Postagem em destaque

CONPORTOS ANUNCIA A DATA DA 17ª EDIÇÃO DO CURSO ESPECIAL DE SUPERVISOR DE SEGURANÇA PÚBLICA PORTUÁRIA – CESSP

O período de inscrição será de 17 de julho a 21 de agosto de 2017 Na última quarta-feira (12) a Comissão Nacional de Segurança Públi...

segunda-feira, 28 de abril de 2014

0

NAVIOS DE CRUZEIRO COMEÇAM A CHEGAR PARA A COPA EM 7 DE JUNHO


Navio MSC Divina hospedará torcedores mexicanos durante a Copa

Esse ano, a chance dos munícipes e turistas apreciarem a chegada dos navios de cruzeiros não terminou na sexta-feira (25), com o fim da temporada. Pela primeira vez, será possível acompanhar a passagem das embarcações em um período considerado "fora de época". Isso porque, a Copa do Mundo no Brasil vai trazer dois navios ao Porto de Santos em junho e julho.
Para aqueles que sonham com uma estação permanente, com os gigantes entrando e saindo do complexo santista o ano inteiro, será um momento de realização. O primeiro a parar na região com hóspedes mexicanos será o MSC Divina, em 7 de junho, quatro dias antes do início do evento esportivo.
No entanto, ele não ficará parado no terminal. Segundo o diretor do Concais, empresa que administra o Terminal de Passageiros Giusfredo Santini, Flavio Brancato, o navio fará viagens pela costa brasileira, retornando a Santos apenas em 7 de julho, quando então ficará quatro dias atracado no Porto.
De grande porte, a embarcação da MSC tem capacidade para mais de quatro mil pessoas. A vinda do Navio Divina foi organizada pela agência Mundomex, que estima a hospedagem de 12 mil a 15 mil mexicanos, em períodos distintos. Rio de Janeiro será um dos pontos de escala do navio.
Enquanto estiver atracado no complexo, o Navio Divina deverá permanecer entre os armazéns 30 e 31, já que seu tamanho impede a parada em frente ao terminal de cruzeiros. A obra do alinhamento do cais de Outeirinhos, parte do PAC Copa, foi iniciada para garantir a atracação de seis navios em frente a instalação, incluindo os maiores. No entanto, apesar de ter sido criada para atender o evento, não será finalizada a tempo.
Monarch
Navio Monarch hospedará torcedores da Costa Rica

Além do Navio Divina, a Pullmantur vai trazer o Navio Monarch, que será responsável por abrigar os torcedores da Costa Rica, já que Santos vai receber a delegação do País. A embarcação foi fretada por uma empresa chilena. Ele ficará parado no Porto de Santos entre os dias 22 e 25 de junho.
Com capacidade para 2.800 pessoas, o Navio Monarch é o mais novo navio a entrar em operação para a Pullmantur, tendo sido transferido da Royal Caribbean para a filial espanhola em abril do ano passado. É o segundo navio da classe Sovereign, inaugurado em 1991. A operadora investiu US$ 8 milhões na reforma do Navio Monarch.
Para o Governo Federal, a vinda dos navios é uma forma de suprir a falta de leitos hoteleiros na maioria das cidades sede do evento. Já para Brancato, a experiência poderá servir de teste para que os navios venham a Santos durante o ano todo futuramente.
"Pode ser mais um fator que incentive alguns armadores a começarem a programar (para que venham também fora da época de verão). Vale como um teste. Tudo gira em torno do mercado, acho que é um teste que pode servir para a análise deles. Para o terminal, isso é visto com bons olhos, pois temos capacidade ociosa, que não é interessante e queremos ocupar", disse o diretor, que tem outra preocupação para o período: a questão da segurança.
De acordo com ele, deverá ser montado um esquema especial envolvendo diversas autoridades, como Polícia Federal, Marinha, Guarda Portuária, entre outros. O receio está relacionado, sobretudo, ao fato de que os navios ficarão abertos 24 horas. Algumas providências já estão sendo tomadas para preservar os hóspedes.
"Estamos tomando os cuidados para programar isso, para que não haja, por exemplo, saída de pessoas a pé, isso tudo está sendo visto. Vamos disponibilizar os recursos, terá translado, city tour, táxis e vans no próprio terminal", destacou Brancato, que também está preparando o terminal para a chegada dos turistas. "Queremos enfeitar com decoração para  marcar bem o período da Copa". 
A equipe de A Tribuna On-line entrou em contato com a Secretaria Extraordinária de Segurança de Grandes Eventos (SESGE), ligada ao Ministério da Justiça, Secretaria de Segurança Pública, Codesp e Polícia Federal. Por enquanto, ainda não há informações sobre o plano operacional de segurança voltado para o Mundial.


Fonte: A Tribuna





Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEGISLAÇÕES