Postagem em destaque

GUARDA PORTUÁRIA PARTICIPA DO DESFILE DA INDEPENDÊNCIA

A Guarda Portuária voltou a participar após 35 anos de ausência. A última participação ocorreu em 1982 Ontem (07) a Guarda Portuár...

sábado, 23 de março de 2013

0

EMBARCAÇÃO COM DUAS TONELADAS DE COCAÍNA É APREENDIDO NO ATLÂNTICO





Uma embarcação com quase duas toneladas de cocaína foi apreendida no Oceano Atlântico, a caminho do norte de Portugal ou da Galiza, numa operação conjunta das autoridades de Espanha, Portugal e Inglaterra, que conduziu à detenção de nove suspeitos de tráfico.

Em conferência de imprensa, o diretor geral da Polícia Espanhola, Ignacio Cosidó, explicou hoje que o barco, que partiu da Venezuela, foi abordado em alto mar, a cerca de 700 milhas a sudoeste de Cabo Verde, na madrugada do passado dia 15 de março.

Segundo o responsável, a cocaína tinha como destino ou o norte de Portugal ou a Galiza, em Espanha, para ser vendida em Espanha e em outros países da Europa.

Entre os cinco tripulantes detidos - quatro brasileiros e um coreano - encontrava-se "um importante líder" do narcotráfico venezuelano. Entretanto, adiantou, foram detidos mais quatro alegados elementos do grupo na cidade do Porto.

No barco, foram ainda encontrados 200 mil dólares em dinheiro, sendo que metade do valor seria para pagar ao capitão e o restante para a tripulação do barco, um pesqueiro de nome Pacífico.

A operação denominada "Penajara" resultou de uma investigação conjunta da Polícia Judiciária portuguesa e da agência britânica contra o crime organizado -- SOCA.

A operação iniciou-se em Portugal, onde especialistas na luta contra o narcotráfico dos três países identificaram a presença de vários traficantes na cidade do Porto, com o objetivo de planear o transporte, por via marítima, de uma significativa quantidade de drogas.


Fonte: Record - Portugal

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEGISLAÇÕES