Postagem em destaque

GUARDA PORTUÁRIA PARTICIPA DO DESFILE DA INDEPENDÊNCIA

A Guarda Portuária voltou a participar após 35 anos de ausência. A última participação ocorreu em 1982 Ontem (07) a Guarda Portuár...

terça-feira, 20 de novembro de 2012

0

CONCURSO PARA PRATICANTE DE PRÁTICO


 
PRATICAGEM
 

É exigido ter completado curso de nível superior até 28 de agosto de 2013. O salário, dependendo do porto, pode chegar a R$ 130 mil mensais.



 

A Diretoria de Portos e Costas da Marinha abriu processo seletivo para 206 vagas de praticante de prático.

O praticante de prático é um aquaviário do grupo de práticos e se habilita como prático se concluir, com avaliação satisfatória, um programa de treinamento denominado Programa de Qualificação do Praticante de Prático, com duração mínima de 12 e máxima de 20 meses, e se for aprovado no Exame de Habilitação para Prático.

O praticante de prático e o prático não são militares ou servidores/empregados públicos, assim como não exercem função pública. O prático trabalha na iniciativa privada, normalmente de forma individual ou em grupo, sendo sua remuneração basicamente dependente dos serviços realizados para as empresas de navegação.

O prático assessora os comandantes de navios nacionais e estrangeiros, sendo responsável pelas manobras realizadas em portos brasileiros. A remuneração é variável e pode chegar a R$ 130 mil mensais, caso o porto seja bastante movimentado.
 
 

O prático entra em cena numa pequena lancha, que encosta no navio na entrada do porto. Já na cabine de comando do navio, o prático vê o movimento do porto, da maré, do vento, verifica instrumentos, faz cálculos e passa orientações. Ele então move o navio até que pare no cais sem nenhum arranhão. Concluído o trabalho, o prático recebe o pagamento.

O prático é certificado em apenas uma Zona de Praticagem (ZP), que é a área geográfica dentro da qual se realizam os serviços de praticagem.

Para serem praticantes de prático, os candidatos devem ser de ambos os sexos, com idade mínima de 18 anos até 3 de outubro de 2013; possuir curso de graduação (nível superior: bacharelado, tecnologia ou licenciatura) oficialmente reconhecido e concluído até 28 de agosto de 2013; ser aquaviário da seção de convés ou de máquinas e de nível igual ou superior a 4, prático ou praticante de prático até 28 de agosto de 2013 ou pertencer ao grupo de amadores, no mínimo na categoria de mestre-amador, até a data de encerramento das inscrições (26 de novembro de 2012), inclusive conforme a correspondência com as categorias profissionais estabelecida nas "Normas da Autoridade Marítima para Amadores, Embarcações de Esporte e/ou Recreio e para Cadastramento e Funcionamento das Marinas, Clubes e Entidades Desportivas Náuticas (NORMAM-03/DPC).

As vagas são para as Zonas de Praticagem de Itacoatiara (AM), Tabatinga (AM), Belém (PA), Complexo Portuário Vila do Conde e Adjacências (PA), Itaqui, Alumar e Ponta da Madeira (MA), Fortaleza e Pecém (CE), Areia Branca (RN), Natal (RN), Cabedelo (PB), Recife e Suape (PE), Maceió e Terminal Químico (AL), Redes e Terminal Marítimo Inácio Barbosa (SE), Salvador, Portos e Terminais da Baía de Todos os Santos (BA), Ilhéus (BA), Vitória, Tubarão, Praia Mole, Barra do Riacho e Ubu (ES), Rio de Janeiro, Niterói, Sepetiba, Ilha Guaíba, Ilha Grande (Tebig), Angra dos Reis, Forno, Açu, Barra do Furado e Macaé (RJ), Santos, Baixada Santista, São Sebastião e Tebar (SP), Paranaguá e Antonina (PR), São Francisco do Sul (SC), Rio Grande (RS), Lagoa dos Patos, Rios, Portos e Terminais Interiores (RS), Itajaí e Navegantes (SC) e Imbituba (SC).

As inscrições serão realizadas, exclusivamente, no site www.dpc.mar.mil.br, no link "Processo Seletivo à Categoria de Praticante de Prático/2012", de 7 a 26 de novembro. O valor da taxa de inscrição é de R$ 250.

O processo seletivo é constituído de prova escrita; apresentação de documentos, seleção psicofísica e teste de suficiência física; prova de títulos; e prova prático-oral.

A aplicação da prova escrita será no dia 5 de janeiro de 2013, das 10h30 às 14h30, na cidade do Rio de Janeiro.

Fonte: G1
 
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEGISLAÇÕES