Postagem em destaque

LADRÃO DETIDO É ENCAMINHADO PELA GUARDA PORTUÁRIA AO DISTRITO

O filho da vítima, também caminhoneiro, com a ajuda de outros colegas, conseguiu deter o suspeito antes da chegada da Guarda Portuária...

segunda-feira, 28 de abril de 2014

0

SINDAPORT SOLICITA MESA REDONDA NA DRT PARA DISCUTIR REMUNERAÇÃO DA GUARDA PORTUÁRIA




Segundo Everandy Cirino dos Santos, presidente do Sindicato dos Trabalhadores Administrativos em Capatazia, nos Terminais Privativos e Retroportuários e na Administração em Geral dos Serviços Portuários do Estado de São Paulo – Sindaport foi solicitada uma “Mesa Redonda”, com urgência, e a convocação da Companhia Docas do Estado de São Paulo (CODESP), para discutir a atual situação dos atuais ocupantes de cargos de chefia da Guarda Portuária.

A empresa desde o dia 14 de fevereiro nomeou diversos empregados para ocupar funções de confiança de Chefe de Serviço (ex-inspetores II); Coordenador (ex-inspetores I) e encarregado (ex-rondantes e agentes).

Alega o Sindaport na sua solicitação que os ocupantes destas funções trabalham em turno ininterruptos de trabalho, em sistema de escala, mantendo suas atividades durante as 24 horas do dia, trabalhando em horário noturno, sábados, domingos e feriados, no entanto, a Codesp vem tratando os integrantes da Guarda Portuária como os ocupantes de função idêntica nos demais setores da empresa que não trabalham nestes dias e períodos, não remunerando de forma diferenciada esses dias trabalhados, inclusive nos feriados.

“O sindicato encaminhou expediente para a Codesp para discussão dessa situação de modo que essa parcela de trabalhadores por receber tratamento igual em situação de trabalho que é diferente, no entanto, até o momento não houve qualquer resposta”, disse Cirino.







Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEGISLAÇÕES