Postagem em destaque

GUARDAS PORTUÁRIOS PARTICIPAM DE CURSO DE CAPACITAÇÃO PARA ADESTRAMENTO DE CÃES NO PARÁ

As instruções teóricas foram realizadas tanto em espaços ao ar livre quanto em sala, com apresentações em slides e considerações impor...

domingo, 20 de outubro de 2013

0

PORTO DE SANTOS SERÁ CONTEMPLADO COM PROGRAMA DE QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL





O Porto de Santos será contemplado com um programa de formação e qualificação profissional do Governo Federal, o Pronatec - Programa Nacional de Treinamento e Capacitação - do Plano Brasil Maior. A iniciativa é um trabalho conjunto entre a Secretaria de Portos da Presidência da República (SEP/PR), através do Departamento de Revitalização Portuária, e o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), através do Departamento de Tecnologias Inovadoras, de forma a assegurar, para o ano de 2014, matrícula nos cursos oferecidos aos trabalhadores portuários. O Programa foi criado em parceria com o MDIC no início de 2013.

No momento, está previsto o levantamento da demanda por qualificação do setor portuário de forma organizada, incluindo tanto a requalificação de trabalhadores em atividade, quanto à formação de trabalhadores para ocupação de novas vagas, ressaltando que todos os cursos são gratuitos.

Já ocorreram apresentações do Pronatec Portuário, incluindo reuniões nas sedes do MDIC e da SEP, realizadas em Brasília  para os Portos de Santos e Fortaleza, além de oficina no CENEP, em Santos, dias 3 e 4 de outubro, onde estavam presentes, a Autoridade Portuária e representantes da comunidade portuária.

O Pronatec foi criado como um programa de formação e qualificação profissional do Governo Federal cuja principal missão é a solução dos gargalos de recursos humanos em setores estratégicos da economia nacional identificados pelo PBM.

No caso de Santos e Fortaleza o Programa será realizado no CENEP/Santos e CVT/Fortaleza, ministrado por professores de cursos do Sistema S, dos Institutos Federais e Estaduais de ensino, sendo que o único perfil exigido é que o aluno busque a qualificação em áreas identificadas como de maior carência nos setores estratégicos do Plano Brasil Maior.

Para realização da identificação das demandas desenvolve-se um trabalho de parceria entre Autoridade Portuária, Cenep – Centro de Excelência Portuária, CVT – Centro de Valorização Tecnológica, Operadores Portuários e o Órgão Gestor de Mão-de-Obra - Ogmo. Esta identificação também poderá prever as reais necessidades, especialmente no que se refere às estimativas de futuras contratações do setor.

Tais ações, que buscam maior eficiência, segurança, qualidade e produtividade no trabalho portuário, foram iniciadas com a busca de um melhor entendimento das peculiaridades, dificuldades e demandas afetas a capacitação dos trabalhadores portuários, estabelecendo, para isto, um trabalho conjunto com as diversas entidades envolvidas.

As ações necessárias para harmonizar e implementar as iniciativas de capacitação do trabalhador portuário, sob as disposições do novo marco regulatório para o setor portuário, são orientadas pela participação intersetorial e interinstitucional, fomentando instalação de Centros de Treinamento Profissional, a exemplo do que já ocorre em Santos com o Cenep, ou similar em cada porto, estabelecendo parceria estratégica com federações de trabalhadores e patronais.

 

Fonte: SEP - Ascom Codesp






Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEGISLAÇÕES