Postagem em destaque

PF FLAGRA PORTUÁRIOS COM PACOTES DE COCAÍNA NO CORPO PARA EMBARQUE EM NAVIO

Trabalhadores do Porto de Santos tentaram levar carregamento até navio atracado no cais, que foi cercado pela Guarda Portuária. Tablete...

domingo, 22 de julho de 2012

0

GUARDAS PORTUÁRIOS RECEBEM TREINAMENTO DE ISPS CODE

GUARDA PORTUÁRIA / TREINAMENTO




Na última semana, no período de 16 à 20 de julho, os guardas portuários do Porto de Santos, vinculados a Companhia Docas do estado de São Paulo – CODESP, receberam treinamento de ISPS CODE - International Ship and Port Facílity Security Code.

O curso, nomeado como “Introdução ao ISPS CODE”, foi ministrado no Centro de Treinamento da CODESP pela Fundação de Estudos do Mar – FEMAR, credencia pela Diretoria de Portos e Costas – DPC, da Marinha do Brasil, patrocinado pelo Fundo de Desenvolvimento do Ensino Profissional Marítimo.

O curso apresenta uma introdução ao ISPS CODE abrangendo vários aspectos deste código internacional de segurança que foi criado pela Organização Marítima Internacional – IMO, após os atentados de 11 de setembro de 2001.

No curso foram discutidos os seguintes itens:

  • O Código ISPS e a Proteção Marítima
  • Incidentes de Proteção
  • Regulamentação Internacional
  • Estrutura do Código ISPS
  • Governo Contratante e Autoridade Marítima
  • Níveis de Proteção
  • Funcionário de Proteção da Companhia
  • Oficial de Proteção do Navio
  • Funcionário de Proteção da Instalação Portuária
  • Declaração de Proteção
  • Regulamentação Brasileira
  • Processo de Obtenção da Certificação
  • Política de Proteção da Companhia
  • Avaliação de Proteção
  • Plano de Proteção do Navio
  • Interface Navio-Porto
  • Ações de Proteção
  • Assegurar Desempenho dos Deveres de Proteção
  • Plano de Contingência
  • Equipamentos de Proteção
  • Atividades não Cobertas pelo Código ISPS

O Código ISPS foi promulgado com o objetivo de contribuir para o estabelecimento de uma estrutura internacional de proteção ao setor de transporte marítimo envolvendo tanto os navios como as instalações portuárias. Após a implementação das disposições contidas no Código ISPS, a sua gestão requer um treinamento constante.

No Brasil,  a DPC assumiu como autoridade responsável pela implementação e gestão na parte relativa a navios e a CONPORTOS – Comissão Nacional de Segurança Pública Portuária na parte relativa às instalações portuárias.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEGISLAÇÕES