Postagem em destaque

PF FLAGRA PORTUÁRIOS COM PACOTES DE COCAÍNA NO CORPO PARA EMBARQUE EM NAVIO

Trabalhadores do Porto de Santos tentaram levar carregamento até navio atracado no cais, que foi cercado pela Guarda Portuária. Tablete...

terça-feira, 29 de abril de 2014

0

OPERAÇÃO FRONTEIRA BLINDADA REALIZADA NO PORTO DE FORTALEZA




A Receita Federal/3ªRF realizou na última quinta-feira (24), operação no Porto de Fortaleza-CE, com a verificação de todos os contêineres vazios (124) e cheios (14) em navio pré-selecionado. 
 
Os contêineres foram acompanhados desde o costado do navio até o local de depósito no pátio do porto, passando por verificação não evasiva por scanner.  

A operação contou com atuação do cão de faro da Receita Federal do Brasil, do Centro de Cães de Faro da 3ª RF, na verificação de veículos na entrada e saída do porto.
O objetivo da operação foi registrar a presença fiscal e aumentar a percepção de riscos por parte dos contribuintes
 Scanner
O scanner instalado no Porto de Fortaleza para atender às exigências da Portaria N° 5 da Receita Federal já está em pleno funcionamento desde o dia 24 de março. Funcionando no regime de 24 horas, o equipamento está rastreando inicialmente todos os contêineres vazios que chegam e saem do Porto de Fortaleza. A expectativa é que nos próximos dois meses o equipamento faça o rastreamento de todos os contêineres que circulam no Porto, tanto no sentido importação como exportação.
As imagens são repassadas em tempo real para os técnicos da Receita Federal, agilizando o processo de fiscalização aduaneira e deixando a operação portuária mais segura no que diz respeito ao tráfico de drogas, armamentos e contrabando. O investimento total feito pela Companhia Docas do Ceará (CDC), empresa que administra o Porto de Fortaleza, foi de R$ 8 milhões, incluindo a aquisição, instalação, manutenção e garantia do equipamento.




Fonte: Receita Federal / CDC - Edição Segurança Portuária Em Foco





Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEGISLAÇÕES