Postagem em destaque

GUARDA PORTUÁRIA PARTICIPA DO DESFILE DA INDEPENDÊNCIA

A Guarda Portuária voltou a participar após 35 anos de ausência. A última participação ocorreu em 1982 Ontem (07) a Guarda Portuár...

sábado, 16 de novembro de 2013

2

PRESIDENTE DA CDP IGNORA PERÍCIA TÉCNICA E SUSPENDE PROCESSO DE ARAPONGAS





Mesmo com a conclusão da perícia realizada nos computadores da Companhia Docas do Pará (CDP), utilizados, um na Gerência de Segurança (GERSEG) e outro na Administração do Terminal Petroquímico de Miramar, confirmarem que ocorreu espionagem contra Olívio Antônio Palheta Gomes, Diretor de Administração e Finança (DIRAFI), Carlos José Ponciano, presidente da CDP suspendeu os trabalhos da Comissão que apurava o Processo Administrativo Disciplinar (PAD) dos empregados envolvidos.

Nunca antes, na história dos 46 anos de existência da CDP, se viu um presidente ser suspeito de tantos atos de irregularidade. Depois de recaírem sobre ele suspeita de atos de improbidades, falta de ética, autoritarismo, desmandos, desrespeitos aos empregados, demais diretores e a própria lei, com denúncias feitas pelos empregados e sindicatos ao Ministério Público Estadual, Federal e a Casa Civil da Presidência da República, Ponciano se vê agora em outra atitude suspeita.

Não obstante a todas as decisões tomadas pela Diretoria Executiva da CDP (DIREX), em reunião realizada em março que, por unanimidade, exoneraram o Gerente de Segurança (GERSEG), Gílson André Ferreira da Silva e o Administrador do Terminal Petroquímico de Miramar (ATEMIR) Aílton Abadessa da Silva , ambos por espionagem, e o segundo, também por extorsão, com abertura de PAD em rito sumário para demissão e execução penal dos mesmos, Carlos José Ponciano da Silva enviou ofício ao Ministro dos Portos informando o cancelamento.

Esses dois empregados, sem ordem judicial, estavam desviando suas finalidades na empresa, utilizando o tempo em que deveriam estar prestando serviço a mesma, usando os equipamentos da CDP para fazer dossiê contra o diretor financeiro, tudo porque este denunciou em reunião DIREX os atos de improbidades e perseguições aos empregados que esses dois arapongas vinham cometendo.
 
Leia também:

Passados cinco meses da exoneração desses arapongas e atendendo solicitação da própria diretoria da CDP, o Centro de Perícias Científicas “Renato Chaves” do Instituto de Criminalística do Governo do Estado do Pará, expediu laudo no dia 06 de setembro de 2013, assinado pela perita criminal Glenda Cristiane de Araújo e Souza, onde conclui que nas CPU’s do GERSEG e do ATEMIR foram criados e estavam sendo mantidos arquivos sobre a vida pessoal de Olívio.

Mesmo assim, no dia 16 de outubro de 2013, através de resolução, o presidente da CDP resolve suspender o PAD que apurava a arapongagem feita por esses dois empregados, informando inclusive ao ministro da SEP sobre essa suspensão, transferindo a este a responsabilidade de continuar ou não com esse PAD, enquanto para os demais empregados da CDP este mesmo presidente continua a abrir e manter mais de 50 processos, os mais absurdos possíveis, tendo em vista querer demitir a todos que combatem os seus atos de truculência e irregularidades administrativas a frente da CDP. 

Diretor Financeiro sofre retaliações

Novo dossiê tem sido armado contra o Diretor Financeiro, que segundo ele é pelo que fez contra dois empregados da CDP ao denunciá-los na reunião da Diretoria Executiva - DIREX - da CDP por má conduta com base na CLT e invasão de privacidade (arapongagem), além de serem pessoas de má índole que viviam perseguindo os empregados da Guarda Portuária e do Terminal Petroquímico de Miramar.

Cancelamento gera suspeita

Em virtude do cancelamento do processo, mesmo depois da perícia realizada, muitos empregados da CDP acreditam ser Ponciano o mandante da espionagem, atitude habitual de quem é vêm do regime militar, da época da ditadura.
 

De forma inexplicável, Ponciano já tinha exonerado o Gerente de Tecnologia e Informação (GERTIN), justo ele que foi o responsável por fazer as varreduras nos computadores da empresa e descobrir todas as falcatruas feitas pelo Gerente de Segurança – GERSEG.
O Diário do Pará, conceituado jornal daquele estado, já tinha colocado o atual presidente da Companhia Docas como suspeito na montagem do dossiê contra o Diretor Financeiro Olívio Palheta.









2 comentários:

  1. esse safado é mais um caso de interesses, esta a serviço da docas, mas pelo jeito há algo mais, esse ai é uma marionete, se ele faz isso aos colaboradores, teriam de averiguar de forma mais abrangente os atos administrativos do boneco em questao, infelizmente nossos governantes parecem alheios ao q deveriam ter como obrigaçao, e essa raça de consciencias mediocres, ainda se sentem seguros apos tanta arbitrariedade, prq no nosso pais a impunidade campeia a passos largos, se fosse um pais desenvolvido, com o povo realmente abonado de seus direitos, esse tipo de laia ja estaria na cadeia faz tempo, ou ja teria partido pro outro lado, prq ameaçar, manipular as pessoas como se fossem suas vaquinhas de presepio, prq pelo jeito apos tantas denuncias o memo ta la faceiro de ser um semvergonha, mas se os inqueritos de arapongagem do mesmo revelassem alguma irregularidade, a meu camarada, ai a lei funcionaria, infelizmente esse é mais um bosta qse garante com um cargo, agora moralmente é uma fraude de tantas outras q se tem conhecimento, e q no nosso presente continuam com suas omissoes e arbitrariedade, infelizmente essa corja e so fogo pra endireitar, mas somos homens de bem, que nao vamos macular nossa alma com um motivo tao futil e torpe, o preço deles vai ser cobrado, prq o homem sensato evita o confronto, mas se mesmo assim o inimigo persistir em sua açao danosa, devemos controlar ao inves de ferir, ferir ao inves de aleijar, e aleijar ao inves de matar, e matar somente para sobreviver, mas se tiver q matar, mate com crua eficiencia, nao de compaixao e nao peça nenhuma, e esses papagaios de pirata nao valem o pecado do homem de boa intençao, a corja q ele pleiteia, se nao servir mais, ele é mais descartavel do q nos, a lei dos homens nao e nada, ela abona, é conduzida unilateralmente, mas tudo tem um fim, mas em nosso pais ta dificil de aparecer alguem com honra, preparo e compromisso com o pais e o povo, ate la.... vamos firme na cadência. O tempo é o maior de todos os mestres, mas infelizmente mata todos os seus discipulos.

    ResponderExcluir
  2. ESSE ARTIGO, QUE PRIMA PELA DEFESA DO INTERESSE PÚBLICO, COMO TODOS OS DEMAIS AQUI VEICULADOS, É MAIS UM ENTRE TANTOS QUE AQUI JÁ FORAM PUBLICADOS, DANDO VISIBILIDADE A TANTAS IMPROBIDADES COMETIDAS NA CIA POR ESTE PRESIDENTE E SEUS DOIS HOMENS DITOS DE CONFIANÇA.

    ESSE É SÓ MAIS UM RETRATO DO GOVERNO FEDERAL QUE AINDA MANTEM, APÓS TANTAS DENÚNCIAS, ESTE PRESIDENTE DE DOCAS A FRENTE DESSA ESTATAL.

    UM GOVERNO, NESSA QUESTÃO PONTUAL, OMISSO, LENIENTE, CORPORATIVISTA E QUE AJUDA A OPRIMIR O POVO PORTUÁRIO HONESTO, HONRADO, TRABALHADOR E DIGNO DESSE PAÍS.

    ATT

    CILENO BORGES

    ResponderExcluir

LEGISLAÇÕES