteção do Navio

Todo navio teria que ter uma pessoa a bordo, responsável perante o comandante, designado pela Companhia como a pessoa responsável pela proteção do navio, incluindo a implementação e manutenção do plano de proteção do navio, e pela ligação com o funcionário de proteção da companhia e os funcionários de proteção das instalações portuárias.


 
CSO – Company Security Officer - Funcionário de Proteção da Companhia

Toda Companhia deveria ter uma pessoa designada para garantir que seja feita uma avaliação de proteção do navio; que seja elaborado um plano de proteção do navio e que o mesmo seja submetido para aprovação e consequentemente implementado e mantido; e pela ligação com os funcionários de proteção das instalações portuárias e o oficial de proteção do navio.
 
OBS.: O Plano de Proteção e as avaliações dos navios foram feitas por Companhias credenciadas pela IMO.


PFSO – Port Facility Security Officer - Funcionário de Proteção das Instalações Portuárias – Supervisor de Segurança Portuária

Toda Instalação Portuária deveria ter uma pessoa designada como responsável pelo desenvolvimento, implementação, revisão e manutenção do plano de proteção das instalações portuárias e pela ligação com os oficiais de proteção do navio e os funcionários.
 
OBS.: O Brasil optou por credenciar companhias para fazerem a avaliação de risco e  o Plano de Segurança, no entanto, coube a CONPORTOS certificar as instalações.

 
Qualquer cidadão, mediante um cadastro público no sistema Gisis, no site da Imo, pode verificar se a instalação portuária é certificada, qual o seu número imo e os supervisores daquela instalação.

O Porto de Santos tem o registro IMO: BRSSZ-0014 e conta com dez supervisores cadastrados.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEGISLAÇÕES