Postagem em destaque

GUARDAS PORTUÁRIOS DENUNCIAM DIMINUIÇÃO DO EFETIVO E SUPRESSÃO DE POSTOS NO PARÁ

O quadro caótico vem comprometendo sensivelmente a segurança pública nos portos do Pará No dia 27 de janeiro, uma petição assinada...

sexta-feira, 29 de março de 2013

1

GUARDA PORTUÁRIA FOI REPRESENTADA NA 7ª MARCHA DAS CENTRAIS SINDICAIS







Ange Biniou, guarda portuário e diretor do Sindicato dos Portuários do Rio de Janeiro foi um dos nossos representantes na 7ª Marcha das Centrais Sindicais e Movimentos Sociais, realizada no dia último dia 06, em Brasília.

Na ocasião, mais de 50 mil trabalhadores tomaram o Eixo Monumental e a Esplanada dos Ministérios com direção ao Congresso Nacional onde fizeram ato público pelo desenvolvimento e valorização do trabalho.
  



“Na lei 8.630 nós éramos citados, enquanto na nova Medida sequer é citado a Guarda Portuária, então a gente fica preocupado quando acontece isto, porque o Governo já tentou por diversas vezes terceirizar esta atividade, só que é uma atividade fim, uma atividade pública que não pode ser terceirizada, inclusive é inconstitucional o que o Governo está querendo fazer com as Guardas Portuárias, então a gente está protestando contra esta medida que está prejudicando enormemente toda a categoria portuária e mais especificamente o seguimento da Guarda Portuária”, declarou Biniou ao ser entrevistado pela agência T1.

Veja o Vídeo:









Um comentário:

  1. PRTICIPAÇÕES COMO ESSA FORAM DECISIVAS PARA A MANUTENÇÃO DA GUAPOR NA NOVA LEI DOS PORTOS.

    PARABÉNS AO NOBRE GP BINIOU E AOS DEMAIS QUE ESTIVERAM NA MARCHA PELO ENGAJAMENTO E REPRESENTATIVIDADE DA CATEGORIA.

    ResponderExcluir

LEGISLAÇÕES