Postagem em destaque

CONPORTOS CASSA CERTIFICADO DE SEGURANÇA DOS TERMINAIS DA RODRIMAR NO PORTO DE SANTOS

Comissão Estadual de Segurança Pública nos Portos encontra falhas nos sistemas de segurança desde 2016 e a empresa não apontou soluçõe...

domingo, 25 de agosto de 2013

0

DPC CREDENCIA CENEP PARA MINISTRAR CURSOS PARA PORTUÁRIOS



Com o credenciamento, o CENEP pode oferecer cursos relacionados à atividade portuária.

 



A Fundação Centro de Excelência Portuária de Santos (CENEP) foi credenciada para ministrar cursos para trabalhadores portuários pela Diretoria de Portos e Costas (DPC) da Marinha do Brasil. Com o credenciamento, o CENEP pode oferecer cursos relacionados à atividade portuária como “operação de transtêiner” e “básico de inglês técnico para portuários”, dentre os mais de 40 cursos destinados a portuários, quando estes forem solicitados pelo Órgão Gestor de Mão de Obra (OGMO) de Santos e aprovados pelo DPC.

A portaria nº 236/DPC, que oficializa o credenciamento, define sua validade até 31 de dezembro de 2015 e foi publicada ontem (19/8/2013). O documento possibilita ao CENEP oferecer cursos relacionados pelo volume II da NORMAM 30 (Norma da Autoridade Marítima), específico para portuários. A demanda de cursos é enviada pelo OGMO Santos, órgão responsável por lei por identificar as necessidades de treinamento do trabalhador portuário avulso no Porto de Santos. A DPC publica a lista dos cursos aprovados em NORMAM.

“Quando a DPC aprova cursos solicitados pelo OGMO Santos, são liberados recursos do Programa do Ensino Profissional Marítimo (Prepom) para a entidade indicada pelo OGMO contratada ou conveniada, responsável pela ministração dos cursos que integram o Programa de acordo com as necessidades apontadas pelo OGMO”, explica o presidente da Fundação CENEP, Esmeraldo Tarquínio Neto.

Cabe destacar o trabalho desenvolvido pela Fundação CENEP/Santos no último ano, que envolveu a capacitação de um número expressivo de trabalhadores e a assinatura de convênios e acordos de cooperação com o mesmo objetivo. Dois convênios, sendo um de cooperação técnica e outro Operacional, foram firmados com a Rumo Logística, objetivando a ampliação e o desenvolvimento da Fundação e prevendo a doação de mobiliário e equipamentos, e com a Prefeitura Municipal de Santos, para apoio à operacionalização administrativa e funcional da entidade, neste caso, não envolvendo treinamento, apenas para a aquisição de material e prestação de serviços.

Ainda em 2012, o CENEP renovou termo de Cooperação Técnica com a Praticagem de Santos, visando à manutenção e o funcionamento do setor pedagógico da Fundação. Deu continuidade ao termo de compromisso estabelecido com o OGMO e o Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte (SENAT), a fim de definir os procedimentos para a continuidade do Programa Via Rápida, no que se refere ao treinamento na área de operação de empilhadeiras de grande porte. Referido programa foi concluído. O CENEP firmou, também, termo de cooperação com a Brasil Terminal Portuário (BTP) e o OGMO para seleção e capacitação em equipamento simulador de operação portuária.

Com relação à capacitação, um total de 2.289 trabalhadores portuários foram capacitados no ano passado, durante realização de cursos para Trabalhadores Portuários Avulsos (TPA), somando 76.639 horas de treinamento. E para terminais e operadores portuários, foram desenvolvidos cursos para: operação de pás-carregadeiras; conferência em operações de granéis sólidos; logística de terminais de contêineres; procedimento operacional padrão em manobra com vagões; e instrução e pré-seleção para capacitação em  equipamento simulador de operações portuárias.

No âmbito internacional, foi desenvolvido Projeto de Cooperação intitulado “Fortalecimento Institucional do Setor Portuário do Benim”, entre o Ministério das Relações Exteriores (MRE)/Agência Brasileira de Cooperação; a CODESP; o Ministério das Relações Exteriores, da Integração Africana, da Francofonia e dos Beninenses no Exterior; e o Porto Autônomo de Cotonou.  Trata-se de um Projeto-piloto estruturado em 4 módulos, cada um deles dividido em duas fases (uma no Benim e outra no Brasil).

Em novembro de, foi realizada a primeira fase do Módulo I – Gestão Portuária, no Benim, com a capacitação de 28 técnicos indicados pela Autoridade Portuária de Cotonou. O módulo II (Gestão Portuária II – com ênfase em Logística Portuária) foi realizado em junho passado e os módulos III e IV (Gestão Portuária II – com ênfase em Logística Portuária, Gestão de Segurança, Saúde Ocupacional e Meio Ambiente e Marketing Portuário) serão desenvolvidos até 2014.

 

Fonte: CODESP
 
 
 
 
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEGISLAÇÕES