Postagem em destaque

GUARDAS PORTUÁRIOS PARTICIPAM DE CURSO DE CAPACITAÇÃO PARA ADESTRAMENTO DE CÃES NO PARÁ

As instruções teóricas foram realizadas tanto em espaços ao ar livre quanto em sala, com apresentações em slides e considerações impor...

sexta-feira, 31 de agosto de 2012

1

MP INSTAURA INQUÉRITO NA CDP


SEGURANÇA PÚBLICA PORTUÁRIA / GUARDA PORTUÁRIA / DENÚNCIA


                                                                    Carlos José Ponciano da Silva

No dia 13 de agosto, o Diário Oficial do União,  publicou a PORTARIA Nº 294, DE 6 DE AGOSTO DE 2012, que  tem  por  objeto  denuncia  formulada  pelo  Sindicato da  Guarda Portuária do Pará indicando possíveis irregularidades na realização do contrato nº 037/2010, da Companhia das Docas do Pará-CDP, tendo como objeto serviços de iluminação externa do Terminal do Outeiro, no valor de R$ 1.301.480,00, instaurou INQUÉRITO  CIVIL PÚBLICO.

Após a instauração do Inquérito, requisitou à presidência da CDP a remessa de cópia integral do procedimento licitatório que gerou o contrato objeto deste ICP, bem como o instrumento contratual e as comprovações de execução do serviço e liberações de pagamentos.


                                                              Denúncias já haviam sido publicadas na imprensa

 
No mesmo dia, publicou a PORTARIA Nº 298, DE 6 DE AGOSTO DE 2012, que  tem  por  objeto  denuncia  formulada  pelo  Sindicato  da  Guarda Portuária do Pará indicando possíveis irregularidades na realização do contrato nº 022/2010, da Companhia  das  Docas  do  Pará - CDP,  tendo  como  a  elaboração  de  estudos  e  projetos complementares ao Terminal de Múltiplo Uso 2 - TMU 2, do Porto de Vila do Conde, no valor de R$ 640.000,00, que instaurou INQUÉRITO  CIVIL PÚBLICO.

Requisitou também à presidência da CDP a remessa de cópia integral do procedimento licitatório que gerou o contrato objeto deste ICP, bem como o instrumento contratual e as comprovações de execução do serviço e liberações de pagamentos.




Um comentário:

  1. TRABALHA-SE HOJE NUMA CIA OUTRORA CANTADA EM PROSA E VERSO, APESAR DE SEMPRE HAVEREM PERCALÇOS, COMO A CASA DA FAMÍLIA CEDEPEANA.
    COMO EM UMA FAMÍLIA, ACREDITO, OS PAIS E DEMAIS PARENTES SEMPRE HÃO DE QUERER O BEM DE TODOS NA CASA. E POR SEMPRE SE QUERER ESSE BEM, SEMPRE VINHA-SE, PARA ESTA, COM TODA DISPOSIÇÃO, POIS TINHA-SE A CERTEZA DE SE ESTAR INDO PARA UM LUGAR, CUJAS BENÇÃOS ERAM SEMPRE MAIORES QUE NOSSOS PROBLEMAS.
    PERCEBE-SE NOS EMPREGADOS DESTA CIA HOJE A TRISTEZA, INDIGNAÇÃO E REVOLTA, MAS, TAMBÉM, UM SENTIMENTO DE IMPOTÊNCIA, FRENTE A TANTOS ATOS ADMINISTRATIVOS, CUJA FINALIDADE, DENTRE OUTRAS, É REVANCHISTA COMO TAMBÉM, RETALIAR E SER UMA REPRESÁLIA, APENAS PORQUE A MAIORIA DOS EMPREGADOS RESOLVEU QUERER, ATRAVÉS DA JUSTIÇA, E TARDIAMENTE, RECEBER APENAS PARTE DAQUILO QUE FAZEM JUS LEGALMENTE POR ANOS E ANOS DE SERVIÇOS PRESTADOS.
    IGUALMENTE, TAMBÉM, REVANCHISMO PORQUE OS SINDICATOS, O SINDIGUAPOR EM ESPECIAL, DENUNCIOU AS IRREGULARIDADES QUE VEM ACONTECENDO NESTA CIA.
    ESTAMOS COM CERTOS GESTORES DESUMANOS E INSENSÍVEIS À BOA CONVIVÊNCIA, CUJA BOA RELAÇÃO TAMBÉM SÓ TENDE A TRAZER MUITOS GANHOS PARA A EMPRESA. EMPRESA ESTA QUE TODOS NÓS SEMPRE ABRAÇAMOS COM MUITO AFETO TODOS ESSES ANOS E COM PRAZER E SATISFAÇÃO SEMPRE NOS ESFORÇAMOS EM MANTÊ-LA NO MAIS ELEVADO PATAMAR NO CENÁRIO PORTUARIO NACIONAL.

    ResponderExcluir

LEGISLAÇÕES